Projeto regulamenta a utilização do Largo Glênio Peres

Secretário Valter Nagelstein entregou cópia do projeto aos vereadores Foto: Divulgação/PMPA

O secretário municipal da Produção, Indústria e Comércio, Valter Nagelstein, reuniu-se nesta segunda-feira, 22, com os vereadores da Capital para apresentar o Projeto de Lei que regulamenta a utilização do Largo Glênio Peres em eventos culturais, políticos e de outras naturezas. De acordo com o Projeto, será vedada a utilização do local para feiras, com exceção da Feira do Peixe.

O Projeto ainda prevê, para realização de promoções de caráter estritamente institucional, limite à utilização do Largo pelo prazo de até sete dias, sendo permitida a montagem de toldos cuja estrutura poderá ter, no máximo, 100 metros quadrados, precedida da prévia aprovação do respectivo lay-out pela prefeitura. De acordo com Nagelstein, a medida vai de encontro ao processo de revitalização do Centro Histórico. “A Prefeitura tem empreendido grande esforço para qualificar os espaços públicos e devolvê-los ao uso de todos os cidadãos”, destaca.

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Revitalização do centro

Tags:,

5 respostas

  1. Não pode ter feira mas pode estacionar uma manada de carros onde tem muitas pessoas circulando? Vão tomar vergonha na cara.

    Curtir

  2. Boa inciativa, apesar de sabermos que pra “democrática prefeitura portoalegrense” qualquer porcaria tem layout aceitável. Não gosto também daqueles mágicos e religiosos berrando que atraem uma multidão que atrapalha completamente o fluxo do largo, mas se proibirem isso, não quero nem imaginar a reação daquele povinho bem conhecido por aqui.

    Curtir

  3. Negelstein:
    “A Prefeitura tem empreendido grande esforço para qualificar os espaços públicos e devolvê-los ao uso de todos os cidadãos”

    hahahahaaaaahahahaahahaaaaaaaaaa…….

    Curtir

  4. Mas vão se cata, tem que parar de fazer coisas ali, o lugar é muito movimentado, ai colocam umas barracas e sei la o que, fica um tumulto só, depois reclamam que o povo quer ir trabalhar de carro, mas é um porre ficar se apertando ali… fica meio metro de espaço pra circular.
    Eu não quero que tirem as mesas que colocaram no mercado, mas se por pra ter essas frescuras ae, que tirem, por que é um porre caminhar ali quando tem essas feiras.
    Ta louco, em dia de chuva é pior ainda, 30 pessoas por metro quadrado com 50 guarda chuvas pra passar.

    Curtir

  5. Tem que limitar o uso mesmo..

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: