Infraero inaugura módulo operacional do aeroporto de Viracopos. Porto Alegre também terá o seu puxadinho até o final do ano

“Puxadinho” começou a operar em área de 1,2 mil m² e capacidade de 2,5 mi de usuários por ano

MOP de Campinas poderá receber até 2,5 milhões de passageiros por ano (crédito: Infraero/Divulgação)

O módulo operacional provisório (MOP) do aeroporto de Viracopos, em Campinas, começou a operar nesta terça-feira (23). Com área de 1,2 mil m², o “puxadinho” irá ampliar a capacidade do aeroporto em 2,5 milhões de passageiros.

De acordo com a Infraero, o investimento para a construção e instalação chegou a R$ 5 milhões. O MOP terá 22 balcões de atendimento, 11 adaptados para pessoas com deficiência, além de sanitários e monitores com informações de voos.

O “puxadinho” de Campinas, no entanto, ainda não deve operar com a capacidade máxima. “Neste momento não existe demanda para toda a infraestrutura instalada”, disse a assessoria da Infraero.

Entre os aeroportos da Copa, Brasília, Cuiabá, Guarulhos-SP e Porto Alegre também receberão módulos operacionais. Segundo a estatal, todos serão instalados até o final deste ano. Na capital federal, o aeroporto Juscelino Kubitschek já conta com um MOP desde setembro do ano passado.

Obras permanentes

Estão previstas mais duas obras no aeroporto de Campinas, com investimento de R$ 720 milhões. Segundo o cronograma da Infraero, o atual terminal de 30 mil m² será reformado até outubro de 2013. A intervenção deve ser iniciada em junho de 2012, com 11 meses de atraso.

O aeroporto terá também um novo terminal, com conclusão da fase 1 prevista para dezembro de 2013. As obras devem começar em junho do ano que vem.

Portal 2014



Categorias:aeroportos brasileiros, COPA 2014

Tags:, , , ,

2 respostas

  1. Qual e’ o custo do puxadinho??

    Curtir

  2. Será que o “P” é de provisório ou permanente?

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: