Nossa grande Avenida

Clique nas fotos abaixo para ampliá-las

Londres possue Oxford Street, Paris tem a Champs Elisee, Sampa tem a Paulista, Madrid a Gran Via, Barcelona tem Las Ramblas. Qual é a grande avenida de nossa cidade? Com isso não quero me referir a comprimento e movimento, mas a uma grande avenida onde as pessoas possam andar de lá pra cá olhando as vitrinas, sentar nos cafés nas calçadas, visitar livrarias, praças, bares e restaurantes ao dia e à noite.  A coisa mais perto disso que me passa pela cabeça seria a Rua da Praia, mas ela não se encaixa em uma grande avenida.

A nossa Champs Elisee poderia  ser a Osvaldo Aranha: ela é ampla, elegantemente  recoberta por palmeiras imperiais, flanqueada pela Rendenção e bairros boêmios como o Bomfim. O que deu errado?

Se no passado não deu, acho que temos ainda uma oportunidade única na construção da Terceira Perimetral. A Carlos Gomes poderia ser nossa Gran Via. Mas não vejo lojas e cafés nela. Não vejo calçadas amplas e ordenadas e postes de iluminação bonitos. Não vejo monte de pessoas passeando a pé calmamente seguindo as vitrines. Não tem nada similar aqui  em sair as dez da noite pra passear na Rambla, ver as fontes iluminadas da Plaça Catalunya e depois  contornar o cais.

Que papel teria a administração municipal na criação de tais avenidas? Seria um processo natural e impossível de ser fabricado?

Estaríamos nós fadados a andar daqui pra lá e pra cá dentro dos shoppings e deixar para sentar nos cafés do Champs Elisee em visitas a Europa? A nossa chata reclusão aos corredores do Iguatemi é irreversível? Algum dia caminharemos em alguma avenida portoalegrense elegante numa noite quente e iluminada de Dezembro?



Categorias:Outros assuntos

Tags:,

30 respostas

  1. Não consigo ver que o fetiche por prédios enormes faria a 3a perimetral ter mais vida. Os predios que temos lá hoje são todos de serviços, as 19hs horas boa parte estão vazios. O que precisaria ali é mais espaço para as pessoas caminharem e comércio de rua, ou seja, prédios menores e abertos para a rua.Mas aqui o que se constrói são blocões fechados e shopping centers. Mas vejo isso como limitação cultural… Mas realmente, com um metrô e a transformação do crredor do ônibus em passeios PARA AS PESSOAS e, quem sabe, ciclistas… mudaria muito.

    Curtir

  2. Avenida elegante de Poa? Tem, sim! A 24 de outubro e ruas adjacentes, incluindo a Pe. Chagas! Não é nos moldes das outras cidades, mas não acho que tudo precise ser igual! C/a revitalização do porto, eu espero por um lugar c/cafés, restaurantes, danceterias e talvez um calçadão p/passear à noite à beira do Guaíba, parecido c/o porto de Barcelona! E depois tem o projeto de despoluição da praia de Ipanema, então a partir daí, suponho que vai evoluir, e senão, melhorar!

    Curtir

  3. Não foi citada também a Calle Florida, aqui perto, em Buenos Aires, que lembra muito (mesmo) a Rua da Praia.

    Curtir

  4. Porto Alegre não faz o mínimo que é conservar as praças, quem dirá uma coisa dessas…Olhem o cais que parto que é para sair!!!!!!Esqueçam tudo. Nessa cidade, nada sai do papel. Vejam a ZH dominical dessa semana. Tudo é confronto e divergência, ninguém se entende, colocam os interesses pessoais e partidário acima do interesse do Rio Grande e tudo o que vemos está aí…..Eu já perdi minhas esperanças com Porto Alegre…
    E outra, a Paulista é realmente tri aos domingos: calçadas largas, metrô que te leva praticamente a quatro cantos de SP, tudo aberto, gente passeando.

    Curtir

  5. “Sumir o corredor na terceira perimetral”

    E o transporte, como fica? Botar ônibus em rua menor?
    Amigo, estamos em POA, não estamos no primeiro mundo, não temos uma rede de metrô para reduzirmos o uso do onibus. Mesmo vale pra quem falou isso da Salgado Filho.

    Falar é facil, tudo com enfeites, muito dinheiro sobrando pra fazer também, mas e a questão da logística.

    Curtir

    • Jecleler: sumir o corredor, sim: deixar os ônibos circularem com os carros, como acontece em boa parte das cidades do mundo. O fluxo de ônibos ali não justifica um corredor.

      Curtir

      • Marcelo, sugiro olhares a vasão de pessoas por hora que passa no corredor da Carlos Gomes. O fato da rua não estar abarrotada não quer dizer que ela não é efetiva. Botar os ônibus no meio da tranqueira só vai fazer o povo que já leva 1h para chegar em casa levar duas.

        Curtir

      • como já argumentei extensamente aqui: tirar o corredor de ônibus da 3ª perimetral só vai reduzir a capacidade total da rua. a medida correta para esse caso é ampliar a utilização desse corredor, com mais ônibus e mais linhas.

        Curtir

      • Perfeito Mobus, a questão aqui é para quem quer por que quer andar de carro uma pista de ônibus é inútil. hehehe

        Curtir

  6. Estava demorando para aparecer alguem com fetiche erotico por predios altos… Na Europa esse pessoal deve passar mal com a maioria de predios pequenos. A Paulista nao tem classe nem requinte, e a maior parte dela e’ sim de predios comerciais irrelevantes, assim como a 3a. Perimetral.

    Curtir

    • Ricardo, ninguém quer uma Hong Kong, mas apenas um distrito da cidade – o Praia de Belas, por exemplo, onde se permitisse a construção de prédios de 30, 40, 50 andares, seletivamente, ordenadamente, como A EUROPA faz: em Londres, não muito longe da Tower Bridge, The Shard terá 312 metros e 72 andares.

      Curtir

  7. Hoje não temos uma avenida que reuna todas essas caracterisitcas: ser avenida, larga, com vida, pessoas caminhando, lojas, cafés…

    Temos a Padre Chagas. Ela tem tudo isso: muita beleza, gente na rua, lazer… mas é uma pequena rua.

    Avenidas com comercio forte temos várias: há um comercio fortissimo na Assis Brasil, entre o Passo da Areia e Lindoia. É um formigueiro. Mas é só comercio, e ponto final. Atrativos, zero. Também há a avenida Azenha, com comercio forte, feio e popular, e mais nada. Quando fecha, vira um deserto.
    Há a própria Osvaldo Aranha.

    Avenidas com potencial para o assunto da materia há varias. Uma delas é a Salgado Filho. Larga, com canteiro central cheio de arvores, calçadas largas, um cânion…. também já é fora da muvuca da área totalmente comercial do centro, pois ali ha predios residenciais… e, importante, ali também há um grande e bom hotel !
    A Salgado também fica juntissimo a importantes pontos de referencia do Centro, como a Rua da Praia, a Borges e seus belissimos viaduto com arcos e predios iconoclasticos, o Mercado Público… Tudo isso forma um conjunto privilegiado que poucas capitais tem.

    A Salgado Filho tinha tudo para ser um belíssimo boulevard. Quem sabe até com um tipo uso parecido com o a da avenida Paulista, onde há comercios qualificados, bom bares e gente que vai lá para passear a pé.

    Mas a Salgado Filho foi condenada a ser uma rodoviária barata.

    Curtir

    • A Salgado é uma opção que não tinha pensado. Mas ela é bem pequenininha, não? A Grande Avenida de uma cidade não deve ter menos que uns 4 quarteirões ao meu ver. Mas ela, realmente, hoje é uma estação de ônibos ao ar livre, nada mais.

      Curtir

  8. Já deviam ter feito aquele corredor de ônibus da terceira perimetral subterrâneo assim teria sobrado mais espaço para as calçadas.

    Curtir

  9. RicardoUK, eu não conhecia a Paulista e, quandoa conheci, me admirei: até mesmo no domingo ela tem muita VIDA !

    Até mesmo nos DOMINGOS há muita gente na rua, esposições e, principalmente, comércios, lojas Renner, boas lojas abertas, livrarias boas, loja Fnac… e muita gente caminhando e passeando a pé.

    Mais: na avenida Paulista também há lazer e pontos de apoio para quem quer parar, descansar… pois há cafés, bares, lancherias, tudo aberto e com pessoas frequentando e fazendo passeios. Nossa, a diferença é total entre aquela e a “nossa avenida paulista” , como alguns a chamam.

    Ah, e concordo com o Guilherme: a nossa avenida paulista mereceria prédios mais altos. Alguns predículos chegam a ser patéticos, seu design fica pedindo mais, como aquele com teto pontudo na esquina da Plinio.

    Perto da rotula da Protasio, tem predios novos de vidro que devem ter uns… quatro andares. Que desperdício para esta bela avenida.

    Curtir

  10. Carlos Gomes, conhece?
    A Paulista dos gaúchos.

    Curtir

  11. Avenidas chiques, com cafes e boas lojas, nao nascem por decreto. ‘A medida que a cidade fica mais segura – e so’ ficara’ mais segura com menor desigualdade social – as pessoas passarao a frequentar mais o comercio de rua e, consequentemente, mais comercio de rua aparecera’. Naturalmente. No momento, nao adianta sonhar com Europa no Terceiro Mundo.

    A proposito, a Paulista nao se enquadra nesse grupo ai. Nao vejo nenhuma diferenca dela para a 3a. Perimetral, por exemplo.

    Curtir

    • Já foste a Paulista? Tem muitas lojas sim, galerias, shoppings integrados, cafeterias, restaurantes e muita gente caminhando, olhando e consumindo. Nada a ver com a Carlos Gomes.

      Curtir

    • “. ‘A medida que a cidade fica mais segura – e so’ ficara’ mais segura com menor desigualdade social ”
      Ricardo, se for assim teremos que esperar duas ou tres ou quatro décadas. Acho que a administração municipal poderia fomentar um tipo de atividade em uma rua aparelhando-a de um mobiliário urbano de qualidade, deixando-a limpa, colocando postes de iluminação modernos e colocando brigadianos e câmeras. Sei que estou sonhando ao pensar isso na Carlos Gomes, mas pelo menos na Rua da Praia deveria ser assim: aí o comércio, bares, restaurantes e livrarias fariam questão de se instalar ali.

      A Rua da Praia merece um post especial. Aguardem.

      PS: Ninguém vem a Porto Alegre para ver a Carlos Gomes, mas todos que vão conhecer São Paulo desfilam pela Paulista.

      Curtir

      • Concordo que a Prefeitura pode melhorar muito a situacao atual, basta dinheiro e vontade. Ja’ comentei aqui, a Rua da Praia poderia ser para POA o que a Rua Augusta e’ pra Lisboa. Eu, particularmente, acho a Rua da Praia muito mais interessante que 3a. Perimetral ou Avenida Paulista de SP, sem comparacao.

        Curtir

      • Aguardo ansioso pelo post da Rua da Praia. Há pouco tempo trocaram as luminárias próximas ao cruzamento com a Borges mas parece que voltaram as antigas sem nenhum motivo aparente. Não reconheci as novas, pelo menos.

        Curtir

  12. é sóó por uns prédios com uns 30/40 e 50 andares que não vamos precisar de mais nada na 3 perimetral.

    Quer dizer, um metrô no futuro cairia bem tambem..

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: