Esquina Democrática: coração da cidade

Sem comentários.

Clique para aumentá-la.



Categorias:Outros assuntos

Tags:,

15 respostas

  1. Beleza Gilberto, valeu pelo esclarecimento. De qualquer forma, eu na minha ingenuidade vejo o indigente como protagonista da foto. Acho que a arquitetura da cidade deve sim ser melhorada, mas o objetivo principal da melhoria é o bem dos habitantes, todos habitantes, incluindo o papeleiro.

    Marcelo, tu vê como problema o fato de papeleiros estarem “enfeiando” a rua mais importante do estado. Logo, eles deveriam ser proibidos no centro e transferidos para um lugar menos importante, é isso? Olha, para mim o problema é existência de pessoas que precisam sobreviver como papeleiros. Logo, a pobreza é que deve ser solucionada.

    Curtir

  2. “Ui tirem estes mendigos do coração da cidade! O que os estrangeiros vão pensar de nós?”

    Perdão pela brincadeira, mas minha impressão é que as reclamações aqui no post não são pelas condições de vida do mendigo, mas sim, pelo visual ruim que ele passa ao “coração da cidade”. Com exceção do Lucas, ninguém lembrou que a foto mostra alguém sem casa.

    Deixo aqui minha critica (que já é recorrente), pois Marcelo Bumbel já fez outras colocações infelizes onde parece mais preocupado com a estética do que com a miséria. Quando eu alertei sobre essa incoerência em outro post, o única argumento que ouvi dele foi que isso eram “abobrinhas politicamente corretas.”

    https://portoimagem.wordpress.com/2011/04/28/novamente-os-papeleiros-em-plena-rua-da-praia/

    Curtir

    • Glauber, queria te esclarecer o seguinte: o post é do Marcelo Bumbel, sim. Quando ele tirou a foto, eu estava com ele, e mais o Daniel Serafim. Nós nos referimos, ao tirar a foto (nós 3 tiramos foto) ao estado daquela estrutura que está em ruínas bem no meio da esquina democrática, e não ao indigente. Se alguém aqui no Blog, entre os leitores, se referiu a ele, problema dele. Paciência. Mas o Blog, através dos seus membros fez um post referente a estrutura podre presente num dos principais pontos da cidade. Valeu a atenção! (Obs.: esta foto do post é de minha autoria, pois o Marcelo tirou uma de celular que não ficou tão boa e tomei a liberdade de substitui-la pela minha, um pouco melhor).

      Curtir

    • Glauber: o problema dos papeleiros e suas carroças e seus carrinhos é praticamente insolúvel pela tal falta da “vontade política”: solução para este problema é anti-popular, politicamente incorreto e não sei quando vai sair. Mas não podemos deixar nossa rua mais importante servir de estacionamento de carros de lixo. Ponto. Nem podemos deixar um – meu deus, o que é aquilo comido pelo fogo com um curralzinho de barro e restos de lixo? O que? O que é aquilo? Pois isso não quiz comentar, porque sabia que ia ficar me engasgando de indignação. Deixa eu agora calar minha boca de novo!

      Curtir

  3. O primeiro passo é tirar os papeleiros do centro (e da cidade toda) e dar um emprego decente pra eles, já daria um visual melhor. Falta vegetação na Andradas, também.

    Curtir

  4. Faz sentido… numa capital polarizada entre os revolucionários da esquerda (com mais e mais monumentos) e os saudosos da ditadura… não é de se esperar que a esquina “democrática” esteja abandonada.

    Curtir

  5. f*da-s*, nosso por do sol é o mais belo.

    Curtir

  6. Vcs vao mandar essas fotos pra prefeitura??…ou vao ficar somente aqui no blog para masturbacao mental dos foristas??

    Curtir

  7. Achei que fosse algum acampamento de refugiados na fronteira da Etiopia com Eritreia.

    Curtir

  8. Esperar o que da capital da permissividade?

    Curtir

  9. Todo dia, a caminho do trabalho, eu passo por essa cena grotesca.

    Curtir

  10. Não acredito no que os meus olhos vêem!!!

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: