Galeria Chaves será reinaugurada em outubro

Prefeito (E) acionou novas escadas rolantes Foto: Ricardo Giusti/PMPA

Marco arquitetônico e comercial do Centro Histórico da Capital, a Galeria Chaves será devolvida ao público inteiramente restaurada e modernizada em outubro. Nesta segunda-feira, 29, o prefeito José Fortunati acionou as novas escadas rolantes que interligam os acessos das ruas dos Andradas e José Montaury e entregou a chave da loja reformada devolvida ao inquilino mais antigo, que ocupa a galeria desde 1940. O ato marcou a conclusão da primeira etapa da obra.

A proprietária da Podium Troféus, Maria de Lourdes Trápaga, projeta a mudança para o ponto renovado ainda nesta semana. “A estrutura nunca tinha sido reformada desse jeito. Acredito que o movimento de clientes vai quase dobrar”, projetou a empresária. O comando da loja está há duas gerações na família.

Para o prefeito, a reforma dará mais dinâmica à circulação e democratizará o acesso. “A obra faz parte do processo de revitalização do Centro Histórico. Além de recuperar o patrimônio e valorizar os aspectos arquitetônicos originais, a modernização das instalações garantirá acessibilidade universal às pessoas com deficiência”, destacou Fortunati.

O investimento na reforma soma R$ 3 milhões. De acordo com o arquiteto responsável pela obra, Fábio Farinon, as inovações foram pensadas para valorizar os aspectos históricos. “A circulação está facilitada e o visual foi liberado para a arquitetura original ser observada com mais facilidade”, explicou Farinon. A restauração incluiu os vitrais internos, elevadores de época, claraboia, pisos e as fachadas internas e externas, além da recuperação das coberturas e instalações elétrica e hidrossanitárias.

Para modernizar e garantir acessibilidade, foram instaladas duas escadas rolantes e novo elevador que liga os andares térreo das ruas dos Andradas e José Montaury ao segundo pavimento, onde será instalado ponto comercial gastronômico no terraço. O responsável pela administração comercial da galeria, Rogério Wagner, afirmou que a abertura do antigo subsolo fechado na enchente de 41 possibilitou aumentar o número de empreendimentos. “Das 46 lojas, ampliamos para 62 espaços comerciais. A inauguração oficial deve ocorrer em outubro, após as etapas de paisagismo e acabamento”, projetou.

História – O prédio da Galeria Chaves foi projetado em 1936 pelo arquiteto, escultor e mestre Fernando Corona, com a colaboração de Nilo de Lucca. O prédio tem inspiração em palácios renascentistas e foi executado pela principal construtora da época, a Azevedo, Moura & Gertum. Ao ligar a rua dos Andradas à rua José Montaury, a Galeria Chaves inaugurou em Porto Alegre um tipo de equipamento comercial consagrado nas grandes capitais da Europa e América Latina naquele período – uma estrutura de caráter semipúblico, fazendo a conexão urbana entre vias do centro da cidade e abrigando comércio no pavimento térreo e apartamentos nos valorizados andares superiores.

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Revitalização do centro

Tags:,

6 respostas

  1. Não é permitido fumar no Café Chaves.

    Curtir

  2. Na falta de obras pra inaugurar, o prefeito inaugura até investimento privado!

    Curtir

  3. Estive lá ontem e notei que é permitido fumar dentro da Galeria, bem do lado do café onde as pessoas comem (para piorar).

    Curtir

    • Deve ter havido uma falha na administração da galeria. Lugares fechados não é permitido fumar. Vou encaminhar esta questão à SMIC.

      Curtir

    • Felipe, consultei o Gabinete da Smic, e a secretária do Valter Nagelstein me confirmou que não pode fumar na Galeria Chaves. A Fiscalização irá atuar na Galeria. Valeu o toque.

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: