Noite sem graça – parte 1

Porto Alegre possue muitos monumentos, prédios antigos e igrejas que, à noite, desaparecem. Alguns deles ficam realmente invisíveis, outros conseguimos ver com a luz indireta dos postes. Mas pouquíssimos, pouquíssimos prédios tem iluminação cênica.

Porque?

Vou iniciar uma série de prédios lindos que temos, que sintilam à luz do Sol, mas mergulham nas penunbras à noite. Vamos começar hoje pelo pequeno conjunto de prédios antigos construidos na Rua São Rafael, hoje Alberto Bins, em frente ao Plaza, onde se sobressai a Igreja São José, construida pela comunidade alemã. O projeto foi do Joseph Lutzenberger, inciado em 1920 e terminado em 1924. Um brinde aos turistas que chegam ao hotel cinco estrelas na frente, mas que quase desaparece à noite. Se não fossem os postes de iluminação , a igreja e a escola ao lado ficariam totalmente no breu. 

Abaixo, uma igreja da Bósnia. Faiscando à noite.

Clique nas imagens para ampliá-las!



Categorias:Outros assuntos

Tags:, ,

4 respostas

  1. Meu Deus! POA é muito charmosa, mas é a cidade mais sem sal do Brasil! Alguns dizem que é a maior cidade do interior do mundo… não te carnaval, festas de natal, virada de ano… domingos? Feriados? Parece que a cidade sofreu uma hecatombe nuclear… deserta! Incrível a orla do Guaíba: linda e super abandonada! Parece que os habitantes não gostam da cidade…
    Trambolhos enferrujados nas praças (que alguém disse que são obras de arte), parques abandonados e cheios de lixo (dêem uma olhada nos lagos da Redenção)… vida noturna igual a zero…

    É uma pena; acho que falta um bom prefeito com espírito inovador e que não queira só se projetar politicamente… além da vontade de seus habitantes, que vivem dizendo que lá tudo é melhor do mundo (hábito gaúcho engraçado), mas que vivem em uma cidade tão atrasada em termos de infraeestrutura e equipamentos urbanos… uma cidade tão charmosa, com clima tão agradável, mas… xoxa…

    Curtir

  2. A mentalidade aqui em Porto Alegre é algo que fico boquiaberto. Simplesmene falam em turismo, cidade do mais belo por do sol do mundo (que com certeza exisem muitos outros) e esquecem de mostrar o que tem de belo pra quem passeia, ou anda pelas ruas da capital. Esquecem que uma iluminação bem feita, vai fazer as pessoas olharem com outros olhos o que de dia, muitas vezes, passa despercebido. Até entendo que tem pessoas ( na sua santa ignorância) que mora perto e reclama da luminosidade do local que invade apartamentos e moradias perto… mas será que não ouviram falar em cortinas….

    Curtir

  3. A Catedral pra mim é o exemplo mais emblemático desse abandono… Nem a cúpula é iluminada.

    Curtir

  4. O museu Ibere Camargo vira um grande vulto no meio da escuridão do mato.
    Alias, esta obra ja teria importancia em qualquer parte da cidade, quanto mais na orla: ali ha a presença unica de algo bonito em nossa orla. Nem na Tanzania o desleixo seria tanto.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: