Primeiro Monumento Modernista de Porto Alegre agoniza na Redenção

A primeira obra plástica pública com linguagem modernista está caindo aos pedaços em um dos limites do Parque da Redenção.

Idealizada em 1967 por Gilberto Pergoraro para uma iniciativa da Prefeitura em colocar obras do estilo em vias públicas, a escultura com o tempo foi perdendo a sua estrutura de concreto, deformando-a de uma maneira deprimente e sem nenhuma providência de restauro ou prevenção.

Mais uma prova de que os monumentos da cidade não tem qualquer programa de manutenção e estão totalmente largados pela prefeitura.

Espero que para a Copa 2014, a Redenção e seus monumentos e fontes recebam um tratamento especial e sejam revitalizados. O mais visitado parque da cidade e do país (sim, ele recebe mais público que o Ibirapuera, em São Paulo) precisa de manutenção e de uma melhora em seu visual.

Fotos: Gilberto Simon – Porto Imagem

Informações do monumento: Arquivo POA – A Memória de Porto Alegre



Categorias:Monumentos, Parques da Cidade

Tags:, ,

5 respostas

  1. Juro que nunca tinha visto este fóssil antes!

    Curtir

  2. Este eu já tinha reparado também. Inclusive também tirei fotos. Totalmente abandonado!

    Curtir

  3. Eu acho que o principal “tratamento” que Porto Alegre precisa é relativo a segurança pública! Já morei (em Portugal) e já viajei bastante fora do país e o que eu mais sinto falta/saudades/invejo lá fora é a tranqüilidade de se andar na rua. E faz sentido uma vez que a taxa de homicídios da Europa por exemplo costuma 1-2 homicídios /100 mil habitantes enquanto a nossa é de 25/100mil.

    Em segundo lugar viria a limpeza urbana pois depredação além de destruir valor e enfeiar a cidade, acaba desincentivando as próprias pessoas a embelezarem suas propriedades.

    Acho que só depois de solucionarmos estes dois problemas que valerá investir em qualquer projeto de embelezamento público, caso contrário será somente para jogar dinheiro fora ao ter de refazer/consertar toda a semana.

    Curtir

    • Ahhh, e quando eu digo “depredação” não é somente pixação ou roubar placas de monumentos, aqui inclui também jogar toco de cigarro no chão!

      Sim, senhores fumantes, isto era para ser passível de pena (e de fato, em muitos países desenvolvidos é). Mas como já virou tão banal, acaba que até mesmo pessoas consideradas “bem educadas” acabam fazendo.

      Curtir

  4. O que é isso, um fóssil? 😛

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: