Porto Alegre planeja ciclovia na Avenida Ipiranga até 2014

População terá nova alternativa de deslocamento pela avenida Ipiranga RICARDO GIUSTI/PMPA/JC

Um projeto da prefeitura de Porto Alegre vai tornar o ciclismo uma atividade mais segura na capital. Trata-se da realização de uma obra que prevê a construção de mais de nove quilômetros de ciclovia na Avenida Ipiranga. O projeto executivo deste empreendimento será entregue nesta segunda-feira, (5), às 10h. O evento, que acontece no Salão Nobre do Paço Municipal (Praça Montevidéo, 10), contará com a presença do prefeito José Fortunati, do diretor-presidente da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Vanderlei Cappellari, do secretário Municipal de Obras e Viação (Smov), Cassio Trogildo e do diretor de expansão do Grupo Zaffari, Cláudio Luiz Zaffari, que fará a entrega do documento ao prefeito. O projeto funcional da ciclovia foi desenvolvido pela Gerência de Planejamento Estratégico da EPTC em conjunto com a companhia Zaffari.

A ciclovia da Ipiranga, terá 9,4 quilômetros de extensão, ligará as avenidas Edvaldo Pereira Paiva (Beira-Rio) e Antônio de Carvalho. Cappellari comemora a concretização de mais uma etapa para a construção da ciclovia da Ipiranga. “A prefeitura trabalhou conjuntamente nessa ação, foram diversas secretarias envolvidas. Teremos uma nova alternativa de deslocamento pela Ipiranga, além de colaborar para o meio ambiente”, declarou o secretário.

Mais espaço para as bicicletas em Porto Alegre

Com a conclusão da duplicação da Edvaldo Pereira Paiva (Beira-Rio), obra prevista para a Copa do Mundo e que também contará com uma ciclovia de cinco quilômetros, haverá uma integração dos espaços exclusivos para os ciclistas das avenidas Ipiranga, Edvaldo Pereira Paiva, Padre Cacique (1 quilômetros a ser implantado) e Diário Notícias (2 quilômetros já existentes), resultando em 17,4 quilômetros de ciclovias integradas.

Jornal do Comércio



Categorias:ciclovias

Tags:, ,

6 respostas

  1. Nao deve se usar nada duro como eucalipto pois pode causar serios danos ao ciclista o uso de cerca viva ha uma altura de 80 cm e largura de 30 e suficiente para evitar que o ciclista caia no diluvio ou na avenida pois certamente tambem outros praticantes de atividades esportivas usaram a via, com um intervalo de 100 metros entre si bancos de praça para descanso , tudo isto e possivel com a participaçao de empresas locais adotando um trecho para ajudar na conservaçao , arvoredo de medio porte para fazer sombra nos locais de descanso e indispensavel . tambem praças para parar e amarrar sua bicicleta enquanto faz compras ou qualquer outra cituaçao incentivando assim o uso da magrela.

    Curtir

  2. Para que tanto tempo para construir uma ciclovia de menos 10 km?? Obra para copa?? Até parece que os turistas que virão ver os jogos usarão bicicleta para se deslocar?!

    Curtir

  3. A Ciclovia deveria ser paralela com o sistema de ônibus, para que o povo posso ir ao trabalho de bike,mas não devido á concorrencia do busão, já pensou quanto passageiros seria perdido pelo sistema-esquema de ônibus. Aí fazem uma merreca de cíclovia para enganar o povo.

    Curtir

  4. 9 Km é ridículo! Tem que fazer no mínimo em todas as grandes avenidas c/passarelas, etc,etc…E quem mora em bairros mais altos? Descer é barbada, mas e como faz p/subir??? Carrega a bicicleta nas costas???

    Curtir

  5. Até que enfim!

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: