Oficializada área para a construção do Aeroporto 20 de Setembro

Prefeitos entregaram na quinta-feira os decretos de declaração a Beto Albuquerque.

Apresentação: Ronaldo Jenkins e Nelson Riet Foto: Miguel Schmitz/GES

Porto Alegre – Desde ontem, oficialmente, o Aeroporto Internacional 20 de Setembro tem uma área definida. Os prefeitos de Nova Santa Rita, Francisco Brandão, e de Portão, Elói Besson, entregaram às 14 horas desta quinta-feira os decretos de declaração de utilidade pública das áreas ao secretário de Infraestrutura e Logística do Estado (Seinfa), Beto Albuquerque, e ao diretor do Departamento Aeroportuário da mesma Secretaria, Roberto Carvalho Netto.

O ato ocorreu na sede da Seinfra, no Centro Administrativo Fernando Ferrari, e contou ainda com a presença do coordenador do grupo de estudos do 20 de Setembro, Mario Gusmão, de vereadores dos dois municípios e de vários integrantes do grupo de estudos.

Mario Gusmão foi o primeiro a se pronunciar na ocasião, salientando que “este é um momento muito importante para todos os integrantes do grupo que vêm, há 20 meses, trabalhando voluntariamente pela concretização da ideia deste aeroporto.” Segundo Gusmão, que agradeceu pela colaboração do governo do Estado, a definição da área marca o início de uma nova etapa para a concretização desta necessidade estratégica do Rio Grande do Sul.

O secretário Beto Albuquerque também aproveitou e agradeceu dizendo ser “uma honra para nós estarmos juntos nesta caminhada por uma causa justa e necessária.” Ele também manifestou sua satisfação por ver os municípios de Nova Santa Rita e Portão envolvidos e participando ativamente nas ações pelo 20 de Setembro.

Empreendimento conta com mais um aliado

O Aeroporto 20 de Setembro ganhou mais um importante aliado na manhã de ontem. O projeto foi apresentado ao coronel Ronaldo Jenkins, diretor técnico do Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias (SNEA), que gostou da ideia. “Vocês estão no caminho certo.” A apresentação foi feita pelo comandante Nelson Riet, integrante do Grupo de Estudos do 20 de Setembro e presidente da Conselho Consultivo das Ciências Aeronáuticas. O diretor do SNEA falou logo após. Conhecedor da realidade aeroportuária brasileira, Jenkins disse que as empresas aéreas estão preocupadas com a infraestrutura aeroportuária do País e, citando o Salgado Filho, salientou: “É inaceitável que uma grande cidade tenha um aeroporto com uma só pista”.

Sobre o 20 de Setembro, Jenkins disse que “aeroporto é fundamental para o desenvolvimento, e toda obra para melhorar a infraestrutura tem o apoio das empresas áreas”. Ele elogiou a preocupação do projeto em tornar o 20 de Setembro um aeroporto preparado para o setor de carga aérea: “Vejo com bons olhos o viés cargueiro multimodal”.

“Se houver demanda, as empresas aéreas irão para o 20 de Setembro”, garantiu o diretor do SNEA, que também fez um alerta: os municípios onde ele estará localizado (Nova Santa Rita e Portão) devem fazer respeitar seus planos diretores para evitar obras que impeçam a expansão. Segundo Jenkins, “em Guarulhos está difícil fazer a terceira pista porque permitiram um loteamento onde ele seria. A mesma coisa em Campinas. No Salgado Filho, precisam remover muitas famílias só para aumentar a pista.” Participaram ainda da reunião o coordenador do Grupo de Estudos do Aeroporto 20 de Setembro, Mario Gusmão, vários outros integrantes do mesmo grupo e o prefeito de Nova Santa Rita, Francisco Brandão.

JORNAL NH



Categorias:Aeroporto 20 de Setembro, Aviação

Tags:

13 respostas

  1. “Ou acreditam que daqui a 50 anos…” William meu caro, conhecendo a mediocridade administrativa de nossos gestores municipais, pode-se afirmar com total certeza que daqui a 50 anos, esta província chinfrim vai estar ainda pior do que já é. Exagero? Basta olhar a realidade, a maneira criminosa como cuidam de nossa orla, p. explo., os eternos projetos que invariávelmente acabam em gavetas, a maneira vigarista como enganam a todos com promessas nas quais nem eles acreditam. Daqui a pouco vai começar nova campanha eleitoral, vamos ter que suportar outra vez um bando de cretinos e suas novas juras de amor pela nossa cidade, etc, etc. Haja paciência, amigo. Um abraço.

    Curtir

  2. Terão que construir uma linha de trem expressa para ligar este novo aeroporto com Porto Alegre se é que ele algum dia irá existir, já imaginaram uma linha expressa de ônibus que liga PoA ao aeroporto as seis horas da tarde na BR 116??? os aviões sairão vazios porque os passageiros nunca chegarão estarão presos no engarrafamento. Já prevendo que tudo sai sem planejamento a longo prazo é bom começar a pensar no trem AGORA!!!!

    Curtir

    • Jorge, já existirá a BR-448 (Rodovia do Parque).
      Eu acho que quanto a localização escolheram muito bem, até porque se existirá alguma linha ferroviária para lá, não terá um lago para cruzar (caso fosse em Guaíba).

      Curtir

      • O problema Jec é quando acontecem acidentes na rodovia. Você citou Milão em relação a Malpensa, eles tem um trem que liga o aeroporto a estação Central de Milão, e Fiumincino tem um trem expresso que leva os passageiros para estação Termini em Roma, eu usei as duas formas em Roma a via rodoviária e o trem para chegar em Fiumincino, por via rodoviária eu andei de madrugada, o motorista do taxi me disse que aos finais de semana é um atropelo esta rodovia, porque ela também leva os romanos para praia, por isso eu penso que tem que haver uma linha de trem também, é bem mais difícil ter acidentes em linhas férreas.

        Curtir

  3. Como a iniciativa, o planejamento e o empenho quase todo dele se deu pelo poder privado, é de fato que eles nada tem a ver com as reformas necessárias no Salgado Filho. Eles não estão fazendo isso para que deixem de lado o aeroporto de POA. Eles só querem fazer um novo aeroporto para o estado, o que mais cedo ou mais tarde isto será necessário. Ou acreditam que daqui a 50 anos tudo vai ficar como está?

    Curtir

    • O problema é que, nesse caso, pensando para daqui 50 anos estão ajudando a justificar a falta de investimentos no Salgado filho. Isso é política, só não vê quem não quer. E todo mundo sabe que os atrasos das obras necessárias para Porto Alegre, principalmente as financiadas pelo governo federal, será o principal mote das eleições municicipais no ano que vem.

      Curtir

  4. A questão é: estão falando agora desse aeroporto que só se viabilizará, no mínimo, daqui a 20 anos, porque precisaremos realmente dele no futuro, ou para nos fazer esquecer que as reformas e ampliações do Salgado filho estão superatrasadas?

    Se a ideia for a primeira, parabéns pelo planejamento antecipado, o que é raro no Brasil; mas se for o segundo caso, trata-se de uma cortina de fumaça, enganação e alienação da pior espécie. Porque precisamos de mais aeroporto para ontem, ou, pelo menos, até a Copa e não para daqui 2 décadas.

    Curtir

  5. Isso mesmo! Não façam novos aeroportos. Não façam novas estradas. Não façam novos portos. Faz um retoque aqui, uma ampliação ali que tá tudo bom…. ótimo!!! Não dê oportunidade para outras cidades e outras regiões… eles que se ralem. Tem que fazer AQUI em Porto Alegre. Como vocês viram, cada vez tem mais gente correndo atras para que esse projeto saia. Tem empresários, políticos (que prometem muito eu sei…), mas há um movimento grande na região para que isso não fique só no papel. Não se sabe de onde virá esse dinheiro, mas pelo o que parece pode ter, e acho que é da vontade deles, investimento privado, pq o grupo sinos está muito empenhado nisso, junto com um cara da Azul e outros. Vontade não tá faltando. Se esse aeroporto sair, e não tiver muita robalheira (pq sempre tiram uma lasquinha), será muito bem vindo. Novos portos, novas estradas, novas ferrovias, novos aeroportos é mais desenvolvimento. Pensar no futuro e não só fazer puxadinhos.

    Curtir

    • Concordo William. A idéia de Salgado Filho como HUB é estranha. Pelo tamanho do terminal e pela pista.

      Milao é do tamanho de POA, e tem dois aeroportos. Um pequeno na cidade e um gigantesco e levemente afastado.

      Se POA reluta pra tudo, quer parar no tempo, não temos que criticar as cidades vizinhas que querem o progresso. É pensar pequeno o “querer tudo em POA”, não?

      Sou completamente a favor, porque uma hora vai ter que sair. E como vai demorar (algumas décadas?), nada melhor que dar entrada cedo.

      Curtir

  6. Espero que nao saia, pelo menos NAO nos proximos 50 anos.
    Porto Alegre (e entorno) nao precisa de mais um aeroporto, ainda mais com a construcao do aeroporto para a Serra que esta para sair.
    Deveriam era unirem forcas para conseguir verba para a ampliacao do terminal de passageiros e de cargas do Salgado Filho, equipamentos de ultima geracao para voo e aumento da pista. Isto sim.

    Curtir

  7. Vamos pagar mais uma conta.

    Curtir

  8. Saiu rapidinho essa definição! Ah se o Cais tivesse essa agilidade…

    Quero saber quando que o “Movimento em Defesa das Minhocas” e a “Associação da Preservação da Paz e do Sossego” entrarão com processo contra a obra.

    Curtir

  9. Agora só falta receber as doações para construir, até 2050 ele fica pronto.

    Para doar 7 reais, ligue, 0800 000 747
    Para doar 15 reais, ligue 0800 000 767
    Para doar 30 reais, ligue 0800 000 777

    Para doar mais que 30 reais, só pela internet.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: