Mobilidade urbana é preocupante em Porto Alegre, apontam deputados

Romário e Popó estiveram em Porto Alegre para o Fórum Legislativo da Copa 2014 e almoçaram com o governador Tarso Genro | Foto: Ramiro Furquim/Sul21

Assim como as demais cidades-sede da Copa do Mundo no Brasil, em Porto Alegre o tema da mobilidade está entre os mais preocupantes. A avaliação foi feita por deputados federais que estiveram na capital gaúcha nesta segunda-feira (12), para acompanhar o andamento dos preparativos da cidade para o mundial de futebol.

“No powerpoint e nas fotos o Brasil vai fazer a melhor Copa do Mundo de todos os tempos. Mas quando começamos a andar e ver a realidade, é diferente”, alertou o ex-jogador Romário, deputado federal pelo PSB. A mobilidade urbana, assim como nas oito cidades visitadas pela Comissão do Turismo e Desporto da Câmara, foi considerado um tema preocupante em Porto Alegre. “Aqui também não existe obra de mobilidade urbana. Não é só um privilégio dos gaúchos, mas nas oito cidades que estivemos ainda não começaram estas obras. Seguiremos nesta expectativa”, disse Romário.

Para o deputado, porém, o Rio Grande do Sul leva vantagem no quesito acessibilidade. “Aqui eu percebi uma preocupação dos gestores em cumprir o caderno de exigências da Fifa, garantindo uma Copa para todos. Até então eu não tinha visto esse comprometimento”, afirmou.

“A nossa maior preocupação é o legado que a Copa vai deixar. Não é só se preocupar com a construção, com o que vai ter e o que não vai ter, com os gastos públicos e dos clubes, mas também com a acessibilidade e o esporte depois, o que ela vai deixar como inclusão social”, destacou o deputado federal e ex-pugilista Acelino Popó Freitas (PRB).

“Até o final deste ano iremos fazer todas as licitações que envolvem ações e projetos para a Copa. Nenhum investimento será feito sem previsão do pós-Copa”, garantiu o secretário estadual de Esporte, Kalil Sehbe. O secretário destacou as obras necessárias no Aeroporto Salgado Filho e as melhorias programadas em 13 aeroportos regionais, além do projeto de revitalização do Cais do Porto, obras nos estádios da dupla Gre-Nal e a necessidade de investimentos em saúde, segurança pública e sustentabilidade.

A coordenadora do Gabinete de Articulação Institucional da prefeitura de Porto Alegre, Ana Pellini, disse que todas as obras de mobilidade sob responsabilidade do poder público municipal, entre elas a duplicação da Avenida Tronco, “estarão licitadas ou em fase final de projeto até dezembro”. Ela também anunciou que boa parte das obras já tem projetos apresentados para a Caixa Econômica Federal (CEF), que liberou R$ 524 milhões para Prefeitura. “Tudo estará pronto até 2013”, garantiu.

Leia a matéria completa no SUL 21

 



Categorias:Mobiliário Urbano

Tags:

14 respostas

  1. A Copa do Mundo, esta idealizada pelos Agentes Públicos que ocupavam cargos e que continuam a ocupar o mesmo lugar, a prioridade da Copa, muitos tem a certeza que a Copa irá reeleger muito político nesta cidade, Estado e país, enfim, uma mar de dinheiro público a custear grande parte de ente privados de forma direta e indireta.

    Num futuro próximo, certamente, teremos evidentemente, o custo total desta orgia futebolística feita por Agentes Públicos, claro, a conta será paga que cidadão que recolhe impostos.

    Curtir

  2. “No powerpoint e nas fotos o Brasil vai fazer a melhor Copa do Mundo de todos os tempos. Mas quando começamos a andar e ver a realidade, é diferente”, alertou o ex-jogador Romário, deputado federal pelo PSB.

    O Romário com sua ignorância, está se saindo melhor do que o macaco velho do Tarso que só fala bonitinho e não resolve porcaria nenhuma.

    Acredito que o Romário como governador seria infinitamente melhor que o tarso, pois o baixinho não é de fazer média com ninguém.

    As obras do cais do porto já teriam começado, ao invés dessa enrolação toda

    Curtir

    • Tenho achado louvável a postura do Romário no acompanhamento das questões da Copa. Surpreendente.

      Curtir

  3. Romário e Popó? Hahaha! Essa é boa! O que importa é a população de Porto Alegre até pq a mobilidade é p/nós e não p/eles!

    Curtir

    • Faltou o Tiririca! Por que ele não veio?

      Curtir

    • Alguém aqui costuma acompanhar os processos legislativos dos deputados? Como eles votam, onde eles atuam, o que defendem? Quando declaram pra receita?

      Muito fácil criticar, mas eu duvido que muitos aqui sigam seus eleitos pelo tuiter…

      De que adianta reclamar dos políticos se não controlam a vida daqueles que foram votados por vocês?

      Curtir

  4. Faz pelo menos trinta anos que não temos nenhuma obra de vulto em infraestrutura resultado? sucateamento

    Curtir

    • Nao e’ verdade! tivemos ate’ agora 9 anos de obras propagandisticas de infraestrutura e impedimento de obras pelo partido do atual governador, agora aguenta. O povo se acostumou com sonho e ilusoes vendidas pelo PT, PCdB PSOL etc… Fazer as coisas acontecerem da um cansaco, da uma priguica, pra que fazer “coisas”, o bom mesmo e’ ficar dormindo, dancando pagode com um monte de frutas e penas na cabeca o dia inteiro e tomando cachaca. Assim que as coisas vao para frente!!

      Curtir

  5. Romario ate’ que nem aqui nem ali, nada contra, mas votar em Tarso??????? PT????? Bah dai e’ de perde a postura, mas agora a anta esta ai, fazer oque?? So’ faltou o tirirca ai pra completar a turma.

    Curtir

  6. Vergonha desses deputados. E mais ainda de quem votou neles.

    Curtir

  7. Que vergonha de sermos governados por um trio destes!

    Curtir

  8. E urgente..

    Tem muita coisa pra fazer..

    Curtir

  9. A mobilidade urbana (e interurbana) é um problema do Brasil que precisamos resolver, independentemente da Copa do mundo de 2014.

    Curtir

  10. Repetindo o que postei lá, digo que gostei da inversão da lógica, dizendo que as licitações deveriam ser “simplificadas” para evitar mais gasto público. Ainda vamos ter a copa mais cara da história, aguardem.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: