Governo deverá ampliar investimento em metrô curitibano

EVANDRO FADEL – Agência Estado

O governo federal deve ampliar o valor do repasse para a prefeitura de Curitiba realizar a primeira fase do metrô, ligando a Cidade Industrial, na região sul, ao centro da cidade. O projeto prevê investimentos de R$ 2,25 bilhões, dos quais R$ 700 milhões viriam do governo federal a fundo perdido, conforme prevê o orçamento geral da União. “Não tem ainda o valor final, mas há um compromisso de aumentar esse valor”, disse a ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, em entrevista à Rede Paranaense de Comunicação (RPC), retransmissora da Rede Globo no Paraná.

O prefeito de Curitiba, Luciano Ducci (PSB), apresentou esta semana um pedido de ampliação para R$ 1,15 bilhão. “É possível que a gente não consiga chegar ao que o município pediu, mas há uma disposição grande do governo em fazer um aumento desse valor”, reforçou a ministra. Dessa forma, o governo federal ficaria responsável por praticamente metade do projeto. “Nós estamos com uma expectativa muito positiva”, disse hoje o prefeito, que participava de reuniões em Brasília.

O projeto do metrô curitibano prevê, ainda, investimento de R$ 300 milhões pelo governo estadual. “O restante serão recursos tanto da iniciativa privada, por meio de Parceria Público Privada (PPP), quanto da prefeitura”, destacou Ducci. Ele trabalha com a perspectiva de isenção do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), que pode tornar mais barata a obra.

Durante a entrevista, a ministra adiantou que, tão logo o governo federal tenha definido o valor, a presidente Dilma Rousseff deverá anunciá-lo em visita a Curitiba.

O ESTADO DE SÃO PAULO

________________________________

Estou postando esta notícia sobre o metrô de Curitiba justamente porque uns dias atrás o governo federal anunciou que seria necessário diminuir o investimento no metrô de Porto Alegre. Como é isso ? Pra Curitiba tem ? E pra Porto Alegre não ? Será que a Dilma (???) está com “vergonha” de fazer algo por Porto Alegre ? 



Categorias:Outros assuntos

Tags:, ,

25 respostas

  1. Em Curitiba foi implantado à 40/50 anos e a população foi crescendo, já foi o melhor do Brasil, mas hoje é o menos ruim, pois tem pior. Tem ligeiro articulado, o ligeirão bi-articulado, mas tem seus defeitos.

    Curtir

  2. ACHO QUE É PORQUE JÁ TEMOS UMA LINHA DE METRÔ EM PORTO ALEGRE E CURITIBA SERÁ A PRIMEIRA. SUJESTÃO: ALÔ PARANAENSES,VAMOS NOS SEPARAR DO RESTO DO BRASIL…HA,HA,HA…BRINCADEIRA,MAS BEM QUE ELES MERECEM,POIS PRA ELES ,BRASIL É RIO DE JANEIRO E SÃO PAULO(QUE PRA MUITOS É LINDO).

    Curtir

  3. O que eu não quero é que Porto Alegre adote o sistema igual de “estações tubo” , isso iria acabar com a originalidade da cidade. Deveriam fazer plataformas iguais as da sertório, só que fechadas, as plataformas da sertório são um ótimo exemplo de modelo a ser adotado nas estações dos BRT’s em Porto Alegre, são 2187463278462738 vezes maiores que os tubos daqui de Curitiba, tem mais espaço e acomodam maior número de pessoas.

    Curtir

    • Pode ser Vitor, mas minha aposta é que não vai ter pagamento antecipado, ou seja, não vai ser brt.

      Curtir

  4. Acredite, em Curitiba há mais habitantes, e sim a demanda é maior, e é o que eu disse.. Porto alegre precisa dos BRT’s e do metrô JUNTOS. Pois quando a demanda de fato aumentar mais ainda do que já vem aumentando, vamos ter um sistema BRT cheio, o que já acontece em Curitiba, por isso o metrô em ambas as cidades é necessário, por mais que existam soluções mais eficazes para o transito e o transporte público da cidade como o próprio BRT, a expansão de linhas de metrô ou inclusão delas é realmente muito necessária para uma cidade do tamanho de ambas.

    Curtir

  5. A questão é que esses projetos estão rolando há anos sem definição do que seria o melhor a fazer. Quando foi anunciado que existiria verba do PAC2 Mobilidade para o metrô de POA ainda perdeu-se um bom tempo com modelagem financeira, decisão de trajeto, do tipo de estrutura (se a linha seria aérea ou subterrânea na Assis Brasil, por exemplo), que já deviam estar decididos, fechados e revisados há muito tempo. Não existe cultura de planejamento. Isso pode ser uma razão para Curitiba ganhar e POA não – é assim que acontece com qualquer cidade que entra no pleito por recursos da União, a que se mostrar mais capaz leva.

    Curtir

Trackbacks

  1. Governo deverá ampliar investimento em metrô curitibano « Blog … : Link Mundial
%d blogueiros gostam disto: