Revitalização: 2.800 toneladas de asfalto

Smov concluiu a revitalização asfáltica da rua Coronel Marcos Foto: Ricardo Stricher/PMPA

Motoristas que trafegam pela zona sul da cidade, na avenida Coronel Marcos, entre a rua Dea Coufal e avenida Wenceslau Escobar, já podem conferir as novas condições do asfalto da via. No local, foram empregadas 2.800 toneladas de asfalto em uma área total de 2.200 metros quadrados. A recuperação integral do pavimento do trecho faz parte da quarta etapa da Revitalização Asfáltica, executado pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Obras e Viação (Smov).

Esta fase do programa iniciou no dia 19 de setembro, quando foi assinada a ordem de início para a recuperação de mais 20 quilômetros das principais ruas e avenidas da cidade e a liberação do investimento de R$ 5,9 milhões, pelo prefeito José Fortunati e pelo titular da Smov, Cássio Trogildo, que conferiram as obras da Coronel Marcos na última semana.

Desde 2007, durante as outras três etapas do programa, a prefeitura investiu R$ 30 milhões no recapeamento de 176 trechos, em 96 das principais ruas e avenidas da Capital. O número representa uma renovação integral do pavimento de 84 quilômetros de vias, onde foram empregadas mais de 100 mil toneladas de asfalto.

Recuperação total – Segundo Trogildo, com este investimento, muitas das vias que possuíam pavimento mais antigo contam agora com excelentes condições de tráfego, pois foram recuperadas integralmente. “Tínhamos ruas e avenidas com um pavimento muito antigo. Por isso, a revitalização é fundamental quando a manutenção já não resolve o problema. Retiramos o asfalto velho e colocamos outro, totalmente novo, garantindo uma boa qualidade de tráfego para em torno de mais 15 anos”, afirma o titular da Smov.

Também na Zona Sul, já está sendo executada a obra de recuperação da avenida Juca Batista, trecho da rótula com a Estrada da Serraria e nos próximos dias deve iniciar o recapemaneto na avenida Otto Niemeyer, entre avenida Cavalhada e rua Marechal Hermes. Na Zona Norte, está em curso a revitalização nas ruas Paul Harris e Guadalajara, trecho a partir da rua Alberto Pasqualini. Naquela região, a avenida Assis Brasil, junto ao terminal de ônibus Triângulo, será a próxima a receber novo asfalto.

Malha viária – Todas as vias contempladas pelo programa são selecionadas pela identificação de desgaste do pavimento mais antigo, conforme dados cadastrados no Sistema de Gerenciamento de Pavimentos (Gerpav).

A malha viária total de Porto Alegre é de 2.788,89 quilômetros, composta por 1.154,93 quilômetros asfaltados, 676,41 quilômetros não pavimentados e 957,55 quilômetros com pedras, blocos e placas de concreto. Em paralelo à Revitalização Asfálltica, para a manutenção dessas vias, o investimento, somente em 2011, é de R$ 14 milhões para o trabalho de 14 equipes que atuam em vias asfaltadas, dez operam em ruas sem pavimento e quatro em calçamentos e outros pavimentos.

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Outros assuntos

Tags:,

2 respostas

  1. Prefeitura, por favor:
    1) Ajuste o nível dos bueiros ao mesmo nível do asfalto
    2) Use asfalto com qualidade e espessura suficiente para suportar a temporada de chuvas do próximo inverno (sem falar nos próximos 5 invernos ao menos — não vou pedir mais que 5).
    3) Não deixe a avenida sem demarcação de pistas por dois ou três meses.
    4) Não faça a superfície curva demais que o carro ande inclinado na extremidade.

    Curtir

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: