GARAGENS SUBTERRÂNEAS – Procura por editais é intensa e supera expectativa

Propostas para estacionamentos subterrâneos em 18 de outubro

A procura pelos editais e por consultas à equipe técnica da prefeitura é intensa a 19 dias da entrega dos estudos para a construção de estacionamentos subterrâneos em Porto Alegre. Os empreendedores interessados deverão apresentar as propostas no dia 18 de outubro, às 11h, na sede da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC). Lançado em agosto pelo prefeito José Fortunati, o edital de manifestação de interesse público tem a proposta inicial de criar vagas de garagens nas áreas da Praça Parobé e do Parque Ramiro Souto (na Redenção).

De acordo com o coordenador do Gabinete de Assuntos Especiais do município (GAE), Edemar Tutikian, a mobilização dos empreendedores está superando as expectativas. “O interesse das empresas sinaliza a viabilidade da proposta defendida pela prefeitura e indica que teremos um volume importante de propostas para avaliar”, afirma Tutikian.

O edital está disponível no portal da prefeitura. A indicação das áreas nos bairros Centro Histórico e Bom Fim pode ser estendida para outros locais com base nas sugestões técnicas apresentadas pelos empreendedores. A consulta pública é a primeira etapa para verificar a viabilidade técnica e econômica do projeto, que irá contribuir para a melhoria da mobilidade urbana nos bairros, considerando os mais de 715 mil veículos cadastrados hoje na Capital.

Os estudos serão avaliados por uma comissão designada pelo prefeito. A equipe poderá selecionar uma ou mais sugestões, que sustentarão a elaboração do termo de referência da licitação pelos técnicos do município. As propostas aproveitadas serão remuneradas pela empresa vencedora da concessão para construir os estacionamentos.

As duas áreas propostas:

1. PRAÇA PAROBÉ, COM ACESSOS

2. PARQUE RAMIRO SOUTO, COM ACESSOS

Áreas próximas terão estrutura viária modificada pelos empreendedores

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Estacionamentos Subterrâneos

Tags:,

16 respostas

  1. Essa terceira imagem é sobre os estudos do BRT… O que ela faz aí? Não entendi…

    Curtir

  2. Acho que o estacionamento sob o estádio Ramiro souto, na Redenção, deveria ter uma entrada/saída pela Osvaldo e uma entrada/saída pela J.Bonifácio. Além disso sua área poderia se estender sob os jardins do Araujo Viana, aumentado o número de vagas e melhorando a acessibilidade ao anfiteatro, mas tendo como contrapartida uma reformulação desse jardim suspenso.

    Curtir

    • Exato. Se tiver entrada somente pela José Bonifácio, como ficará aos domingos? O maior movimento de carros é sempre aos domingos e a JB fica fechada neste dia. Não tem lógica se o projeto só prever uma entrada pela JB.

      Curtir

  3. E se não investir no transporte individual no centro, o centro não vai ter seu valor, rico não vai de bus pro trabalho.

    Curtir

  4. Caue, vai ser subterraneo, os onibus vão continuar ali…. agora vão sair por que vai rolar alguma reforma, ou essas obras, mas depois volta pra la..

    Curtir

  5. como nossos governantes tem ideia de gerico (do federal ao municipal) o interesse em investir em meios de transporte individual é maior que o coletivo, dessa forma, pelo visto na terceira foto, os ônibus serão deslocados para outro lugar mais longe, justamente para impedir que seja utilizados pela população, que optará por comprar um carro e estacioná-lo no novo estacionamento subterrâneo.

    Estacionamento é legal quando não se priva a população de ter um sistema de transporte publico eficiente e de qualidade. Não é o que parece….

    Curtir

    • Se além de não ter um transporte público decente, o trabalhador que se desloca até o Centro não tiver um local seguro para deixar o carro (ou moto, considerando que para muitos moradores de periferias acaba sendo mais prático e o custo operacional de uma moto 0km é consideravelmente mais baixo que o de um “sucatão” velho), f*deu…

      Mas carro aqui é cash-cow, arrecada bastante imposto que acaba sendo desviado para a corrupção, mas se fosse melhor aproveitado acabaria não só beneficiando o usuário de veículo particular como também os de transporte coletivo (que, vale destacar, também pagam IPVA, DPVAT, licenciamento anual e outras taxas).

      Curtir

  6. Gilberto, dias deste, comentastes que a Copa das Confederações seria disputada na Arena do Grêmio, começo a pensar que se não for assim perderemos este grande evento.
    Existe a possibilidade de Porto Alegre ainda receber a Copa das Confederações?

    Curtir

    • Olha Ricardo, desculpe, já não sei mais nada. Tinha informações (extra-oficiais) que a situação iria por outro lado. Mas este nosso prefeito ta saindo ‘melhor’ que a encomenda ! Ele deve ta comprometido até o último fio de cabelo com o Inter …. lamentável !

      Curtir

  7. Bah, vai sair melhor do que eu imaginava..
    😀

    Por isso que vão fechar o terminal parobé, ou vai rolar alguma reforma mesmo?

    Tomara que reformem, e deem um jeito de expulsar aqueles mendigos de dentro, e ladrões tambe, que vai e vem vejo alguma mulher distraida tendo o celular roubado no meio de todo mundo.. (sim, eles passam correndo, pegam o celular, pulam no meio dos onibus e vão em direção a Mauá

    Curtir

    • Fiquei na dúvida se irão fechar o terminal Parobé… Irão fechar? Reformar?
      Preferia que fosse desativado e ficasse somente uma esplanada.
      A circulação de pedestres é intensa ali.

      Curtir

  8. VOP

    Em qualquer país do mundo estacionamentos desta espécie são pagos. Eu que não sou privativista acho que o Estado tem obrigação de fornecer transporte público no menor custo possível e eficiente (não é o nosso caso), porém estacionamento para automóveis particulares não.

    Deveríamos exigir que o dinheiro arrecadado pela prefeitura service para investir em transporte público como VTL.

    Curtir

  9. Boa notícia! Os estacionamentos serão pagos ou de graça? Porque se forem pagos, não vão fazer metade da função que um gratuito faria.

    Curtir

    • Com essa praga dos flanelinhas na rua é difícil que esse estacionamento subterrâneo venha a ser gratuito, justamente pela idéia de segurança que acaba transmitindo, principalmente ao se considerar que vão ser implementados e explorados pela iniciativa privada mediante licitação.

      Curtir

  10. Ótima notícia. Talvez uma oportunidade pro pessoal pleteitear ao menos uma ciclovia que vá até a rendenção. Seria legal interligar a futura ciclovia da Ipiranga com o parque.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: