Secretaria divulga lances mínimos para privatização de aeroportos

A Secretaria de Aviação Civil (SAC) divulgou nesta quinta-feira (13) os lances mínimos para leilão dos três aeroportos que serão concedidos à iniciativa privada até maio de 2012.

O valor mínimo que as empresas precisam desembolsar é R$ 2,29 bilhões, para a concessão do aeroporto de Guarulhos; R$ 521 milhões para o aeroporto de Viracopos, em Campinas; e R$ 75 milhões para o aeroporto de Brasília.

Os estudos técnicos e econômicos das concessões, além dos investimentos dos projetos de ampliação dos aeroportos, foram entregues ao Tribunal de Contas da União (TCU) pelo ministro da SAC, Wagner Bittencourt. O tribunal vai analisar o primeiro estágio das concessões, que envolve a viabilidade técnica, econômico-financeira e ambiental.

O aeroporto de Guarulhos tem o prazo de concessão de 20 anos; o de Viracopos, 30 anos; e o de Brasília, 25 anos. Além disso, as empresas deverão investir, durante o prazo de concessão, R$ 4,71 bilhões em Guarulhos, R$ 6,27 bilhões em Viracopos e R$ 2,21 bilhões em Brasília.

Na última sexta, os estudos para subsidiar a modelagem de concessões para exploração dos aeroportos de Guarulhos, Viracopos e Brasília foram aprovados pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Para os estudos referentes ao aeroporto de Guarulhos, o valor de ressarcimento apurado e arbitrado foi R$ 7 milhões. Para o aeroporto de Viracopos, o valor foi R$ R$ 7,6 milhões e R$ 2,5 milhões para o aeroporto de Brasília.

SUL 21



Categorias:aeroportos brasileiros

Tags:, , ,

12 respostas

  1. Vejam só, já estão querendo retirar os vôos nacionais de POA para juntamente com os internacionais e os cargueiros fazer bombar ao Aeroporto Internacional Paulo Paim TREZE de Setembro:

    Fonte – jornal O Estado de São Paulo 13 de outubro de 2011.

    Pelo visto o Salgado Filho será mais um novo aeroporto de ponte aérea para executivos endinheirados. E o cidadão comum paga o pato, ou melhor, gasta o solado do calçado.

    Curtir

  2. Paulo Roberto, você tem a informação do DOU sobre a licitação da troca da tela? Fiz uma busca rápida e não achei.
    Provavelmente lá está discriminado quanto foi gasto com cada item.

    Curtir

    • Marcos, fiz uma pesquisa no referido site de licitações da Infraero e não encontrei nada:
      http://licitacao.infraero.gov.br/portal_licitacao/details/licitacao/pesquisa_licitacao.jsp

      De qualquer forma, a notícia é bem clara, pois diez que foi investido R$ 470 mil reais no Sistema Informativo de Voos (SIV) do Salgado Filho e que esse tal novo SIV (Leia-se painel informativo de voos) nada mais é do que um conjunto de 16 monitores de LCD de 46 polegadas cada que em conjunto formam um “videowall” (o tal painel). Ou seja, não há justificativa para passar dos cem mil reais.

      Curtir

      • Pensei agora, não tem desenvolvimento/compra de software envolvida?

        Curtir

        • Não, acho que não Felipe, pois os monitores (tanto os do painel quanto os individuais espalhados pelo aeroporto) são apenas ligados ao computador central da Infraero/Salgado Filho. É que nem quando plugamos uma câmera de video, fotográfica ou um notebook para projetar as magens numa tv, não passa de projeção dos dados de um computador via cabo HDMI dos monitores. A notícia infelizmente se refere apenas ao monitor/painel.

          A única vantagem que vejo é que a Infraero pode anunciar naqueles monitores centrais do telão (e pode ter certeza que é isso que é fará) e assim ganhar uma renda extra. Todavia, poderia ter feito isso pagando um preço adequado. Fora isso, o telão mostra as mesmas insformações que os passageiros já recebiam e é até mais comum do que o anterior.

          Me pergunto, para que gastar (e muito) substituindo algo que funcionava em vez de canalizar para o que falta ou se precisa em maior quantidade do que o que se tem? E o que fizeram com o anterior, foi parar onde, é a outra pergunta que não quer calar.

          Curtir

  3. Por falar em aeroportos…

    Vejam como o governo rasga o nosso suado dinheiro:

    http://www.infraero.gov.br/index.php/us/press/news/4279-2705-porto-alegre-conclui-modernizacao-do-sistema-informativo-de-voos-.html

    Exatamente o que vc leu, gastaram quase meio milhão de reais na compra de um painel informativo de voos formado por 16 tv’s de LCD de 46′.

    O resultado está aí:

    Mas já tínhamos isso antes da troca:

    Será que precisava trocar tal painel? E olhem quanto custa um TV de LCD de 46′ para o cidadão comum:

    http://compare.buscape.com.br/proc_unico?id=2852&kw=tv+lcd+46

    Pela lógica, não deveria o governo ter pago via licitação ainda menos pelas suas 16 tv’s de LCD de 46′ do que o cidadão comum? Como que podem ter gatos quase 500 mil reais (mais precisamente 470 mil reais) nessa troca? Era mais fácil terem ido ao shopping e comprado 16 tvs. Afinal, o painel nada mais é do que 16 tv’s integradas e ligadas a um computador que “joga” as informações nela. Quem já foi a um shopping já viu certamente várias tvs em sincronia projetando uma mesma imagem como se fosse um telão.

    Enfim, esse é o Brasil.. Mais uma história que passou batida pela grande mídia, que parece que achou normal essa compra ou nem sequer ficou sabendo,

    Curtir

    • É que não tinha uma piada de humor negro passando no telão. Se tivesse, teria sido um escândalo.

      Curtir

      • O mais incrível nisso é que se exagerássemos e colocassemos um valor de R$ 5 mil reais por cada uma dessas TV’s (sabe-se que consegue-se por bem menos nas lojas, imaginem então se fosse uma licitação), ou seja, já considerando uma estimatva alta de 5k p/ TV, ainda assim, afzendo os cálculos, 16 TV’s dessas x (vezes) 5 mil = 80 mil reais, ou seja MUITO MENOS DO QUE OS INCRÍVEIS 470 MIL REAIS GASTOS.

        Teriam essas tv’s cristais swarovsky embutidos, que só os inteligentes conseguem ver?

        Seriam como essas aí embaixo?

        Curtir

  4. Exato, Julião, repito aqui o que escrevi no sul21:

    E estes recursos serão usados para o que será? Mais aumentos para políticos e o judiciário?

    Curtir

  5. E para onde vai esse dinheiro pago pelas concessionárias do aeroportos?

    Espero que, pelo menos, seja aplicado nos outros aeroportos e não vá parar no ralo do caixa único do governo federal.

    Curtir

  6. 15 de outubro Praça da matriz

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: