Estacionamentos subterrâneos: Prefeitura de Porto Alegre recebe estudos amanhã

O projeto da prefeitura para criar vagas em estacionamentos subterrâneos tem etapa importante nesta terça-feira, 18.

Após o prazo de 60 dias definido na solicitação para manifestação de interesse público, está marcada para as 11h de amanhã a entrega dos estudos para a construção das garagens. Em reunião pública no auditório da EPTC (Rua João Neves da Fontoura, 7), os empreendedores interessados deverão apresentar os documentos que serão avaliados pela comissão municipal designada pelo prefeito José Fortunati.

A proposta inicial do município é construir garagens nas áreas da Praça Parobé e do Parque Ramiro Souto (na Redenção). A indicação das áreas nos bairros Centro Histórico e Bom Fim pode ser estendida para outros locais, com base nas sugestões técnicas apresentadas pelos empreendedores. Conforme prevê a legislação, o ato de entrega dos estudos inclui abertura dos envelopes e rubrica, pelos integrantes da comissão, das páginas da documentação apresentada na presença dos empreendedores.

Licitação

A consulta pública é a primeira etapa para verificar a viabilidade técnica e econômica do projeto. De acordo o coordenador da comissão e do Gabinete de Assuntos Especiais do município (GAE), Edemar Tutikian, em até 45 dias serão concluídas a análise dos estudos e a elaboração do termo de referência para a licitação. A equipe poderá selecionar um ou mais estudos, que sustentarão a elaboração do termo de referência. Os estudos aproveitados serão remunerados pela empresa vencedora da concessão para construir os estacionamentos.

A comissão de avaliação é integrada por técnicos do município, representantes do Gabinete do Prefeito, das secretarias dos Transportes, da Fazenda e do Planejamento, do Gabinete de Planejamento Estratégico e da Procuradoria-Geral do Município. Nesse cronograma, o edital estaria pronto para publicação cerca de 30 dias depois do término da avaliação.

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Estacionamentos Subterrâneos

Tags:,

5 respostas

  1. No RJ e em SP (dias de show no entorno do estádio Morumbi) os flanelinhas já estão “cobrando” 150 reais para os motoristas estacionarem. Aqui em Poa ainda não chegamos a esses absurdos, mas as ruas foram tomadas por flanelinhas (uma “profissão” criminosa, no meu ponto de vista, mas que é permitida, porque no Brasil a criminalidade, como um todo, está sendo relevada). Portanto, trata-se de um investimento com retorno garantido, ainda mais perto de lugares com grande afluxo de público, como a Redenção e o centro da capital.

    Curtir

    • Flanelinhas = extorção

      Curtir

      • Também acho.

        O problema em que vivemos um aspiral de políticas, que eu chamo de “coitadistas”. E esse espírito já atingiu a polícia e o Judiciário, que acham que não é preciso punir esse tipo de crime, por ser de menor potencial ofensivo. Na verdade, com essa impunidade estão incentivando a criminalidade e tornando, cada vez mais, a vida dos cidadãos.

        Algum deputado terá de enfrentar esse “lobby da pobreza” (do tipo: se preciso comer, posso fazer tudo que quero) e criar uma lei TIPIFICANDO criminalmente esse ato (exigir dinheiro para estacionar automóvel em local público). Com isso policiais, delegados, promotores e juízes não poderam mais se eximir de cumprir a lei.

        Curtir

  2. A cidade ta precisando mesmo… o centro principalmente..
    Por que ta caaaaaaaaro…

    Curtir

  3. Comentários de ciclistas chegando em 3… 2… 1…

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: