Balada Segura: ação que movimenta as madrugadas gaúchas

Um grande problema do nosso trânsito é a bebida. As pessoas insistem em beber e, após, dirigir.

Não entendo como podem agir com essa total falta de responsabilidade, pois além de colocar a sua vida em risco, coloca a dos demais usuários do trânsito também.

Balada Segura - ação do Detran- RS

Desde fevereiro o Detran do RS, juntamente com a EPTC, Brigada Militar e Polícia Civil estão fazendo uma série de blitze durante as madrugadas em locais de grande concentração de bares e casa noturnas. O nome da ação é Operação Balada Segura.

A Balada Segura tem uma grande diferença  das outras blitze que são feitas na noite: além de fiscalização, acontecem também ações educativas realizadas por voluntários do Detran e entidades parceiras nos bares próximos às barreiras, buscando conscientizar os freqüentadores sobre o perigo da mistura álcool e direção. Uma das ações que ocorrem paralelamente às blitze é a distribuição da pulserinha do “Motorista da Vez”, para sinalizar quem não irá beber naquela noite e levará o pessoal são e salvo pra casa.

Apesar do foco central da Balada Segura ser a questão da ingestão de bebidas alcoólicas ao dirigir, as blitze que estão sendo feitas pelo Detran também visam detectar motoristas com a carteira suspensa ou documentos vencidos, além de verificar os itens de segurança.-

Agora nesse segundo segundo semestre, estendendo-se para outros dias da semana e horários alternativos (continuam sendo itinerantes) e também com a realização do teste de bafômetro em 100% dos motoristas abordados. As blitze estão identificadas por sua logomarca e toda uma programação visual própria.

 Operação Balada Segura foi criada para pôr em prática as novas linhas de ação propostas pelo Detran/RS, que privilegiam a educação dos usuários do espaço público e a redução do número de vítimas fatais no trânsito. Afinal, são condutores e pedestres que têm em suas mãos o poder de construir um trânsito mais respeitoso e humano.

As ações da Balada Segura ocorrem de quarta a sábado, fiquem atentos.

Confira as fotos do pessoal que da um belo exemplo no trânsito e levam os amigos pra casa com segurança: o “Motorista da Vez”: http://bit.ly/neHfq6



Categorias:Meios de Transporte / Trânsito, segurança

Tags:, , ,

18 respostas

  1. Tem alguns ônibus na cidade circulando com um “busdoor” da operação Balada Segura, com a frase: “Se beber, vá de ônibus!” De onde tiraram isso? Será que não sabem que há poucas linhas e poucos horários de ônibus madrugadão em Porto Alegre? Vai entender…

    Curtir

  2. e naquela noite que o cara conhece uma baita gata e tem a chance de levar ela para um lugar mais a vontade, o que faz ? pega um taxi ?! isso que é o mais foda

    Curtir

  3. Sim, e quando vou viajar? Ter que ficar toda hora dependendo de outros? Carro todo mundo tem, todo mundo quer ter, ipva e essas coisas ae não conta, pra por nessa conta, é só a gasolina mesmo…
    Até por que, o pessoal muitas vezes racha a gasolina… É muito mais barato que ir e voltar de taxi, mesmo dividindo.

    Eu pego carona com o pessoal que bebe, mas geralmente o pessoal fala que ta sem condições de dirigir, ae arrumamos um outro jeito de voltar, caso contrario, é de carro mesmo…

    É por isso que to evitando de ir em bar, prefiro marcar com o pessoal de dormir na casa de alguem… ae o povo ja dorme por la…

    É fogo, da esquina da cristovão até minha casa, da uns 6 reais de taxi.. não deve ter nem 1km de distancia… Imagina voltar da cidade baixa? Passa facil dos 20 reais.

    Curtir

    • Viagens longas: avião e carro alugado, viagens curtas só carro alugado.

      Curtir

    • Sobre táxi: concordo que é caro sim. Mas com 500 por mês dá para andar um bocado.

      Eu quando volto da cidade baixa de táxi dá uns 20 reais mesmo. Festa em casa é a melhor opção mesmo. Outra opção é arranjar namorada que dirija por ti, já fiz muito disso! 😀 😀

      Curtir

  4. O pesoal que bebe e sai a dirigir sempre tem uma lista de desculpas na ponta da língua, é impressionante, deveriam ser políticos!

    Curtir

  5. Pois se eu tomo uma gota de álcool eu não dirijo. Já tenho uma grana certa que sei que vou gastar de taxi. A gente se sente mais seguro. E sabemos que os acidentes acontecem em sua maioria por causa da bebida. As pessoas dizem: eu to ótimo e vou dirigir. Este é o primeiro sintoma de quem tá bêbado !!!!

    Curtir

  6. é fogo, eu gosto de sair na noite e tomar um trago…
    Mas do jeito que ta a violencia, o preço dos taxis na madrugada.. ai fica complicado.

    Tinha que baixar os preços do taxi durante a madrugada..
    Olha, esse ano, foram poucas as vezes que bebi pra ficar daquele jeito.. haha
    Tudo por que vou pra noite de carro
    Eu bebo, não nego, mas bebo pouco…

    É fróid depender de carona… e pior, carona com bebados..
    sahuushhasuasuuas

    Curtir

  7. Quem é pego dirigindo embriagado devia perder a carteira por anos e sem desculpas. Temos uma cultura que vê a carteira de motorista como um direito irrevogável, nem todos deviam tê-la.

    Curtir

    • Concordo plenamente, Felipe X. Carteira de motorista não é um direito e sim uma licença. Deveria haver leis e multas mais severas.

      Tenho uma dúvida: quando ocorre um acidente de trânsito onde o motorista acaba destruindo um bem público (sinaleira, placa, proteção de retenção e etc.) quem paga por isso? o motorista ou todos nós?

      Curtir

    • Vocês estão redondamente errados!

      A lei brasileira é uma das mais rigorosas do mundo. A fiscalização sempre foi muito fraca e a aplicação das penas muito branda. A incerteza de punição no caso de acidente com morte é sim o verdadeiro problema.

      Em quase todos outros paises é permitido um certo limite de alcool no sangue, algo equivalente a uma lata de cerveja ou duas. Mas, se o motorista causa um acidente com morte ou danos fisicos, fica 10, 15, 20 anos na prisão como qualquer outro crime. E não fica em liberdade até o julgamento. Aqui dificilmente isso acontece, ou tem acontecido apenas recentemente.

      Em resumo, a tolerancia devia ser maior (0.4-0.6) mas a punição no caso de acidente deveria ser 100% certa, sem liberdade provisória, com mesma duração de pena que crime doloso (10-20 anos) cumprido em regime fechado.

      E não se trata apenas de dirigir embriagado, mas de todas as irresponsabilidades, como dirigir com pneu careca, freios deficientes, sem ter dormido adequadaente, em alta velocidade, passando sinal vermelho, etc… no caso de acidente com vitimas deveria acarretar prisão com 100% de certeza.

      Curtir

      • Não estou defendendo quem bebe, pois eu mesmo não bebo alcool, por opção própria.

        Estou defendendo a coerência. Estou defendendo o pragmatismo e repudiando as ações e decisões tomadas numa avaliação emocional. Essas decisões criam disparidade e desbalanços, onde uns pagam a mais pela falta de pagamento dos outros, e a soma total é menor que a das partes.

        Curtir

      • Vejam onde estão os paises desenvolvidos nessa lista, que são os que tem legislativo coerente, executivo e judiciarios eficientes: http://en.wikipedia.org/wiki/Blood_alcohol_content#Legal_limits

        Curtir

      • Falou tudo Adriano. Hoje mesmo noticiaram um caminhoneiro que matou um motociclista pois estava bêbado. O que tem de agravante nisso? Ele matou outro motoqueiro há um ano atrás!! E continua com a CNH, sabe por que? Por que ela só poder apreendida depois dele ser condenado, processo que leva uns 3 anos no nosso Brasil…

        Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: