Glênio Peres terá ações definidas

O projeto de lei do Executivo que regulamenta as atividades econômicas e culturais no Largo Glênio Peres, no Centro da Capital, foi tema de Discussão Preliminar de Pauta na Câmara Municipal. O prefeito José Fortunati defende o regramento dos eventos que, segundo ele, resultam em prejuízos ao patrimônio público por conta das depredações.

“É cada vez maior o prejuízo à sua preservação e manutenção”, disse. “No caso, por exemplo, da realização de feiras, a montagem e desmontagem de grandes estruturas contribuem para a deterioração do pavimento.”

O projeto de lei busca regular e estabelecer critérios ao uso do local.

Correio do Povo



Categorias:Revitalização do centro

Tags:

5 respostas

  1. Eu nao vi grande deterioro no Glenio Peres “especificamente” pela circulacao de veiculos, ja estava deteriorado antes, mas se nota claramamente os buracos em certos pontos pelas barracas. O mesmo acontece na Praça da Alfandega pelas barracas da feita do livro, vi isso no sabado passado, e nao tem estacionamento de carro ali. Tem que regulamentar esse uso sim. Eu ate gostei do estacionamento a noite no Largo, assim as pessoas podem ir no Chale, ouvir uma boa musica e o carro esta ali perto, da uma sensacao de segurança. Alem de poder levar as compras do mercado para o carro diretamente. Ter estacionamento ali é bem importante. Mas com os estacionamentos subterraneos vai se resolver todos esses problemas de uma vez. O largo é um espaço aberto excepcional no nosso centro, da uma amplitude…. subam na instalacao que tem na prefeitura…. e se ve bem que temos que preservá-lo, O Largo é a prioridade numero 1 do pragrama de calçadas e pavimentos de Poa, a prefeitura tem que dar o exemplo…. embora tenha muito buraco nessa cidade… pelo menos o centro historico tem que estar

    Curtir

  2. Fortunati, por que tu não comentas nada sobre o estacionamento de mau gosto que o Largo virou? Não levas em conta que carros circulando sobre o Largo deterioram muito a pavimentação?

    Curtir

  3. Pois é, ainda bem que estão pensando em tirar algumas atividades dali, pena que não todas que deviam ser tiradas.

    Curtir

  4. Engraçado como não falam nada dos danos ao pavimento e à circulação causados pelo uso da área como estacionamento nos finais de semana. O motivo é mais do que evidente: os interesses existentes por trás da esdrúxula ideia do estacionamento subterrâneo querem que essa prática horrenda continue, para garantir que haverá demanda pelo empreendimento.

    Triste isso.

    Curtir

    • E também dos chamados “shomicios” em época de eleição, alias, ano que vem (saco!), tem de novo, será que irão poupar o Largo????

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: