Veja porque, depois de décadas, está para surgir uma nova área de interesse a cidade

O barco que fará a travessia de Porto Alegre a Guaiba deverá ter parada junto ao Museu Iberê Camargo e  Barra Shopping

Foto: Gerson

“A CatSul, que pretende transportar 2 mil passageiros por dia, projeta novas braçadas: a expectativa é de que, em seis meses, haja a criação de um terminal na frente do BarraShopping, junto ao antigo Estaleiro Só”
Fonte:http://zerohora.clicrbs.com.br/zerohora/jsp/default.jsp?uf=1&local=1&section=Geral&newsID=a3541252.xml

Será um dia histórico para a capital. Depois de 50 anos, começa amanhã a travessia entre as duas cidades no catamarã da empresa CatSul.

Depois de 50 anos, o portoalegrense de novo terá a chance de optar entre a viagem rodoviária de 30 quilômetros e o qualificado transporte aquático de 20 minutos.

Foto: RicardoHaberland

Foto: RicardoHaberland

Foto: RicardoHaberland

As salas de espera terão ar-condicionado, televisão e internet. O caminho até o barco é coberto, para não se estar a mercê da chuva. Dentro do barco, também haverá o mesmo conforto da sala e não serão permitidos passageiros de pé.

Além da alternativa anos-luz mais rápida e confortável que a rodoviária (que, se não bastasse a chance de se ficar horas preso por causa da ponte movel, é-se obrigado e encarar uma absurdamente longa e demorada viagem de 30 quilômetros para ir até o extremo norte da capital e voltar tudo de novo até Guaiba), esta travessia abre espaço também para o interesse  turístico , também, já que será um passeio inédito, confortável, qualificado e com uma paisagem belíssima.

Mais: a estação no Iberê Camargo de novo vem ao encontro com os interesses turísticos (turístico até mesmo para que mora na cidade), pois será uma opção confortável, rápida e fácil a esta importante atração da cidade, que é o Museu. Atração, esta, que também proporciona uma bela vista do “downtown” ao sentarmos em seu café, em frente ao museu. De quebra, ali ao lado há um milhão de serviços disponível no Barra Shopping. Que também está se tornando um centro de negócios, com sua torre comercial. E há previsão de outra torre comercial, um ou dois hoteis, e outra residencial. Também há a chance de sair algum empreendimento na área do ex Pontal do Estaleiro que, creio, deve estar sendo desenvolvido bem na surdina, face ao radicalismo que aflorou na cidade no episódio do Não.

A notícia de que haverá uma “parada” no Barra Shopping, além da possibilidade de passeio citada acima (e talvez um dos poucos passeios qualificados e realmente interessante para os turístas da Copa 2014),  ajudará a resolver um pouco o problema do trânsito, desafogando de carros e ônibus o trecho do centro à zona sul. Saibam que proposta semelhante está sendo estudada no Rio de Janeiro: um veloz catamarã que servirá de transporte público do Centro à distante Barra da Tijuca, com algumas paradas no Flamengo, Copacaba e Ipanema.

RicardoH



Categorias:Outros assuntos

Tags:, , , , , , , , , , , ,

37 respostas

  1. Prezados leitores: desculpe.
    Apenas agora detectei que o tal de Prof. Hadalberto Paraguaçu era uma brincadeira de mal gosto de algum outro leitor (já sei quem é). Deletei os comentários dele, eram apenas dois em dois posts diferentes. E tomei a liberdade de deletar as respostas a ele dadas por vocês. Espero que as pessoas parem de brincar tanto e levem mais a sério as questões da cidade. Embora demore, estou sempre de olho neste tipo de comentário. Espero ser mais rápido da próxima vez. Obrigado.

    Curtir

  2. O que este comentário acima tem a ver com esta matéria ???

    Curtir

  3. A cultura dita como alta…sempre foi algo bem elitista no Brasil, tem-se que admitir que graças as Administraçoes Populares ( que alguns odeiam no blog) foi o que a retirou se seus recintos fechados a tidas mentes seletas e escolhidas e levada as ruas em vários projetos culturais que hj é tida como como incorporadas ao nosso cotiadiano ( e mesmo com um tanto a mais de verbas..)…quem tem memoria lembra, quanto aos esquecidinhos e ao que ignoram..lamenta-se!!!

    Curtir

  4. Se6 reais é muito caro para transporte popular.
    Este é o medo de nãodar certo. Falta de passageiros.

    Curtir

  5. Privatização do Guaíba? Preservação da ecologia de uma área aterrada e cheia de maricás? Deve ser piada…

    Curtir

  6. Pior!!!!Dr. prof.???

    Curtir

  7. Ri muito !

    (mas pior que é isso que muita gente fala por aí)

    Curtir

  8. Não entendo o pessimismo de vcs, pq as pessoas trocariam o catamarã pelo ônibus que demora bem mais além de ser bem menos confortável? Acho que o catamarã dessa vez veio pra ficar devido o conforto que oferece para a travessia além de servir como passeio turistico nessa região.

    Curtir

    • Também não entendo o pessimismo… Até um ano atrás todos criticavam por não existir transporte fluvial entre POA e Guaíba, agora que existe chegam a um nível tão alto de pessimismo que parece torcida contra.

      Certamente nas primeiras semanas o fluxo de passageiros não será tão grande, mas logo logo engrena; e engrenando, talvez mais estações, linhas e horários sejam criados. Estou muito OTIMISTA!

      Curtir

  9. Phil, sou moradora de Guaíba, e trabalho em P Alegre, então, sou usuária dos ônibus e torço para que dê certo o transporte via “catamarã”, mas isto já aconteceu a muito tempo atrás e não vingou, então, não seria diferente se isso acontecesse agora, não tenho nada contra a lucratividade, negórios são negócios, mas desejo que aguardem um tempo razoável antes de desistirem.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: