O RS perdeu mesmo a coreana LS, mas MANTEVE no RS a Stihl

Ao contrário do que mancheteou o jornal Zero Hora (“Em um dia, RS perde e ganha investimentos”), os gaúchos não puderam comemorar no mesmo dia a fábrica de tratores da coreana LS Mitron e a conquista da fábrica de ferramentas elétricas alemã da Stihl.

É que a Stihl está há 40 anos no RS.

O que fez a Stihl foi ampliar seu complexo industrial de São Leopoldo, cavalgada em cima de nutridas renúncias fiscais concedidas em tempo recorde pelo governo petista do sr. Tarso Genro.

O novo investimento será de R$ 540 milhões.

Polibio Braga



Categorias:Economia Estadual

Tags:,

%d blogueiros gostam disto: