Com edital aberto, obras da nova sede da Ospa podem começar ainda neste ano

Concorrência pública para construção de Sala Sinfônica fica aberta até o dia 12/12

Projeção da nova sala sinfônica: Divulgação / Ospa / CP

A tão aguardada construção da nova sede da Osquestra Sinfônica de Porto Alegre, a Ospa, pode sair do papel ainda neste ano. O edital para a instalação das fundações do novo espaço está aberto até o dia 12 do próximo mês. A orquestra, fundada em 1950, realiza seus espetáculos em igrejas e diversos teatros da Capital, locais que segundo a instituição não apresentam a qualidade acústica ideal para suas sinfonias. Além disso, os músicos ensaiam no Cais do Porto, enquanto não é construído o espaço adequado.

A Ospa tem uma carta aprovada para captação de verbas, via Lei Rouanet, de R$ 4 milhões, e três das 10 maiores empresas gaúchas já manifestaram interesse em destinar recursos, segundo a própria instituição. O governo federal deve investir, ainda, R$ 20 milhões na obra. Os valores foram garantidos via emendas parlamentares.

O projeto

A Sala Sinfônica da Ospa será construída em terreno especialmente cedido para este fim no Parque Harmonia. A partir de Lei sancionada pela prefeitura de Porto Alegre e aprovada por unanimidade pela Câmara Municipal de Vereadores. O terreno foi repassado ao estado em 2011. A capacidade do novo espaço será de 1,5 mil lugares, com uma ocupação de 3.600m², cujo aproveitamento de área edificada é de 12.827,00m² e com 24,95m de altura. A premissa da sala sinfônica é a qualificação acústica internacional desenvolvida pela mesma equipe que trabalhou no projeto da Sala São Paulo Estação Júlio Prestes.

Vista da sala sinfônica pela avenida Edvaldo Pereira Paiva | Foto: Divulgação / Ospa / CP

Apoio do Ministério da Cultura

Em meio às contenções de gastos do governo, o Ministério da Cultura tenta reordenar as despesas para garantir que em 2012 o orçamento real destinado à pasta alcance R$ 2,04 bilhões, e assim seja possível aumentar os investimentos na área. Para assegurar o aumento de verba serão necessárias emendas parlamentares e recursos extras do Fundo do Audiovisual que deve reunir R$ 700 milhões.

O ministério, que engloba oito órgãos dependentes diretamente de seu orçamento e que cuidam de setores específicos da área cultural, elencou um grande projeto em cada sistema para 2012, a fim de evitar privilégios. Em Porto Alegre, a construção da nova sede da Ospa é a prioridade. As informações são da Agência Brasil.

Além da construção da sala sinfônica em Porto Alegre, no Rio de Janeiro o Palácio Gustavo Capanema será reformado. No local funcionou o Ministério da Educação e Cultura até a transferência para Brasília. O prédio cuja construção foi concluída em 1945 é considerado de arquitetura arrojada por causa do estilo moderno e da combinação de ferro e concreto com painéis de azulejos. Em Recife, será construído o Museu Luiz Gonzaga (morto em 1989) chamado de o “Rei do Baião” e símbolo de criatividade e originalidade na música popular brasileira.

Correio do Povo



Categorias:Teatro da OSPA

Tags:, , ,

6 respostas

  1. A UTI neo natal de Canguçu custou 1 milhao e duzentos.A OSPA quer 37 milhoes de investimento nesta obra.O que e prioridade neste estado? A o diretor desta OSPA e um medico?

    Curtir

  2. Oremos para que saia e que os ecoxiitas, mais uma vez, não atrapalhem, como tantas vezes já fizeram, deixando esta cidade na estagnação econômica em que se encontra…

    Curtir

  3. Assim espero, por que oooooooooo demora.

    Curtir

  4. Porto Alegre, a cidade da resistência, vai lutar com unhas e dentes para manter todas estas três árvores na frente da fachada, pois o que é bonito é pra se esconder.

    Curtir

  5. Que bom, mas começar ainda este ano? Isso quero ver

    Curtir

  6. Ótima notícia!!!

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: