Vídeo: Fanstástico projeto do Corredor Bioceânico do Aconcágua

Fantástico projeto apresentado durante o VIII Congresso Internacional de Rotas da América do Sul.

Como é um projeto que vai influir na nossa economia, da Argentina, do Uruguai e do Brasil, em especial do Sul do Brasil, posto aqui.

No vídeo, quando aparece o mapa do Brasil, as únicas cidades que são citadas são Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre.

.

www.rotasintegracao.org.br/8cirias/viii-congresso.html



Categorias:Meios de Transporte / Trânsito, video

Tags:,

7 respostas

  1. Excelente projeto de integração entre a Argentina, Chile e Brasil, eles só tem que diminuir ou melhor acabar com a burocracia nas aduanas dos tres países, principalmente entre a Argentina e o Chile.

    Curtir

    • Teoricamente a grande ineficiencia que existe no passo cristo redentor (entre chile e argentina) é sempre apoiado na desculpa das duas aduanas que o “tempo” e suas interpéries são os grandes motivos de atrasos e dificuldades de interoperacionalidade nesse caminho que é o mair importante contato que o Chile possui com o Continente (sendo responsável por quase 70% do fluxo de carga entre os dois países e, o brasil).

      Espera-se que com tal mega projeto, venham mega empenhos em facilitar o transporte! 🙂

      Curtir

  2. Meu sonho sempre foi de uma linha de trem do porto de Rio Grande ate’ o porto de Antofagasta no Chile. Seria um baita corredor bi-costal interligados.

    Curtir

    • Phil, eu compartilho esse sonho a algum tempo, e eu também acho que seria um grande corredor.

      Mas durante o tempo que vivi no chile, estudei na faculdade de admnistração, cadeiras de logística e transportes internacionais. E durante o semestre os alunos visitaram os dois maiores portos do país (San Antonio e Valparaíso) e acho que o corredor Bioeanico Aconcagua seria melhor para nós gaúchos em reação ao processo de estabelecimento do corredor Até antofagasta por alguns motivos:

      Além de serem os dois mais movimentos portos do Chile, modernos e eficientes (bem aquém do que nós conhecemos como portos marítimos), o porto brasileiro mais próximo do projeto é Rio Grande, sendo assim, a história desculpa que rio grande no está geograficamente afastado dos “grandes centros” e por isso é melhor investir em Pernambuco, Bahia e etc, etc, etc, se inverteria, colocando Rio Grande na frente do maior mercado consumidor de produtos agricolas (infelizmente a unica coisa que ainda não perdeu mercado no nosso estado) para os mercados mais “famintos” por produtos agricolas e insumos em geral, a Ásia.

      Antofagasta, geograficamente falando, beneficiaria mais opções pois estando Antofagasta algumas linhas paralelas acima de Porto alegre, seria um grande corredor viável para Itajaí-SC, Norte da Argentina e Bolívia, que possui ligação com o porto atraves de uma linha de trem (e usa como prioridade essa saída à antofagasta como única saída para exportações por mar).

      Mesmo sendo tão importante economicamente na região, Nem chile, tão pouco Bolivia investem no Porto de Antofagasta, tendo o mesmo sido superado em volumes por Inquique e Arica que são menores.

      Então, sonho com uma ligação multimodal com Antofagasta, até para ajudar a campanha, o norte e noroeste do estado, além do oeste de SC. Mas o corredor Bioceanico Aconcagua seria/sera a melhor opção à rio grande e toda nossa economia.

      Curtir

      • Certo, eu nao sabia desta diferenca entre os portos. Pensei em antofagasta por ter lido algo a respeito um tempo atraz. Mas se outro for melhor entao vamos com o melhor. Mas o ponto e’ que temos que ter um corredor desta envargadura incluindo Rio Grande. Se fores ver, existem poucos lugares nas Americas com este potencial de ter COAST TO COAST entre dois portos grandes e um grande mercado produtor e consumidor (que eu siba so’ nos EUA). Anos atraz fui a uma palestra onde falavam dos motivos de PRQ o Brasil numca se tornaria uma super potencia, e um dos motivos e talvez o maior motivo foi este de nao ter esse potencial de escoamento de cargas bi-costal. Seria um projeto e tanto.

        Curtir

  3. Um projeto pensando adiante. Chileno, claro.

    Curtir

    • Sim, concordo!

      E até acho que por ser Chileno, possa sair do papel (nem que seja até mendonza pelo menos!).

      Curiosidades: A linha 4 do metro de Santiago começou a ser construída em 2000 e ficou pronta em 2004, é a mais moderna atualmente em operação. a linha 5 (que já existia antes da 4…) foi duplicada (literalmente, ela duplicou de tamanho (hoje ela tem 30 estações, só ela, fora as outras…). sua duplicação começou em 2006 e foi completamente inaugurada no ano passado.

      Ah, eles usam o sistema de tunelamento, que é “muito caro e somente para terrenos muito difíceis de trabalhar”, que se mostra mais rápido e eficiente.

      A terceira curiosidade é que fazendo um simples cálculo de conversão cambial dos custos de obras para o metro de santiago (linha 4, a mais cara, com estações revestidas em mármore, outras em granito) fica abaixao dos nossos 2,4 Bi do nosso metro local! (e é metro mesmo, nada de “metrolight”).

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: