Família de urubus chama a atenção – no ESQUELETO

Crédito: vinícius roratto

Uma das obras inacabadas mais antigas de Porto Alegre, o esqueleto de um prédio de 19 andares na rua Marechal Floriano Peixoto, serve como lar para um casal de urubus. A fêmea escolheu o lugar para o nascimento dos quatro filhotes que, ontem, se aventuravam a voar. A façanha das aves chamou a atenção do protético Roberto Junges, estabelecido no 21º andar da Galeria do Rosário. “A mãe passa o dia entre idas e vindas às ilhas em busca de alimento para a ninhada.”

Correio do Povo (sexta-feira)



Categorias:Outros assuntos

Tags:,

6 respostas

  1. Só faltou dizer que esses urubus se alimentam ali mesmo da carniça dos moradores…… me refiro aos ratos e demais pragas.

    Curtir

  2. Pronto, agora é que os ecoxiitas terão mais um argumento pra nunca mais por abaixo essa joça…

    Curtir

  3. Vamos anotar a marca dos materiais usados na construção desse prédio: desde 1970 (?), sem revestimento nem reparos e lá, firme e forte.
    Bem diferente do asfalto usado pela prefeitura… hahaha

    Curtir

  4. Bah, agora não poderão mais revitalizar o prédio, pois algum eco-bobo vai dizer que é o habitat dos pobres urubus. 😛

    Curtir

  5. EU JÁ SABIA…!

    Curtir

  6. óin…. bilu bilu.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: