Setor privado cuida melhor da cidade do que a prefeitura

Vejam estas fotos enviadas por um leitor.

Os bancos ficam na Ramiro Barcelos, quase esquina com a Av. Independência, em frente a alguns estabelecimentos comerciais.

Vejam que bancos simples, mas bonitos. O setor privado cuida melhor da cidade do que a prefeitura.

Fotos: Rafael Bortolon



Categorias:Outros assuntos

Tags:,

10 respostas

  1. Não consigo entender o por que desse ódio por empresas.

    Tudo que é privado é bobão e malvado… é dos malvados captalistas.

    Enquanto nossas praças ficam jogadas, empresas bancam reformas em outras areas, gastam milhares, as vezes milhões de reais pra reformar e colocar algumas propagandas, e vem o outro falar que isso é privatizar, que vão construir um arranha céu de 5 andares na praça
    hsahuashuahushuahuas…
    Meu deus..

    Curtir

  2. Que obras privadas da Copa do Mundo????? Para de viajar!!!!

    Curtir

  3. Se o setor privado cuida melhor é sinal que os incentivos fiscais serão aplicados no cuidado do espaço público, afinal a publicidade é um grande negócio, é só verificar o que fez a Pref. Mun. POA com referência ao Parque da Redenção e o Largo Glênio Lemos, em que até hoje não se sabe qual foi o retorno das empresas privadas nesta negociata, em que a Pref. passou para o ente privado o espaço público.

    O que teria feito a Pref. com a arrecadação de impostos do cidadão que paga impostos, talvez direcionado para as obras privadas da Copa do Mundo.

    O perigo será em breve a privatização total destas áreas públicas para o ente privado, como fizeram com o Caís do Porto.

    Depois da privatização de grande patrimônio público deste país, chegou o momento da privatização dos espaços públicos para o ente privado, um grande negócio entre amigos.

    Curtir

    • Muito pior que a privatização de áreas públicas ou do patrimônio público é a estatização de áreas privadas e de patrimônios particulares, que trazem ineficiência, desequilíbrios, crise e decadência.

      Curtir

  4. O setor privado não tem funcionários com estabilidade. Os funcionários públicos podem reclamar, mas eu trabalho numa multinacional e tenho que ralar para não ficar abaixo da linha de corte quando chegam as crises. Ralar significa aprender mais e produzir mais do que o que me pedem.

    A causa do problemas aparentes está nas coisas menos aparentes, que soam estranho quando a gente fala mas que deixamos passar batido.

    Curtir

  5. Deve ter sido na administração Raul Pont. Tenho calafrios em pensar que esse ogro pode ser Prefeito novamente. O povo é burro…

    Curtir

  6. Foda é que as vezes a prefeitura manda pra longe esse apoio do setor privado.

    Meu pai nos anos 90 ajudava a cuidar dumas plantas que tinha no meio da Benjamin, ele pagava pra fazerem isso… só que ele colocou uma propaganda, mas bem discreta nos vasos em frente a loja…
    Bom, a prefeitura praticamente quebrou os vazos….
    Meu pai ainda assim ajudou a manter as plantas, sem nem fazer propaganda nem nada, só cuidar, recebem uma carta com ameaça de multa.
    Isso nos anos 90, hoje pode ser que tenha mudado.

    Curtir

  7. Setor público deixou de verdadeiramente servir à sociedade há tempos. É só interesse político. No setor privado, o interesse é lucro limpo, que serve à sociedade.

    Curtir

    • O setor público brasileiro, há algum tempo, virou o setor dos corporativismos. Vive só para atender as demandas dos funcionários públicos.

      Curtir

  8. Sem falar nas várias avenidas duplicadas por incentivo privado.

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: