Prédios de 14 andares do Pontal do Estaleiro X prédios de 24 andares do BarraShoppingSul

Vejam este comentário de um leitor do Jornal Zero Hora, do dia 8 de novembro de 2011:

Isto significa DESINFORMAÇÃO ? INGENUIDADE ? PENSAMENTO RETRÓGRADO ? OU OS 3 JUNTOS ?

O exemplo acima citado é do típico cidadão que, possivelmente,  foi votar no plebiscito sobre o Pontal do Estaleiro sem saber o que estava aprovando ou não. Simplesmente “achava” alguma coisa e foi votar. 

“ESPIGÕES” DO PONTAL: 14 ANDARES, 60 METROS DA ORLA….
PROTESTO, PROTESTO E MAIS PROTESTO

“ESPIGÕES” DO BARRASHOPPINGSUL: 24 ANDARES, 150 METROS DA ORLA…
PAZ, PAZ E MAIS PAZ 

A pergunta que não quer calar:

O que aconteceu com os ecologistas de plantão ?

Projeto aprovado no Governo do PT não gera polêmica ?

________________________

Obs.: o projeto do BarraShoppingSul, originalmente denominado Cristal Shopping, juntamente com todo o seu complexo de 4 (quatro) prédios com 24 andares, foi aprovado há cerca de 12 anos, durante a Gestão do Sr. Raul Pont (PT) na Prefeitura.

Ideia do post: Gerson Ibias – “correspondente” do Blog Porto Imagem em Londres, Reino Unido.



Categorias:Arquitetura | Urbanismo, Arranha Céus, Pontal do Estaleiro, Prédios, Shopping Centers

Tags:, , ,

69 respostas

  1. Julião, poluição do Guaiba depende de saneamento básico da Corsan, que é monopólio, e educação do povo para não colocar lixo no rio, mas as prefeituras tem que reciclar 100 % o lixo recolhido.

    Curtir

    • Exatamente, e para a Prefeitura fazer isso precisa de dinheiro, que vem de desenvolvimento e incentivo a investimentos;não de restrições ideológicas.

      Curtir

  2. 1º – O plebiscito de POA foi o mais ridículo da história: SIM para espigão residencial e NÃO para espigão residencial e comercial. Foi só para dar um ar de democratização em uma escolha que já estava feita. É normal que as pessoas não entendessem do que se tratava.
    2º O questionamento do leitor é pertinente: de que adianta tanta polêmica em torno da área do Estaleiro se a 200 metros vão contruir mais 4 espigões?
    3º Pra que o politizar esse assunto? só gera polêmica e confusão, quando na verdade deveríamos estar discuntindo em parâmetros biológicos, arquitetônicos, climáticos…

    Curtir

  3. E não me venha falar em barreiras de concreto, por exemplo o Pontal do Estaleiro ficaria entre um morro e o lago, não há nenhuma residência atrás dele, portanto ninguém seria prejudicado por não receber sol ou vento. Se fosse assim, o Rio de Janeiro deveria implodir o Corcovado, pois este barra os ventos para a Zona Norte da cidade.

    Curtir

  4. Digo..”. Tudo indica que esse numero aumentou, pelo que vemos no dia-a-dia…”

    Curtir

  5. J.B. Esse o discurso difundido para encobrir o descaso e inconpetencia do serviço social da PMPOA. A muito tempo ( em torno, de 6 anos), foi constatado por estudos da UFRGS, mais de 3 mil moradores de rua na capital. Tudo indica que esse numero aumentou, pelo que constatamos no dia-a-dia…

    Se todos os moradores de rua fossem recolhidos aos abrigos, que tem no máximo 350 vagas, não teria como acomoda-los. E essas pessoas, precisam mais que isso. è um trabalho complexo e cuidadoso para recuperar e integrar essa pessoas socialmente.

    Agora mesmo passei pela Borges do lado da Prefeitura e tinha um morador de rua, bastante sujo e fedorento, passou algumas autoridades municipais “engravatadas” e pressionaram de forma agressiva, simplesmente, para que saisse dali. O que pensar disso??

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: