Telefone 156 recebe 85 chamadas diárias por vandalismo

Serviço funciona diariamente, inclusive sábados, domingos e feriados Foto: Luciano Lanes / PMPA

Um levantamento realizado pela coordenação do 156 Fala Porto Alegre, relativo às denúncias do Disque-Pichação (vandalismo, depredação do patrimônio público e pichações), revelam os dados de atendimentos do serviço na cidade. Os números são relativos ao período de 245 dias, anteriores ao dia último dia 21.

A Central de Atendimento do 156 atendeu 20.985 chamadas no período citado, sendo que as ligações foram originadas via 156 na opção 3, que corresponde ao número 153. Segundo o coordenador do Fala Porto Alegre, Marcelo Costa, a média de ligações diárias para o Disque-Pichação é de 85.

A unificação dos números das seis primeiras centrais da prefeitura ocorreu em março. Com a medida o sistema consegue captar a totalidade das ligações por demandas dos cidadãos. Com o novo sistema a chamada é transferida para a central adequada ao atendimento imediato da demanda.

Como funciona – O Fala Porto Alegre, além de circular a informação, receber a demanda do cidadão e encaminhar os serviços às secretarias, faz a leitura da quantificação e qualificação do serviço prestado. Mapas de situação e temáticos são gerados para avaliar aonde os serviços não estão correspondendo, ou estão com uma fila de espera grande. A intenção é ajustar as equipes de atendimento das secretarias para agilizar o serviço e adequá-lo às necessidades da cidade. Cada secretário recebe o monitoramento dos serviços de sua área, diariamente, para acompanhar o tempo de resposta e fazer os ajustes necessários.

O 156 atende diariamente até 23h, inclusive sábados, domingos e feriados. Para serviços como trânsito, abastecimento de água, esgoto sanitário e denúncias de vandalismo, o atendimento será nas 24 horas do dia. Para menus diferenciados como informações turísticas e Linha Turismo será das 8h às 22h e, para tributos municipais, das 9h às 17h.

Seis centrais de atendimento integradas ao 156

*Demandas que sempre foram do 156 – poda de árvores, buracos em ruas, iluminação, boca de lobo.

*Do 118 – EPTC – para questões de trânsito e transporte

*Do 115 – Dmae – para água e esgotos sanitário

*Do 153 – Segurança Urbana – denúncias de vandalismo e depredações

*Do 3289 1550 – Loja da Fazenda – para tributos municipais

*Do 0800-51-7686 – Turismo – para informações turísticas e agendamento do Linha Turismo

Prefeitura



Categorias:vandalismo

Tags:, , ,

%d blogueiros gostam disto: