9 respostas

  1. O tempo passou, e o AEROMOVEL funciona com sucesso, com 150 lugares por viagem. Inaugura agora em novembro de 2013 o segundo veículo com capacidade para 300 lugares. Que outras cidades vão utilizar, parabens para Porto Alegre.

    Curtir

  2. Achei interessante e até cauteloso do Ministerio das Cidades e dos Transportes da época de buscarem viabilizar o aeromóvel através de uma certa “modernização” ou “adequadação” ao contexto atual ao construirem o convênio com a PUC e UFRGS…

    Com isto, conseguiram efetivar o projeto do aeromovel no aeroporto como forma suplementar ao transporte de massa via metrô. Que parece ter sido bem sucedido…espero que expandam para vários locais da cidade!!

    Curtir

  3. Ander, as pessoas que criticavam o aeromóvel do aeroporto nao criticavam ele (meio de locomoçao) e, sim, aquele uso pontual, que sequer interligará o terminal 2 ao trensurb e ao outro terminal. Questionavam o alto investimento para aquela linha capenga e inclusive sugeriam outras linhas mais viáveis para ele. Tu estás deturpando as coisas, basta dares um search nos arquivos do blog.

    Curtir

    • Não estou deturpando. Não preciso dar search. Eu era moderador do blog e inclusive deletei muitos comentários ofensivos.
      Existiam sim pessoas que criticavam o valor empregado no projeto. Mas muitos e lembro de uma pessoa em especial, detonavam o projeto em si. Usava muito esse argumento do valor empregado para o tamanho da linha, mas o que ele detonava mesmo era a linha. Mas quem disse que a linha precisa ser gigante?
      O Aeromóvel vai ser ocmo o Catamarã. Quando começar, não ser um sucesso maior do que o previsto. E eu vou voltar aqui pra falar a mesma coisa, que lembrei das mesmas pessoas.
      Espero que tu volte também pra chamar a linha de capenga novamente.

      Curtir

      • Assino embaixo do que o Anderson falou. É exatamente isso. E não precisamos citar nomes, todo mundo sabe quem falava da linha. A pessoa não comenta mais atualmente.

        Curtir

      • Olha, Ander. Se é do Augusto que tu falas, até pode ser, mas tinha MUITA gente que criticava o valor alto para a implantação DAQUELA linha, que sequer atenderia(á) a todos os terminais do aeroporto. Depois disso inclusive se chegou a noticiar que fariam um novo estudo para a adequação da linha e a inclusão do terminal 2 no trajeto, o que gerou medo de novos atrasos, mas nunca mais se falou nisso e pelo jeito o projeto original permanecerá intacto (e incompleto, excluindo o terminal 2, que veio para ficar). Ninguém disse que a linha precisava ser gigante, apenas que ela era incompleta (e pra falar a verdade, mesmo que fosse completa, incluindo o terminal 2, o uso dela será tópico, pois os porto-alegrenses teriam que se abarrotar no trensurb lotado antes-depois com as malas, não se trata de um trem de alta velocidade expresso exclusivo do aeroporto interligado ao aeromóvel e, sim, do velho e lotado trensurb, pouco convidativo para quem está cheio de malas). Tu podes ver que MUITOS que foram contrários àquela linha, foram defensores do aeromóvel em outras partes da cidade, variando apenas os lugares conforme as opiniões pessoais de cada um.
        Enquanto a linha do aeromóvel do aeroporto não incluir o terminal 2 no seu trajeto e também não o integrar ao terminal 1, continuarei chamando-a de capenga sim, Ander, pois é incompleta.

        Curtir

  4. Quando li a notícia pensei exatamente o mesmo, Anderson Vaz…

    Curtir

  5. O aeromovel passando pela orla do guaiba ,isso sim vai ser muito legal.

    Curtir

  6. Eu só consigo lembrar nessa hora dos chatos que frequentavam o blog há um tempo atrás quando saiu a linha do aeroporto e só sabiam detonar, chamando de “linha de brinquedo” e coisas do tipo.
    E eu e outras pessoas que viam o trecho do aeroporto como algo altamente positivo salientávamos que o melhor de tudo na linha do aeroporto, era que isso significava que enfim o aeromóvel tinha dado certo em Porto Alegre e que isso iria inspirar as pessoas responsáveis para que em outros trechos da cidade isso também viesse a acontecer. Mas não, continuavam com aquele papinho baixo-astral, que depois de tanto tempo era esses miseros 900 metros de linha, blablabla…

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s