Urbanistas de todo o mundo ficam incrédulos com o descaso de Porto Alegre com sua orla

Importante: este post é repetição de matéria publicada no dia 11 de outubro de 2008, aqui no Blog. Vejam que nada mudou. E como o Blog, em 2008, era bem menos acessado do que agora, resolvi postar novamente.

__________________

Orla de Porto Alegre. Sem nenhum investimento.

Veja o que disseram alguns dos palestrantes do fórum Porto Alegre, Uma Visão de Futuro, promovido pela Câmara Municipal em meados do ano [2008].

O urbanista espanhol Jordi Borja foi responsável pelas transformações na orla de Barcelona no período que antecedeu as Olimpíadas de 1992.

Jordi destacou que a orla tem um potencial extraordinário a ser explorado:

– Porto Alegre, pelo que vi, não oferece uma imagem muito atrativa. Então, uma grande oportunidade é melhorar o urbanismo da cidade, dos espaços públicos. O porto é uma grande oportunidade. Se fala muito no turismo, mas o mais importante é o atrativo para os próprios moradores. É uma questão de justiça social – disse o espanhol.

O arquiteto americano Charles Duff  afirma que  para que uma cidade seja mais atrativa no futuro, os administradores públicos de Porto Alegre precisam tornar o ambiente urbano em um loca l atrativo para seus moradores. “Caso contrário, os habitantes abandonarão os grandes centros rumo à qualidade de vida em outro lugar”,

Ao elogiar o potencial da orla do lago Guaíba, Duff reiterou a necessidade de se construir no local, estabelecimentos comerciais, ciclovias e parques públicos. “Desta forma, a orla além de virar um atrativo turístico,  gerará crescimento sustentável a Porto Alegre”

Conforme o palestrante, uma orla revitalizada pode ajudar e seria capaz de competir com a área do bairro Moinhos de Vento em termos de restaurantes e cafés. “As áreas das cercanias de uma orla desenvolvida se tornariam gradualmente mais atrativas”, frisou.

 José Paulo Mateus, Arquiteto português e Professor da Universidade Internacional da Catalunha, de Barcelona (Espanha), e fundador da Trienal de Arquitetura de Lisboa, visitou Porto Alegre e ficou impressionado com a cidade.

Ele acredita que a Capital tem beleza “espantosa” e pode atrair visitantes de fora – se souber aproveitar o potencial do Guaíba.

Para ele, o recém-inaugurado edifício da Fundação Iberê Camargo vai gerar uma peregrinação de arquitetos à cidade. Leia a entrevista:

– Qual foi a sua impressão sobre os potenciais de Porto Alegre?

José Mateus – Há cidades onde nós, passado um dia, não conseguimos identificar aspectos fortes que possam ser utilizados para reforçar a identidade e a capacidade de atrair pessoas. Mas aqui achei aspectos muito interessantes e fortes, como a topografia e a arborização. Um dele é a presença do Guaíba, que tem uma beleza, uma configuração e um potencial incríveis.

O Guaíba deveria ser o enfoque de qualquer plano para a cidade. Ele é espantoso.

Não sei se a gente de Porto Alegre consegue ter consciência disso, mas para quem vem de fora é algo notável.

– Esse potencial está sendo mal aproveitado?

Mateus – Há cidades onde chegamos e percebemos que a vida é atraída para um lugar.    Estive em Pisa, na Itália, há pouco tempo, e a vida flui em direção ao rio, que é um rio bastante modesto, mas que atravessa o Centro. À noite, as pessoas todas se aglomeram ali.

Aqui, a sensação que eu tive ao circular de automóvel ao longo da orla ribeirinha era de que não havia uma presença de atividade humana, de funções e de dinamismo que tirasse partido do rio.

Deveria haver uma ligação entre esse espelho extraordinário de água e a cidade, produzindopontos de atração, fluxos de ciclovias, equipamentos culturais, equipamentos lúdicos, etc.

Eu circulei e vi imensa vida pela rua afora. Mas vi que era uma área decadente.

– Porto Alegre tem potencial turístico?

Mateus – Quanto mais a cidade tiver pontos de atração como o rio, mais atraente se torna para quem vem do Exterior.  Porto Alegre tem uma beleza extraordinária da zona ribeirinha que pode aproveitar. E agora tem o Iberê. Acho que vai haver uma peregrinação de arquitetos e depois de muita gente a Porto Alegre. Será um efeito Bilbao (cidade espanhola que passou a atrair visitantes depois de inaugurar um museu de arquitetura arrojada). Com a diferença de que Bilbao é feia. Cheguei aqui e fiquei surpreendido: esta cidade tem imenso potencial !

 



Categorias:ORLA

Tags:, ,

13 respostas

  1. Rosane
    Nòs Brasileiros não sabemos cobrar aquilo que pagamos,por isso perdemos para os que
    conseguem surupiar quantias que poderiam ser usadas não somente para revitalizar a cidade como tambem para educar aqueles que tem o direito de usufruir seus beneficios.
    Porto Alegre necessita que seus moradores a conheçam primeiramentes para assim estarem preparados para receber os seus visitantes.
    Só teremos ums cidade ideal quando o poder público e privado puderem trabalhar juntos e com honestidade.

    Curtir

  2. O problema é que:
    1. Dependemos do dinheiro da Corte, digo, do dinheiro da União para tocarmos qualquer obra tanto na cidade quanto no Estado.

    2. Não há qualquer planejamento de longo prazo para Poa. A cidade simplesmente não sabe onde quer chegar. (nem o RS e nem o Brasil)

    3. A organização de ambientalistas, maconheiros, estudantes e outros militantes que em defesa do partido esquecem-se da cidade. Que mal há em entregar a exploração à iniciativa privada? Nenhum.

    4. Os governos PT simplesmente destruíram a educação do RS e agora do Brasil, tanto a formal quanto aquela que aprendemos com nossos pais. Assim, aumenta-se o número de vândalos, desocupados e preguiçosos que são facilmente influenciáveis por slogans de “inclusão social”

    Mas parece que as coisas estão melhorando. Pelo menos projetos estão sendo ao menos estudados… Uma fagulha de esperança em termos uma cidade realmente digna de sua beleza natural ainda resiste.

    Curtir

  3. Orla do Guaíba = Orla-fantasma

    Não temos nem quiosques na orla, em dias quentes como estes as pessoas não tem nenhum lugar pra sentar e tomar um chopp. É óbvio que todos irão para os shoppings.

    A vista é muito bonita, não há dúvida. Mas pensem comigo: a pessoa vai lá, olha o pôr-do-sol, tira uma foto e vai embora, pois não há nada mais para se fazer. Não há quiosque, não há bar, não há bancos, não há calçadão, não há ciclovia.

    Escritórios, residências, hotéis, uma universidade, livrarias, jardins planejados, já dariam vida a este lugar que deveria ser ponto de encontro de todo porto-alegrense.

    Curtir

  4. Tenho certeza que a orla seria de primeiro mundo se os grupos privados tivessem construido alguns prédios nela.

    Te garanto, isso que fizeram foi acabar com a orla, que não tem VIDA.

    Quer dizer, tem uns viciados em crack, mas eu ñão considero isso uma vida..
    haha

    Curtir

  5. Alipio, quem recuperou parte de um grande aterro abandonado desde o último governo municipal do PDT ( COLLARES) e da direita “tradicional” que queria simplesmente entregá-lo a alguns grupos privados, entre eles o MAIOJAMA & CIA, foi o governo do PT..
    Ao longo de varios anos e verbas exclusivas do municipio , o fêz: desfavelizando ( e reassentando parte das populações pobres que estavam em arroios e beira-rio), colocando equipamentos urbanos em sua extensão, fez o calçadão de Ipanema, começou os projetos de despoluição da cidade entre outras coisas.

    Posso ter algumas criticas a essa administração (Adm Popular) em casos pontuais, mas tenho boa memoria e acho um absurdo não citar FATOS CONCRETOS e postiivos que ocorrerram em torno da cidade.

    Curtir

  6. “Cheguei aqui e fiquei surpreendido: esta cidade tem imenso potencial !”

    Tinha né… em 2008 a cidade ainda era relativamente limpinha… agora está entregue aos pichadores que saíram do Partenon para vandalizar todas outras áreas.

    Curtir

  7. Bom, no 1o momento que uma autoridade resolver fazer algo, vao vir os tais “defensores da humanidade/ambiente” abracarem os maricas, traficantes e corujas buraqueiras na orla.
    A cidade esta refem desses lunaticos e hipocritas!

    Curtir

  8. O problema é que não se exige dos prefeitos ou candidatos ao cargo uma atenção para com o rio, eu só ouso promessas de melhoria da saude ,educação segurança,(que só ficam tbm na promessa),e nada de alguem se dedicar a falar do nosso rio,acho todos esses assuntos de muita importancia ,mas gostaria que o rio tbm fosse lembrado.pois ele ajudaria muito a nossa cidade a ter uma qualidade de vida melhor,para quem mora aqui e um local para visitação dos visitantes.Estamos perto de mais uma eleição municipal vamos cobrar dos candidatos a prefeito uma atitude para com o Guaiba.E vereadores tbm.

    Curtir

  9. Quem pode esclarecer o porquê da orla estar abondanada é o Partido dos Trabalhadores, que durante 16 anos governou Porto Alegre e não mexeu um dedo para melhorar o local.
    Eu não moro em Porto Alegre, mas vou seguidamente e acompanho o descaso.

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: