Obras congestionam o Centro de Porto Alegre

EPTC justificou que trabalho só poderia ser feito no sábado Crédito: MAURO SCHAEFER

Motoristas enfrentaram trânsito parado em função de obras na Mauá

Motoristas que pretendiam aproveitar o sábado sem os congestionamentos da semana em Porto Alegre tiveram uma surpresa desagradável. Foi preciso ter paciência para circular pela área central da Capital em função das obras de recapeamento da avenida Mauá. Quem chegava à Capital pela avenida Castelo Branco precisou esperar, pois todo o trânsito era desviado pela rua da Conceição com a interdição da avenida Mauá. Os trabalhos foram concluídos à noite.

O trânsito ficou congestionado nos dois sentidos da rua Conceição, próximo à Rodoviária. O trânsito lento atingiu as avenidas Voluntários da Pátria e Farrapos, que no sentido bairro-Centro apresentava problemas a partir da rua Ramiro Barcelos. Segundo o diretor de trânsito da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Carlos Pires, a intervenção não teria como ter sido feita em outro dia e horário. “Durante a semana é impossível. No período da noite, os engenheiros da Secretaria Municipal de Obras e Viação (Smov) não teriam como avaliar a qualidade do asfalto colocado”, explicou Carlos Pires.

“Os problemas registrados neste sábado foram semelhantes aos da semana passada. Procuramos alertar a população por meio de matérias para usar os caminhos alternativos. Como o tempo está agradável sabíamos que transtornos pontuais iriam ocorrer”, acrescentou o diretor de trânsito da EPTC.

No trecho entre as ruas Conceição e Chaves Barcelos, em uma área de aproximadamente 4 mil metros quadrados, são aplicados 160 metros cúbicos de asfalto tipo SMA (Stone Mastic Asphalt), que tem uma estrutura diferente do tradicional CBUQ (Concreto Betuminoso Usinado a Quente), com fibra de celulose e cimento asfáltico modificado por polímero, entre outros materiais agregados.

“Este tipo de massa asfáltica apresenta melhor desempenho e maior durabilidade, principalmente em locais de fluxo intenso de veículos. Nosso objetivo é diminuir as deformações, as chamadas trilhas de rodas, formações muito comuns em vias com trânsito pesado e canalizado”, explicou o titular da Smov, Cássio Trogildo. Pela primeira vez usado, o novo material se aprovado passará a ser utilizado nas demais obras de recapeamento do programa de Revitalização Asfáltica da Smov.

Correio do Povo



Categorias:Meios de Transporte / Trânsito

Tags:, , ,

3 respostas

  1. Em breve João: Cais Mauá e Aeromóvel.

    Curtir

    • A esquerdalha ficou dificultando o projeto do Cais Mauá por tanto tempo e agora reclamam que não tem “obra para as pessoas”.

      Curtir

  2. Quando teremos uma obra para as pessoas, e não para os carros?

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: