Olha o nível

Olha, eu estou já um pouco cansado do amadorismo e do baixíssimo nível que todas as intervenções urbanísticas são feitas nessa cidade.  Hoje estava passando pelo novo estacionamento na frente do chalé e eu fiquei pensando: esses caras nunca abriram um livro de arquitetura, nunca visitaram sites de urbanismo, nunca estiveram sequer uma vez fora do país? Bom, abaixo o que poderia ter sido feito no lugar, numa rápida montagem, considerando-se manter o estacionameto (que sou contra).  Vejam o detalhe no circulo: o asfalto é de Calcutá, mas MESMO COM A REFORMA ELE FICOU DO MESMO JEITO.

Estou cansando.

 

Clique para ampliar.



Categorias:Outros assuntos

23 respostas

  1. Na minha modesta opinião, Porto Alegre, deveria esquecer as pedras portuguêsas, porque não existe nessa cidade quem saiba fazer a colocação como tem que ser feita, na areia. Colocam as pedras no cimento onde já se viu isso. Outra coisa, este estacionamento na Praça XV não deveria existir. Que mania de estacionamento, quem tem carro que ponha em garagens, que pague. Caso não possa pagar estacionamento que ande de ônibus. Meu Deus do céu que coisa horrivel que ficou a praçaz XV, e o Largo Glênio Peres é outro horror. Que tristeza sem fim.

    Curtir

    • Juliana, nas minhas montagens eu uso a pedra portuguesa porque é uma imagem que eu já tenho no meu computador e ela se encaixa perfeitamente em qualquer montagem. Não sou particularmente fã ou defensor da pedra portuguesa, apesar de achá-la linda. Só uso-a sempre pela facilidade nas montagens fotográficas: pode ser qualquer tipo DECENTE de pavimentação.

      Curtir

  2. No mesmo nível de educação e cultura de nossa população, que a cada dia diminui mais e mais…

    Curtir

  3. Porto Alegre e’ TRI.ste.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: