BR-101: obras de ponte em Laguna devem começar até março

Ponte com extensão de 2,8 quilômetros receberá investimento de quase R$ 600 milhões DNIT/DIVULGAÇÃO/JC

Travessia de 2,8 quilômetros terá um vão central com 400 metros

As obras da maior estrutura individual da etapa catarinense de duplicação da rodovia BR-101 devem começar no primeiro trimestre do ano que vem. Se tudo ocorrer dentro do previsto, a ponte de Laguna, sobre a lagoa de Cabeçuda, deverá estar concluída em três anos.

A estrutura de 2,8 quilômetros de extensão será construída pela Camargo Corrêa, que venceu a licitação. A obra completa está orçada em R$ 597.190.345, 20. “Para os trabalhos começarem, faltam, basicamente, os licenciamentos ambientais, que devem sair até o final do ano”, afirma o superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) em Santa Catarina, João José dos Santos. Conforme ele, também há um questionamento do Tribunal de Contas da União (TCU), sobre os valores da construção. “O TCU solicitou 30 dias para que o Dnit e a Camargo Corrêa apresentem justificativas e, provavelmente, irá liberar”, diz Santos.

A ponte, com largura total de 25,3 metros, com duas pistas mais acostamento para cada sentido de tráfego, será do modelo estaiado, em seus 400 metros de vão central. Ou seja, ela será suspensa por 60 cabos de aço.

As fundações da estrutura contarão com estacas encravadas no fundo da lagoa em uma profundidade de até 65m (equivalente a um prédio de 21 andares). Para a construção da ponte, será preciso o apoio de balsas para a disponibilização de equipamentos, como um guindaste, para o estaqueamento. Serão utilizados 2,5 mil toneladas de aço e 65 mil toneladas de concreto na construção.

Conforme o superintendente, o modelo de ponte estaiada foi escolhido para que fosse possível a navegação por sob a estrutura. A nova ponte irá substituir a estrutura atual, que compreende metade da extensão da lagoa, sendo completada, na outra metade, por um aterro.

Dos licenciamentos ambientais, o prévio da obra, que permitiu a licitação, já existe. O licenciamento da instalação, que possibilitará o início da obra, é o que deve sair até o fim deste ano. “Ao mesmo tempo, na Fundação do Meio Ambiente de Laguna está para sair o licenciamento da parte do canal de dragagem. Saindo o licenciamento de instalação, no ano que vem, tendo os recursos, a obra começa”, afirma Santos.

Juliano Tatsch – Jornal do Comércio



Categorias:BR-101, Meios de Transporte / Trânsito

Tags:, ,

10 respostas

  1. destas 600 milhas os politicos vão botar + da metade na cuéca! detalhe, em bem menos de 3 anos.(é, esta é a quadrilha de brasilia imaginem se fose de fuca).

    Curtir

  2. Realmente, temos que chamar os chineses, pq isto que fazem conosco, não tem explicação!

    Curtir

  3. 600 milhões??? Tem que fazer 3 pistas na ida e na frida e mais acostamento, o número de veículos no Brasil vai triplicar.

    Curtir

  4. Até que enfim, aquela ponte que existe atualmente dá medo de passar sobre.

    Curtir

  5. Antes tarde do que nunca! A viagem pela BR 101 até Jaguaruna segue tranquila; a partir daí é um inferno. Mas, parece, as licenças ambientais em Santa Catarina saem mais rapidamente, há maior agilidade. De qualquer maneira, embora o atraso, é uma ótima notícia.

    Curtir

  6. faz parte, ja acostumei, ir pra Floripa sem ter aquela tranncadinha basica antes das pontes não é ir pra Floripa.
    sahusahuashuas

    Curtir

  7. Temos que chamar os chineses para construir a nova ponte, em seis meses estaríamos transitando sobre ela.

    Curtir

  8. Começará tarde. Fato.

    Curtir

  9. A dúvida real é por que a nossa ponte é tão feia e cara em relação a esta.

    Curtir

  10. Mais três anos?

    Fora os novos atrasos… Que eficiência!

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: