Torres comerciais de alto luxo à vista no Porto do Rio

Multinacional conhecida por grandes investimentos fechou acordo para construir imóveis de padrão internacional

Rio – O Porto do Rio vai ganhar torres comerciais de nível ‘triple A’ — empreendimento de luxo de padrão internacional —, raro na cidade. Nesta segunda-feira, a Caixa Econômica Federal fechou acordo com a multinacional Tishman Speyer para a construção. A empresa de investimento de fundo imobiliário é conhecida por grandes obras, como o Rockefeller Center e o Hearst Tower, em Nova York (EUA).

“Serão escritórios de alto padrão. Ainda não definimos o início das obras, mas há expectativa para as Olimpíadas”, afirmou o presidente da Tishman Speyer no Brasil, Daniel Cherman.

Projeto do estado prevê outras três torres na Rodoviária Novo Rio | Foto: Divulgação

Na Zona Portuária do Rio, também deverão ser erguidas pelo menos mais três torres, planejadas pelo estado, sobre a Rodoviária Novo Rio.

No seleto grupo de arquitetos da Tishman Speyer, está o inglês Norman Foster, que assina o Parlamento alemão e o Aeroporto Internacional de Pequim, na China. Para o presidente da Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto, Jorge Arraes, a negociação com a Tishman Speyer foi um marco: “A empresa é internacional e com capacidade de investimento. Vai ancorar e atrair outros empreendimentos”.

Valor em sigilo

Para construir no Porto, a multinacional comprou da Caixa Econômica Certificados de Potencial Adicional (Cepacs), que dão direito de novas construções na região.Não foram informados valores e a área negociada.

O Fundo de Investimento Imobiliário Porto Maravilha, da Caixa, detinha todos os 6,4 milhões Cepacs arrematados da prefeitura em um só lote por R$ 3,5 bilhões. A expectativa é a CEF repasse R$ 8 bilhões à Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto, ao longo de 15 anos, para financiar obras na região.

O DIA ONLINE – POR CHRISTINA NASCIMENTO



Categorias:Arranha Céus, Prédios

Tags:, ,

17 respostas

  1. Opa, comentei no post errado, se derem apagar aí eu agradeço.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: