Pular para o conteúdo

Aeromóvel pode ligar Centro à Zona Sul

16/12/2011

Um termo de cooperação, entre a Prefeitura de Porto Alegre e a Trensurb, será assinado na próxima segunda-feira, 19, às 8h30, para estudar a possibilidade de criação de uma linha do Aeromóvel do Centro para a zona sul da Capital. De acordo com estudos preliminares, a linha teria aproximadamente 7,2 km, da Usina do Gasômetro ao Jockey Club, bairro Cristal. A assinatura acontece na sede da Sociedade de Engenharia, Av. Cel. Marcos 163, Pedra Redonda, com a presença do prefeito José Fortunati; do diretor-presidente da Trensurb; Humberto Kasper, do diretor-presidente da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Vanderlei Cappellari, entre outras autoridades.

O estudo inicial aponta a construção de 12 estações, localizadas na extensão das seguintes vias: Presidente João Goulart, Loureiro da Silva, Augusto de Carvalho, Edvaldo Pereira Paiva e Diário de Notícias, junto ao Guaíba. Haveria a necessidade de duas elevadas, uma para cada sentido de deslocamento. O investimento seria viabilizado através de uma Parceria Público Privada (PPP), com exploração do serviço por um determinado tempo, através de concorrência pública.

Prefeitura

About these ads
6 Comentários leave one →
  1. Alexandre Link Permanente
    16/12/2011 10:45

    Tomara que esse projeto siga adiante.

  2. Geovane A. Link Permanente
    16/12/2011 11:20

    Por que a partir da Usina do Gasômetro e não da futura estação do metro?

    • Alexandre Link Permanente
      16/12/2011 11:24

      Pois é, essa proposta apresentada nesse post, é uma delas, a outra que achei mais legal, vai da estação mercado do trensurb, passa pela Mauá, utiliza os trilhos ja existentes na frente do gazometro, segue ele, e vai pela borges ate o inter, isso até 2014 (jura), e apos, a copa, segue pela padre cacique, ate o jockey, ou seja, qual deles vingará? plano A, plano B, ou o C, que vem a ser, ficar no papel????

  3. 16/12/2011 11:50

    Pois é, a partir do Gasômetro não faz sentido. Só se atolarem uma linha de ônibus lá, o que seria horrível. Faz mais sentido estar ligada à estação Mercado, assim como a estação do Catamarã.

  4. Paulo Roberto Link Permanente
    16/12/2011 12:17

    Por falar em Aeromóvel, que remete ao aeroporto e sua linha, uma coisa ma deixou triste esses dias. Chegando em Poa e partindo dela, especialmente chegando, podemos contemplar a bonita fachada do Terminal 1 e, saindo da ponte de embarque e ingressando nele, logo que se sai da ponte e antes de se chegar à escada rolante, cruza-se/passa-se por um imenso corredor com piso de mármore rosado brilhoso e todo envidraçado ao seu redor, podendo-se avistar de um lado a sala de embarque e de outro a cidade e o pátio de aeronave iluminados. É o corredor de acesso à pontes de embarque mais bonito do país, especialmente à noite e na sua chegada, quando se desembarca da aeronave e se adentra nele após deixar a ponte de embarque. Tanto esse corredor como a fachada do terminal voltada para o pátio irao desaparecer com a enjambraçao que o governo pretende fazer construindo um councurse emendado à frente do terminal e reformando a fachada e salas de embarque, conforme a segunda expansao do terminal 1 prevê. Esse mesmo governo dos puxadinhos certamente nao terá o esmero, cuidado e bom gosto de quem projetou e construiu o terminal 1, extremamente belo em seus materiais empregados. Economizar é ótimo, mas a economia do atual governo tem sido só no resultado e nao nos gastos. Além disso, se já se gastou e se fez um belíssimo terminal, para que destruí-lo parcialmente e avacalhá-lo. Essa é a marca do PT, sempre tentando reiventar a roda e dar uma maquiada nas coisas para depois renomeá-las e assim se adonar delas e chamar de suas, como se já nao existissem antes dele. Quem precisa de um novo concurse acoplado à ele à lá Congonhas e Santos Dumont é o velho Terminal 2, que merece uma inteira reforma, ampliaçao e face-lift, preservando-se apenas os painéis de Aldo Locatelli. O Terminal 1 tem que ser expandido para o lado e, nao, para a frente. As salas de embarque sao pequenas porque ele tem recebido quase o dobro da movimentaçao da capacidade para o qual foi concebido. A soluçao é ampliá-lo inteiramente para o lado e, nao, apenas ampliar as salas de embarque, o que, além de avacalhar o atual terminal, pois certamente as últimas obras aeroportuárias sao indicativas disso, nao só nao manterá o padrao como destruirá o bom padrao existente. Se está pequeno é porque está operando acima dobro da capacidade quase. A soluçao entao é duplicá-lo, fazendo um Terminal 3 ao lado do 1 ou expandindo o 1 para o lado, mas nao mexendo no atual 1, que é adequado para a capacidade para que foi concebido. Quando nao cabem mais elefantes num fusca a soluçao nao é fazer uma enjambraçao para enfiar mais e, sim, trocar por uma camionete ou comprar mais um fusca. Nosso aeroporto, certamente um dos mais bonitos do país, vai assim cada vez mais perdendo tal condiçao e se moldando ao novo padrao aeroportuário MOPista da Infraero.

    • Paulo Roberto Link Permanente
      16/12/2011 12:24

      Tal corredor é um tremendo, impactante e imponente cartao de visitas de Poa. Uma pena que vamos perdê-lo. Me sentia extremamente bem ao adentrá-lo, pois é outro nível, sabia que estava chegando em Poa. Uma pena que vamos em breve perder isso. A licitaçao tosca está a seguindo.

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 5.168 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: