Parceria garante projetos de obras para a Copa de 2014

O Prefeito José Fortunati recebeu nesta quarta-feira (21),no Paço Municipal, os projetos básicos das obras de infraestrutura da cidade para a Copa de 2014.

O material foi entregue durante reunião pelo presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs), Heitor José Müller(foto).

Ao todo, no documento entregue na tarde de hoje, constam 11 projetos para a qualificação da cidade que foram doados pela Fiergs, através do Centro das Indústrias do Rio Grande do Sul (Ciergs), conforme o Termo de Cooperação firmado entre a entidade e o município em 2009.

De acordo com Müller, no ato da execução poderá haver alguma alteração no projeto. Nesse caso, a empresa Mecta Engenharia, contratada pela entidade para elaborar os projetos, continuará prestando atendimento e encaminhando estudos complementares e necessários à prefeitura.

Fortunati agradeceu a parceria e o empenho da entidade, que contribui para agilizar os processos de licitação das obras. “A construção de uma cidade não depende de forma isolada do poder público nem da iniciativa privada. Este convênio é uma clara demonstração de uma parceria que pensa no melhor para a cidade”, destacou.

O próximo passo é a análise do material pela prefeitura. Depois, serão encaminhados para avaliação da Caixa Econômica Federal, órgão financiador dos investimentos. Em seguida, estes devem ser liberados para as licitações no primeiro semestre de 2012.

Obras

Os projetos básicos entregues abrangem a construção de três trincheiras cruzando a 3ª Perimetral nas avenidas Anita Garibaldi, Cristóvão Colombo e Ceará; a duplicação da avenida Edvaldo Pereira Paiva (Beira-Rio); a duplicação da avenida Tronco; o viaduto da Rodoviária; a duplicação da rua Voluntários da Pátria; e o corredor de ônibus (BRT) da avenida João Pessoa.

Jornal do Comércio



Categorias:COPA 2014

Tags:,

2 respostas

  1. OBRA: R. ANITA GARIBALDI – CARLOS GOMES

    Acredito que toda a comunidade da cidade tem que se envolver com esta situação, pois é uma obra que afetará indiretamente a todos!
    A informação do assassinato de aproximadamente 60 árvores, não confere com as afirmações de que a Copa seria verde. Tendo a sustentabilidade ambiental como prioridade para o Brasil.
    Muitas vezes vejo pessoas apoiando esta obra, mas quando faço alguns questionamentos, vejo que a pessoa não conhece nada sobre projeto e apenas acha que será bom para a melhoria do fluxo no trânsito.

    Por favor, se alguém tem real conhecimento deste projeto, me explique….

    A maioria dos carros que passam pela Anita Garibaldi, realizam conversão à esquerda sentido norte (aeroporto). Poucos seguem pela Carlos Gomes à direita e menos ainda ultrapassam a Carlos Gomes e prosseguem pela Anita.

    O maior fluxo que é o norte (sentido aeroporto) será desviado(passando por ruas secundárias- estreitas)???? Para posteriormente ter que retornar mais a frente, para seguir caminho??? As retenções irão permanecer ou AUMENTAR!!!!

    Afirmam que não haverão sinaleiras… É via rápida… Como a população da região irá transitar entre as calçadas, só irão se locomover de carro???

    Pouco se fala do projeto, só falam da obra. Mas acho que temos que nos informar melhor sobre tudo isso, antes de apoiar este projeto. Também sou adepta ao processo evolutivo do bairro. Mas acho que temos que encontrar outra solução ou uma melhor forma de adequar este projeto.

    Curtir

  2. Os interessados elaboraram os projetos conforme seus interesses, pergunta: será que os responsáveis que apresentaram os projetos compareceram para discutir o projeto da Av. Tronco com os moradores,estes que eles querem colocar nos cantos da cidade e valorizar a área com fins de especulação imobiliária.

    Será que o projeto da Av. Tronco foi apresentado aos moradores da área a ser desapropriada até este momento.

    Aliás, o projeto da Av. Tronco já foi apresentando anteriormente ao Pref. Mun. Fortunati e ao Grupo RBS e, agora dizem que estão prontos os projetos, estes sem a participação da comunidade.

    Os projetos deveriam ter sido elaborados por técnicos da Pref. Mun. da POA através dos órgãos competentes, mas como se constata o ente privado está no comando do Paço Municipal;.

    Muito estranho todo esse processo referente a Copa do Mundo.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: