Demhab reinicia a transferência da Vila Dique

“Não via a hora de vir para cá. Meus filhos estão muito felizes, pois lá não tinham espaço para brincar, havia muitos ratos e era perigoso por causa dos carros”, explicou Rosilanei Hamerski, sobre como estava se sentido ao chegar na nova casa. Ela, o marido, Jéferson Luís Chaves, e os dois filhos do casal foram transferidos da Vila Dique (avenida Dique) para o Conjunto Habitacional Porto Novo (avenida Bernardino Silveira Amorim, 1.915) na manhã desta segunda-feira, 26, pelo Departamento Municipal de Habitação (Demhab). (fotos)

Jéferson, que morava na vila há, no mínimo, 22 anos, comenta que sonhou com a mudança: ”Eu caminhava entre os becos quando, de repente, vi as casas sendo desmanchadas. Depois de três meses, começaram as transferências”. Logo após a retirada das famílias da vila, o Demhab inicia a demolição das casas para evitar invasões.

Neste primeiro dia de reinício das mudanças, 33 famílias já estão no loteamento, e a expectativa é que na quarta-feira, 28, esteja concluída mais essa etapa de transferências. Desde o início da remoção, em outubro de 2009, são 581 famílias residindo no conjunto habitacional situado atrás do Complexo Cultural do Porto Seco.

Prefeitura



Categorias:Outros assuntos

Tags:

7 respostas

  1. sou moradora da vila dique adorei oque vcs postaram muito legal .marivanenascimento

    Curtir

  2. Hoje passei na Vila Dique… Ela está praticamente toda demolida! \o/

    Curtir

  3. Eu lembro da época que começaram a construir o conjunto habitacional atrás do Porto Seco. Ainda prefiro blocões de apartamentos no lugar daqueles sobradinhos, pois demandaria um gasto menor e um uso mais racional do solo, mas até que aqueles sobrados são bem construídos…

    Curtir

    • perfeito, e predios desestimulam os puxadinhos.

      Curtir

      • Exatamente, essa era a principal motivação que me fazia ser a favor dos prédios. Se é para desfavelizar, é importante evitar ao máximo que se possibilite a refavelização…

        Curtir

  4. Creio que seja bom para todos, porque as condições daquela vila dique são terríveis. Eu sempre tinha medo quando passava por ali e via aquelas crianças correndo na rua, cheia de ônibus e caminhões passando.

    Curtir

  5. Que bom que esta sendo bom para algumas pessoas

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: