Mais ônibus, menos riscos no trânsito

Aumento da frota noturna reduziria número de motoristas alcoolizados

Entidades querem mais coletivos nas ruas, especialmente na madrugada Crédito: BRUNO ALENCASTRO

A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes do RS (Abrasel) acredita que a ampliação da frota noturna de coletivos na Capital é um fator que pode contribuir para a redução de motoristas que dirigem embriagados. Em novembro, a entidade chegou a pedir à Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) um aumento de linhas de coletivos no período da noite, por avaliar que mais opções de transporte podem diminuir o número de acidentes.

Além disso, a Abrasel defende que a ampliação da frota está vinculada à geração de empregos, já que a falta de transporte público após a meia-noite dificulta a volta para casa dos funcionários de bares e restaurantes. Em resposta à essa demanda, o diretor-presidente da EPTC, Vanderlei Cappellari, disse que foi criada a linha C4 Balada Segura, que transita nos principais pontos de concentração de bares e casas noturnas em Porto Alegre. “Em torno de 25% dos passageiros da linha são funcionários de casas noturnas. Estávamos deficientes nessa área”, admitiu.

Cappellari anuncia a ampliação das tabelas horárias das linhas C4 Balada Segura e do Madrugadão no Ano-Novo. “Temos muita preocupação em ofertar o transporte para quem usa à noite”, disse. Segundo ele, são esperadas cerca de 60 mil pessoas na virada do ano no Gasômetro e, para isso, haverá um incremento da frota. A EPTC também deve reforçar a fiscalização com o uso de radares móveis.

A presidente da Fundação Thiago Gonzaga, Diza Gonzaga, que perdeu o filho em um acidente de trânsito, vê no aumento do transporte coletivo uma solução para evitar que pessoas alcoolizadas dirijam, especialmente na noite de Ano-Novo. “Para desestimular o uso do carro, é preciso investir na qualidade do transporte e na oferta de horários. Não adianta ter ônibus de hora em hora. Eu acredito em uma mudança de comportamento”, disse. Segundo Diza, bebida e direção é “uma dupla de morte”. “Não é um passe de mágica. Os jovens são os que mais nos ouvem e os que mais estão abertos para a mudança”, destacou. Para ela, além da alternativa de transporte, é preciso mais fiscalização e infraestrutura. “Não adianta ter bafômetro, se temos falta de efetivo. Temos que investir pesado nisso e também nas rodovias, porque muitas ainda não estão duplicadas”, afirmou.

Correio do Povo



Categorias:Meios de Transporte / Trânsito

Tags:, , ,

4 respostas

  1. Em tempo: beneficiaria não apenas os foliões, festeiros, boêmios (o que quiserem chamar), mas também os trabalhadores dos estabelecimentos noturnos e de hospitais, indústrias, etc., atividades de natureza essencial que não param durante a noite.

    Curtir

  2. Achei bem louvável a iniciativa da Prefeitura em criar a linha C4 Balada Segura. Estou louco para dar uma volta nessa linha, assim que minha mulher deixar… hehehe.
    Mas ainda acho que faltam horários e linhas que atendam aos bairros mais distantes do Centro na madrugada. Pra Zona Sul só tem o madrugadão da Restinga, Serraria e Belém Novo; pra Zona Leste tem apenas o M76 da Carris e o madrugadão do Pinheiro; e pra Z. Norte há o madrugadão Sarandi, Baltazar e o M52 Protásio. Contando o C4, são apenas nove linhas operando durante toda a noite em Porto Alegre. Fora algumas linhas de lotação, que não são nem metade das 29 linhas atualmente operantes.

    Curtir

  3. Bem melhor ter a opção de pegar ônibus em certos horários, ao invés de ter que gastar absurdos com o táxi na bandeira 2.

    Curtir

  4. Concordo…

    Onibus com horario marcado em cada parada, bah, seria perfeito…

    Não precisa ser de 15 em 15 minutos, calcula uma media de tempo, na madrugada pode ser bem pontual, parte de determinada parada digamos que as 4 horas, para em outra parada la pelas 4:10, fica alguns minutos la e parte, vai para outra parada e para mais alguns minutos, e assim vai… pessoal vai saber os horarios, vai se organizar para pegar o onibus e ja era…

    Qualquer coisa, tira uma grana vendendo ceva dentro do bus tambem
    haha

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: