Carrefour dá o troco e Walmart fecha loja Nacional no Passo d’Areia

População da zona Norte foi surpreendida ao encontrar portão lacrado. Foto: MARCELO G. RIBEIRO/JC

Um dia é da caça outro do caçador. O ditado é antigo, mas continua atual para ilustrar a disputa de território que travam Carrefour e Walmart em Porto Alegre. Depois de resistir por um longo tempo à chegada do Carrefour ao Passo d’Areia, o Nacional da avenida Assis Brasil esquina com a rua Bezerra de Menezes, um dos pontos mais tradicionais do bairro, não resistiu e fechou as portas.

Em comunicado, o grupo Walmart informa que as atividades do Nacional foram encerradas naquele local por uma “decisão pontual” e que “reitera o seu compromisso de crescer no Estado, onde em 2011 foram investidos R$ 150 milhões na construção de sete novas lojas e gerados 700 empregos diretos”. A nota lembra que na Capital gaúcha o aporte destinado no ano passado foi de R$ 63,5 milhões, com geração de 200 novos postos de trabalho.

Localizado em imóvel alugado, na Assis Brasil, 1889, próximo ao viaduto Obirici, o ex-Nacional enfrentava a concorrência ferrenha do hipermercado Carrefour, quase vizinho à operação do Walmart. Berço da rede de supermercados que pertenceu à família do ex-vice-governador Paulo Afonso Feijó, o local já trabalhou sob as bandeiras Econômico e Exxtra Econômico, adquiridas no final da década de 1990 pelo grupo português Sonae, que no mesmo período incorporou também a rede Nacional. Posteriormente, todos os ativos do Sonae passaram ao controle do norte-americano Walmart, que ali manteve a loja Nacional até o último dia do ano passado, quando as operações foram encerradas sem prévio aviso.

A assessoria de comunicação do grupo informa que, por enquanto, não há confirmação de novos pontos da bandeira Nacional em Porto Alegre. O imóvel próximo ao viaduto Obirici já está em processo de negociação para entrega e, dos 90 funcionários da unidade, cerca de 80% foram realocados para outras lojas próximas, diz a assessoria.

A disputa territorial em Porto Alegre se acirrou entre as duas redes em 2009, quando o Carrefour instalou um lojão na avenida Sertório em frente ao Big (Walmart). Ali, a estratégia da rede francesa não deu certo, tanto que a direção do grupo fechou o estabelecimento e está transformando o local em Atacadão, uma de suas bandeiras. A convivência inamistosa entre as duas redes, no entanto, promete novos lances. O Walmart acaba de inaugurar junto ao Big Sertório um Sam’s Club, que se não é exatamente um modelo de negócio idêntico ao Atacadão, promete exercer uma concorrência direta com a proposta francesa.

Jornal do Comércio



Categorias:Outros assuntos

Tags:, , ,

12 respostas

  1. dizem que o nacional da panamericana vai fechar até metade do ano, hoje fui lá e pra minha surpresa não tinha coca cola, não tinha bisnaguinha, não tinha queijo lanche, os pães de sanduiche estavam todos vencidos, algumas gondolas de iogurte estavam vazias e até os ovos de pascoa estavam escassos em relação a outros lugares e epocas, não tinha atendimento na padaria e nem nos frios, fiquei um tempão esperando, presumo que isso seja só o inicio do fim
    bom já trabalhei lá e posso garantir que é um lugar horrivel, os superiores te tratam como um lixo, se faz de tudo e não se ganha nada enfim, tomara que ao menos abra um rissul, tipo o da cristovão colombo que é bem bom

    Curtir

  2. teu cu

    Curtir

  3. Pelos comentários que eu fiquei sabendo, este nacional fechou para dar lugar a uma igreja.
    Vamos ver o que vai acontecer no futuro para ver se de fato os “boatos” se concretizam.

    Curtir

    • Vai virar o Consulado Americano em Porto Alegre, que reabrirá depois de ter sido fechado em 1996. Deverá reabrir em 2014.

      Curtir

  4. Só numa cidade decadente e sem crescimento populacional para um supermercado super bem localizado como este fechar as portas. Com o fechamento vem o lixo, a mendigada suja e imunda, os assaltos aos pedrestes. Coitados dos taxitas com ponto nesta esquina…

    Curtir

  5. Não entendi a manchete “dá o troco ” ?

    Curtir

    • Dá o troco porque o carrefour fechou as portas na av sertório, em frente ao big (que é do walmart, mesmo grupo do nacional)

      Curtir

  6. Só vou em zaffari….

    Ou no Unisuper do lado de casa… mas muito raramente..
    shusahushuas

    Curtir

  7. A um boato que e esse Carrefour vizinho do Nacional também vai fechar e virar Atacadão.
    Quem tem loja no Carrefour Passo d” Areia foi perguntar para a direção e eles negam.
    O Nacional também negava e pegou o salão de Cabeleireiro que alugava lá de surpresa.

    Curtir

  8. Maravilha,

    Concorrência é fundamental para busca do aperfeiçoamento, seja de serviço, produto, instalações etc…

    Cabe salientar que apesar da concorrência, o atendimento das duas redes(carrefour e wall mart) é péssimo e não vejo manifestações de clientes insatisfeitos com o atendimento, justificando que preferem preço a atendimento.

    Porem ficar em filas intermináveis, com caixas mal preparados e pouquíssimos empacotadores não é nem o minimo de dignidade que se possa ter com o cliente.Ir ao mercado já não é uma tarefa prazerosa e alem de tudo ser mau atendido não da né!!!

    Acho que antes de ficarem somente brigando colocando uma loja na frente da outra, porque não melhoram o atendimento.

    Enquanto não melhoram, sigo fiel aos meus princípios e acredito que o melhor sim é quando economizamos comprando bem!!!

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: