Usina do Gasômetro voltará a receber público na quinta-feira

O sinal verde dos bombeiros completa a liberação do local, o que ocorre nesta sexta-feira. Foto: Gilberto Simon - Porto Imagem

O poder judiciário aprovou na tarde desta terça-feira (10), o fim da interdição da Usina do Gasômetro. O Corpo de Bombeiros havia aprovado na última sexta-feira, as adequações realizadas no Plano de Prevenção e Combate a Incêndios (PPCI) da Usina do Gasômetro, que data de 2009, mas somente hoje foi aprovada a medida judicial que garante a liberação do local.

Já na inspeção para liberação dos barracões das escolas de samba no Complexo Cultural do Porto Seco, que também havia sido lacrado pelo judiciário, os bombeiros pediram que fossem trocadas as placas de sinalização internas, que passarão a ser luminosas. O complexo, também foi liberado para os ajustes finais. Os outros itens do PPCI estão aprovados e os trabalhos de adequação por parte da Secretaria Municipal de Obras e Viação (Smov) devem estar prontos até quinta-feira, (12). O sinal verde dos bombeiros para a completa liberação do local pode ocorrer na sexta-feira (13).

O secretário Municipal da Cultura, Sergius Gonzaga, afirmou que a Usina do Gasômetro será limpa nesta quarta-feira (11), e estará aberta à visitação já o dia seguinte. Foram treinadas 40 pessoas para o combate a incêndios na localidade e igual número no Porto Seco, seguindo orientação dos bombeiros. O plano de prevenção da Usina foi implantado em 2009, a um custo de R$ 500 mil, e a sua atualização foi requerida pelo Ministério Público devido à construção do Teatro Elis Regina. A Usina do Gasômetro estava fechada desde o dia 14 de dezembro.

Jornal do Comércio



Categorias:Outros assuntos, Patrimônio Histórico

Tags:

6 respostas

  1. Tomara que pegue fogo.. agora que não tem ninguem trabalhando la….

    Ninguem morre, ninguem se fere, e um icone do atraso da nossa cidade iria pro chão…

    Curtir

    • Ou então iriam dar um jeito de fazer um caixa-2 numa eventual restauração, do jeito que gostam de roubar em obras públicas…

      Curtir

  2. O que os cidadãos esperam na verdade que a Pref. Mun. POA tenha responsabilidade sob os atos praticados com referência a prevenção de incêndios, caso contrário o ônus será muito grande e, sem a pressão política que o Pref. Fortunati tenta invocar para os cidadãos bem esclarecidos.

    Curtir

    • O Ministério Público quer mídia, ele lacrou a usina porque estava perto do ano novo, lacrou os barracoes porque está perto do carnaval. Inúmeros outros prédio públicos e tambérm privados não tem o PPCI e o MP não dá a mínima importância. O MP quer se estabelecer como um poder paralelo na cidade e no Estado. Será que eles tem o PPCI no prédio deles?

      Curtir

      • Incorreta a tua avaliação.

        “se todos os lugares não estão corretos, então o MP não pode fazer nada”.

        Se vê que tu não estudou direito e não entende minimamente a importância do MP.

        Criticar sem embasamento é fácil. O MP apenas cumpriu a lei.

        Será que você cumpre também? Sempre?

        Mesmo?

        Curtir

        • ou melhor, não precisa nem estudar direito. Basta ler a Constituição Federal, que é obrigação de todos saberem, já que dita normas de convivência, além de controle de poderes e muitas outras coisas.

          O MP, como órgão público que é, só cumpre a lei – só trabalha em cima da lei. LEI FEITA PELO POVO ATRAVÉS DE SEUS REPRESENTANTES.

          Ou seja, se tu não sabe, o MP só faz o que tu, como pessoa do povo, autoriza e manda através das leis.

          Curtir

%d blogueiros gostam disto: