Guarda-corpo da ciclovia tem 37 projetos

Trinta e sete projetos foram enviados ao Instituto de Arquitetos do Brasil/RS para o guarda-corpo da ciclovia da Ipiranga, em fase de construção no trecho de 500 metros entre a Érico Veríssimo e a avenida da Azenha. Nesta quinta-feira (26), será feita a seleção dos três projetos mais adequados, por uma comissão formada por técnicos da prefeitura e IAB. Na sexta (27), os três finalistas farão a defesa dos seus projetos diante de uma comissão pública formada por técnicos da prefeitura, IAB e também de um representante da comunidade (ciclista). A divulgação do projeto vencedor está prevista para dia 30 de janeiro.

Affonso Ritter



Categorias:Arquitetura | Urbanismo, ciclovias

15 respostas

  1. Se não pode metal e concreto é anti-ecológico, a melhor solução seria tijolos, com alguns detalhes sobressalentes para quebrar a monotonia.

    Curtir

  2. po, 150 conto é um bom valor..

    Curtir

  3. Se nao sair algum projeto decente dai sera’ a desmoralizacao completa e absoluta da classe dos arquitetos.

    Curtir

  4. Acho que deveriam esperar o projeto de revitalização de todo o dilúvio (UFRGS/PUC), para definir o espaço e o formato que poderia ser usado na ciclovia.

    Curtir

  5. Po falar em Beira-Rio: não vai sair a tal de obra?

    Curtir

  6. Qual será o critério de escolha?
    Menor valor para execução?
    Quanto mais rústico, melhor?
    Projeto o mais simples possível de ser executado?

    Minhas esperanças de ver uma Porto Alegre mais ousada sumiram há tempos…

    Por falar em projetos, quantos projetos que discutimos aqui nos últimos anos estão em andamento?

    Já começaram as obras do Cais? Do Beira-rio? Do Mirante? Obras de melhorias na Orla? As obras de transporte público e mobilidade para a Copa?

    Curtir

    • Na minha opinião vai sair uma muretinha de concredto simples, que é o que POA costuma fazer. O curral da Ipiranga foi chinelagem demais até pro nosso padrão.

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: