Em março ocorre a 1ª Feira do Polo Naval do Rio Grande do Sul

Projetos de mais de R$ 980,6 milhões, alguns já em desenvolvimento, outros em implantação, nos municípios de Rio Grande e São José do Norte, e outros em estudos, em Pelotas, transformaram aquela região da zona Sul do Rio Grande do Sul no maior polo de desenvolvimento industrial do Estado.

A construção de plataformas para a exploração de petróleo – P-55, P -58, P-63, P-66 e mais oito estruturas – de navios e rebocadores, além de estaleiros para reparos em barcos pesqueiros, justifica a realização da 1ª Feira do Polo Naval do Rio Grande do Sul, que acontecerá de 20 a 23 de março, na Universidade Federal de Rio Grande, com conferências, rodadas de negócios e palestras envolvendo os diferentes segmentos da indústria, logística e transporte naval e oceânico.

O principal patrocinador é a Petrobras, grande responsável pela criação do polo naval, mas estão juntos o Banco do Brasil, a prefeitura de Rio Grande, a Superintendência do Porto, Engevix e Ecovix construções oceânicas, Abrão Despachos Internacionais Ltda, VetorialNET, Banrisul e EBR-Estaleiros do Brasil.

Danilo Ucha – Jornal do Comércio



Categorias:Economia Estadual, Eventos, Polo Naval de Rio Grande

Tags:

%d blogueiros gostam disto: