Prefeito viaja a Curitiba para conhecer o projeto da Orla

Segunda-feira, 30, o prefeito José Fortunati viaja a Curitiba, onde vai reunir-se com o arquiteto e urbanista Jaime Lerner, responsável pelo projeto de revitalização da Orla do Guaíba. O encontro ocorrerá às 18h, no escritório de trabalho do arquiteto (rua Bom Jesus, 76, bairro Juvevê).

Na reunião, será apresentado ao prefeito o estudo preliminar de revitalização dos primeiros mil metros da Orla, que compreende o trecho entre a Usina do Gasômetro e a primeira curva da avenida Beira Rio. Também participam do encontro o coordenador do Gabinete de Assuntos Especiais (GAE), Edemar Tutikian, e representantes do Grupo de Trabalho da Orla, Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Smam) e Programa Viva o Centro.

No final do ano passado, o escritório Jaime Lerner Arquitetos Associados foi contratado pela prefeitura para desenvolver uma proposta de revitalização unificada para os 5,9 quilômetros entre a Usina do Gasômetro e o Arroio Cavalhada, na altura do Iate Clube Guaíba. A proposta de revitalização inclui terminal turístico para barcos de passeio, calçadão, ciclovia, banheiros, quadras esportivas, instalação de bancos e quiosques, entre outras inovações a serem criadas pelos projetistas.

Prefeitura



Categorias:ORLA, Projeto de Revitalização da Orla

Tags:, ,

4 respostas

  1. Um diz para o prefeito ir mesmo a Curitiba pra tomar vergonha na cara e aprender com o que eles fazem, porque nao se faz nada aqui … o outro diz para usar profissionais do RS e nao procurar la fora… por isso que nao vale a pena por nada nesse mundo ser político… sempre vem pedrada de todas as direçoes… 😉

    Curtir

  2. O incrível não é viajar a Curitiba para visitar o seu amigo, o incrível é buscar lá fora profissionais como se não existissem no RS, bem como em Porto Alegre,aliás será que a Pref. Mun. POA não possui técnicos nesta área.

    Curtir

  3. Que bom que ele vai a Curitiba. Quem sabe assim, ele tome vergonha na cara e veja o que é realmente uma cidade bem cuidada, com canteiros sem mato (carpidos) e floridos, paradas de ônibus impecáveis e confortáveis, sistema binário de trânsito, vias rápidas, desenvolvimento econômico. Acho que ele vai levar um choque quando chegar em Curitiba..

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: