IAB quer rever projeto

O Instituto dos Arquitetos do Brasil quer revogar o convênio da Prefeitura com o Jaime Lerner e cancelar o projeto da Orla do Guaíba e começar tudo de novo com novos concursos.

Por favor pessoal mandem pelo menos 1 email para a IAB e 1 email para a prefeitura manifestando seu descontentamento quanto a essa tentativa do IAB de tentar atrasar o progresso na nossa cidade!

IAB:  iab@iab.org.br

SPM (Planejamento): spmgab@spm.prefpoa.com.br

SMAM (Meio Ambiente): zachia@smam.prefpoa.com.br

______________________

OBS: Ouvi essa notícia na BandNews, não me aprofundei nela, é só para o pessoal ficar atento e investigar. Obrigado!



Categorias:Outros assuntos

71 respostas

  1. Confio muito no trabalho do Jaime Lerner, Vale a pena assistir o discurso dele no TED.

    É emocionante!

    Curtir

  2. Porque o contrato foi feito sem licitação, O Sr Jaime goza de algum privilégio?, estou perguntando não é uma afirmação ele é do mesmo partido?, o blog é a favor vamos fazer custe o que custar, parabens é por ai que vai o Brasil ( quem sabe com z Brazil).

    Curtir

  3. o problema não é fazer a contratação para fazer isso, mas sim o porque que a cidade tem que pagar quase 3 vezes mais para ter este projeto? Pesquisei bastante quando postei no site http://cubbos-consultoria.blogspot.com/2012/02/plano-conceitual-para-orla-novidades-e.html e não acho certo o que foi feito. só que meu escritório paga bastante issqn (imposto municipal) e sim, como contribuinte tenho direito de exigir! na real, algo que todo mundo deveria fazer… se não, estaremos dando aval para que o resto da orla custe o que custar… tem muito empreendimento de impacto em porto alegre, cuja a revitalização da orla poderia ser medida compensatória… mas do jeito que tá indo, o pensamento é “O Jaime já fez o Porto, então não tem problema fazer a Orla!” e quando for o outro trecho de orla, que ele faça o resto pois já fez as demais, e a nossa Porto Alegre, famosa pelas suas diferenças, vai virar um “tudo do mesmo!”

    Curtir

  4. Pra quem ainda não leu/ouviu a matéria que o Marcelo ouviu:

    http://www.bandrs.com.br/jornalismo/?id=21938&PHPSESSID=b86923e7e3dfcb667282257a51cec3ae

    agora tirem suas próprias conclusões.

    Curtir

  5. Ainda sobrarão 66km de orla para o IAB fazer concurso, licitação e o escambau…

    façam algo lá pra Ipanema e arredores, q a orla lá tá bem decadente (menos na visão dos moradores locais)

    Curtir

  6. Em primeiro lugar gostaria de dizer que o IAB poderia propor um projeto reformulando a lei 8666 ao congresso, assim muito desperdício de dinheiro público e demora na execução de projetos importantes deixariam de ocorrer. Em segundo lugar, acho que em Porto Alegre discutem demais e trabalham pouquíssimo, vejo outras capitais trabalharem bastante e conseguirem resultados mais rápidos e melhores que na nossa capital gaúcha. Poucas cidades no mundo tem uma orla como a nossa, e um numero mais reduzido ainda a desperdiçam desta forma. Espero que cada vez mais as pessoas deixem de admirar os debates vazios e passem a admirar os trabalhos concretizados.

    Curtir

    • Não precisa mudar a lei, basta cumprir. Nesse caso, não fazer concurso é mera fraude.

      Curtir

    • cara, de que adianta fazer concurso no Brasil, se fraudam os concursos… no guard rail, quem ganhou não seguiu NENHUM ítem das regras, nem custo nem técnica… então prefiro licitação, que pelo menos a regra contratação é mais clara… enquanto ao IAB’s do Brasil, não primarem pela competência, os escritórios de engenharia vão continuar dominando as licitações como dominam hoje!

      Curtir

  7. A IAB é uma entidade de classe e para mim sua opinião tem menos valor que a de um cidadão comum, pois tem uma visão parcial do assunto. Aliás, esse é o meu ponto de vista para todas as entidades de classe e sindicatos que existem por aí, mesmo as mais endeusadas, tipo OAB, AMB, ABI, CUT…

    Curtir

    • O indivíduo acima de tudo e de todos … Isso é individualismo exacerbado, radical, sem qualquer mediação!

      Curtir

    • Se uma ENTIDADE tem visão parcial… a população leiga tem o que?! Cegueira?

      Curtir

    • O problema é que essa entidades querem assumir integralmente o papel da sociedade civil como um todo, mas, na verdade, defendem os interesses de uma parte da sociedade e não de toda ela e, muito menos, do BEM COMUM.

      Por exemplo: quando a OAB propõe (e obtem) a inviolabilidade dos escritórios de advocacia, quando a AMB defende que só as corregedorias dos Tribunais podem investigar juízes e assim por diante, essas entidades estão defendendo os interesses dos membros de seu grupo, mas não o da sociedade como um todo, por isso suas posições devem sempre ser levados em conta com reserva e não como verdades absolutas.

      Curtir

  8. Caros amigos,
    A notícia está distorcida.
    Envio abaixo a manifetação do IAB, que desde 2008 tem tentado realizar concurso para a Orla sem resposta da Prefeitura.
    Att.
    T,

    http://www.iab-rs.org.br/noticia.php?id=1480

    Orla, que boa oportunidade para um Concurso

    Mal terminou a polêmica do guarda corpo da ciclovia da Av. Ipiranga e já temos outra grande oportunidade de colaborar com a Prefeitura de Porto Alegre.

    As notícias de hoje, 31 de janeiro, trazem informações da visita do nosso Prefeito a Curitiba para acompanhar o andamento do projeto para a revitalização da Orla do Guaíba, projeto este encarregado ao arquiteto Jaime Lerner.

    O arquiteto Jaime Lerner é uma referência para nossa categoria, primeiro porque foi um Prefeito de muito êxito em Curitiba, administrando a cidade durante um próspero período de planejamento e implantação de diversos melhoramentos e projetos de alta qualidade para a cidade. E também porque foi o único brasileiro a presidir a UIA, União Internacional de Arquitetos, entidade mundial dos arquitetos, representada no Brasil pelo próprio IAB.

    Entretanto, o escritório do colega Jaime Lerner foi contratado por “notório saber” sem licitação ou concurso público. Pois se para ser Prefeito ele participou e ganhou eleições com o voto dos cidadãos de Curitiba, e para ser presidente da UIA ele igualmente se submeteu ao voto dos países membros da entidade, porque Porto Alegre priva nosso colega de submeter-se à uma escolha e discussão pública?

    Neste sentido, acreditamos que a forma de contratação do colega Jaime Lerner não é a mais adequada, mas temos que aproveitar a sua valiosa participação neste processo, como ex presidente da UIA, entidade que incentiva e promove concursos públicos de arquitetura em todo o mundo.

    O papel do arquiteto Jaime Lerner poderá ser exatamente o de realizar um plano geral para a Orla, que permitirá a realização de um, ou vários, Concursos Públicos de Arquitetura e Urbanismo, até mesmo internacionais. Tenho certeza que a qualidade dos projetos será elevadíssima e que os arquitetos gaúchos poderão participar mostrando a mesma competência que demonstraram no episódio da guarda corpo. Além, é claro, de garantir a participação da comunidade, usuários e imprensa na discussão das propostas, e a ampliação da projeção da cidade de Porto Alegre como referência em participação, transparência e democracia.

    A Orla sempre foi uma preocupação do IAB RS tanto que, em janeiro de 2008, após um longo processo de discussão e inúmeras reuniões, apresentou para a Secretaria de Planejamento de Porto Alegre, proposta de realização de Concurso Público. Infelizmente aquele processo não prosperou. Quatro anos depois, quem sabe a revitalização da Orla poderia ser um problema já resolvido na cidade de Porto Alegre.

    Novamente, o IAB RS coloca-se à disposição da Prefeitura e da cidade para ajudar a garantir uma solução mais adequada. Um projeto importante como o da Orla não pode ser resolvido apressadamente para atender apenas à demanda de calendário eleitoral ou da Copa do Mundo. Temos certeza que nosso Prefeito irá analisar com generosidade a nossa intenção e terá a sensibilidade de ampliar este processo para garantir a participação de todos interessados para o bem da cidade.

    Tiago Holzmann da Silva, Presidente
    IAB RS

    Curtir

    • Parabéns Tiago,
      por mais que isto possa parecer um novo atraso, é preciso lutarmos por um recomeço, onde todos os projetos público aconteçam por meio de concursos públicos e venham por permitir uma análise transparente e ampla por meio da sociedade e que as ações urbanas estejam sob discussões técnicas de profissionais e pensadores competentes do que a cargo de interesses políticos totalmente descompromissados com o “bem-fazer” das coisas.
      Tenho certeza que atender a lei com os concursos só trará benefícios à cidade, à população e à classe dos profissionais em geral.
      Chega de projetos políticos e eleitoreiros que duram menos que um mandato.
      Conte com o apoio e vamos em frente!!
      Sds,
      Maurício Aurvallle, arq.

      Curtir

  9. Essa questao e’ passivel de discussao, mas o que se questiona e’ o momento da coisa, depois de todos atrasos que a populacao ja’ teve de enfrentar.

    Ate’ estou com um livro de Direito Administrativo na minha frente, que diz o seguinte, resumidamente: “Para que incida a inexigibilidade (de licitacao), e’ necessario que o servico possua natureza singular, isto e’, seja visivelmente diferenciado em relacao aos servicos de mesma natureza prestados por outros profissionais do ramo, e que seja prestado por profissional ou empresa de notoria especializacao.”

    Eu acho que o Jaime Lerner e sua empresa, no caso, se encaixaria ai, outros talvez achem que nao. Nao ha’ uma resposta certa. Mas e’ certo que nao ha’ obrigacao nenhuma da Prefeitura fazer concurso para escolha de projeto.

    Curtir

  10. Que bom que entidades como o IAB ainda encontram motivação para se manifestar frente a quantidade infindável de absurdos que se acumulam a cada dia.

    Ninguém está atrasando “progresso”, e aliás, NÃO EXISTE um projeto de revitalização da orla. Foram traçadas meras diretrizes. A imagem divulgada é puramente eleitoreira, é ÓBVIO que não houve tempo nem pra definir um partido geral, quanto menos pra projeto executivo.
    Concurso é uma forma de qualificar o tal do ‘progresso’, a orla é importante pra cidade, não pode ser definida sem discussão.

    Curtir

  11. Ufa… ja tava ficando preocupado, ninguem tentou meter o dedo numa melhoria para a cidade.

    Só podia ser o fim do mundo chegando, mas nããão, eles apareceram.

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: