Obras do Socioambiental estão 85% concluídas

Visita terminou na estação de tratamento de esgotos Serraria Foto: Ricardo Giusti/PMPA

Dos 24 contratos de obra do Projeto Integrado Socioambiental (Pisa), 20 estão concluídos, o que corresponde a 85%. As obras da maior intervenção em saneamento realizada na história de Porto Alegre foram acompanhadas nesta quarta-feira, 8, pelo prefeito em exercício, Mauro Zacher, o diretor-presidente do Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae), Flávio Presser, e o engenheiro responsável pelo projeto, Valdir Flores.

Zacher falou da importância da obra na qualidade de vida da população. “É um ganho extraordinário para nossa cidade, porque, além de devolver a balneabilidade do Lago Guaíba, tornando a cidade mais bela e atrativa, irá acabar com a deficiência no tratamento de esgoto que possuímos”, afirmou.

“É interessante saber como funciona o sistema, só assim se tem noção da complexidade que é a execução de uma obra deste porte e dos benefícios fantásticos que dará a nossa cidade”, ressaltou Presser.

O roteiro de visitas às obras do Pisa iniciou pela Estação de Bombeamento de Esgotos (EBE) da Ponta da Cadeia, no Centro Histórico. Após, a equipe esteve no emissário subaquático, na avenida. Padre Cacique e na EBE Cristal, visitando a chaminé de equilíbrio e o mirante, onde os porto-alegrenses terão a oportunidade de apreciar o pôr-do-sol no lago Guaíba. A agenda de trabalho terminou na estação de tratamento de esgotos (ETE) Serraria, na Zona Sul da Capital.

O projeto tem como principal objetivo ampliar a capacidade de tratamento de esgotos da Capital de 27% para 80% até 2014. Ao todo, serão investidos R$ 586,7 milhões.

Acompanhe o andamento das Obras do Pisa:

– Emissário subaquático: já instalados 10 tubulações de 515 m, totalizando 5.150 m, com 51 % do emissário subaquático pronto. A obra consiste na instalação de 22 tubulações, devendo finalizar em maio de 2012.

– Emissário terrestre: obra concluída, em fase de recebimento provisário.

– EBE Cristal/EBE C2 e chaminé de equilíbrio: mirante em fase de acabamento. Instalações elétricas e de montagem mecânica em fase de inspeção. Obras de urbanização estão sendo executadas.

– Estação de tratamento de esgoto (ETE) Serraria: todas as unidades estão em execução, relacionadas as obras de construção civil. A conclusão de tanques de concreto para UASB e decantadores está prevista para março, quando serão iniciadas as obras de montagens de tubulações, equipamentos e instalações elétricas.

– Interceptor da Restinga: obtidas as autorizações de proprietários de três áreas para execução de trecho de 250m junto ao Arroio do Salso, obra deverá ser retomada neste mês com previsão de conclusão em março.

– EBE Restinga, na avenida Juca Batista, próximo à Hípica: obra interditada pelo MT por ocorrência de acidente quando da concretagem da estrutura, sem data de reinicio.

– Estação de bombeamento C1, na avenida Diário de Notícias: obra em fase de acabamento da urbanização.

– Emissário da Restinga: obra em execução na área do 3º BCom. Previsão de conclusão em abril de 2012.

Prefeitura



Categorias:Meio Ambiente, Programa Sócio Ambiental

Tags:,

1 resposta

  1. para mim toda orla rio quaiba nao deveria ter nenhuma moradia deveria ser somente avenida do gazomentro ate praia de lami como tem grande cidade litoranicas como rio dee janeiro santa catarina pernabuco recife orla rio de mar foi ffeita para o povo

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: