Adeus, Morro do Osso – invasão que devasta Mata Atlântica e nos privou de parque público é praticamente legalizada

Assim não dá. A prefeitura instalou postes,  energia elétrica  e iluminação pública na ocupação ilegal indígena, a mesma  que está praticando DEVASTAÇÃO da Mata Atlântica. Cadê nossos ecologistas de araque nessas horas?

Esta invasão também é  mesma que privou os portoalegrenses de frequentarem o parque público (já não basta nossa orla roubada). Parque público, este, que foi uma conquista da cidade, advinda de uma longa luta dos cidadãos de Porto Alegre (o Salve o Morro do Osso, nos anos 90).

A instalação de energia elétrica, na prática,  significa ACEITAR A INVASÃO.

Este é o mesmo processo irresponsável que envolve omissão do governo e é incentivado pelos demagogos de esquerda, o que  incentiva a FAVELIZAÇÃO de Porto Alegre em áreas públicas do cidadão e em áreas verdes e de preservação ecológica.

Esta foto, precária, foi tirada por mim esta semana:

A depredação do Parque Natural do Morro do Osso já fora abordada pelo Blog Porto Imagem: https://portoimagem.wordpress.com/2008/11/25/enquanto-isso-na-zona-sul/

RicardoH



Categorias:Outros assuntos

Tags:, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

32 respostas

  1. Qual a contribuição social que os indios ofereçem?

    Este papo que a terra era deles é furada, pois a união é a que detem maior parte de terras e quem deu o direito da união de se apoçar desta terra?

    Se eles invadiram e não tem onde morar leva tudo para cadeia, lá tem um teto e comida.
    Isto é coisa de marginal.

    Curtir

  2. Isso não é índio de verdade. Podem até ter sangue indígena (isso eu também tenho, já que o meu falecido avô paterno tinha mãe índia), mas a partir do momento que querem a facilidade de estar na cidade grande sem serem tutelados pela FUNAI devem arcar com as próprias responsabilidades como cidadãos.

    Curtir

  3. Está ideia de criar um parque Indígena eu achei muito legal”. poderiam ser feitas bancas em estilo bem natural para eles ocuparem lá no brique os coitados vendem seus artesanatos pelo chão é muito triste. O morro do osso poderia virar um parque cuidado por eles as pessoas poderiam ir visitar. http://www.youtube.com/watch?v=7xe346hROnE

    Curtir

  4. E a doutrina do COITADISMO, implantada pela máfia petista, espalhando o retrocesso Brasil a fora.

    Curtir

  5. Deve haver diálogo e negociação. Os índios são os verdadeiros proprietários dessas terras, e na maior parte das vezes, foram removidos a força ou dominados. Se há índios ainda em suas terras de origem em Porto Alegre, isso deve ser preservado. É uma questão de respeito.

    Tem que haver uma delimitação na área para preservação ambiental, intacta, e a área dos índios. Também, meios de sanear o local e ações educativas para não depredarem a natureza e respeitarem a área de preservação permanente, se isso for necessário.

    A questão dos índios é delicada, tem que ser resolvida com muito diálogo e respeito. Não são ratos pra botar numa caçamba de caminhão e despejar em outro local.

    Curtir

  6. Se esses índios não são daqueles que se misturaram com a nossa “civilização”, certamente vão preservar muito mais a Mata Atlântica do que nós. Os índios sempre conviveram em harmonia com a natureza.

    Curtir

  7. Peraí. O índios estão ali antes de qualquer um de nós.

    Outra. A foto não deixa claro qual é o destino da rede elétrica. Talvez seja para a sede social de um colégio particular (se nao me engano, o Anchieta) que ficou responsável pela preservação do local.

    Curtir

  8. E é só procurar “morro do osso” no google. Muitos dos resultados são pessoas indignadas com a invasão. Só a prefeitura mesmo pra permitir um absurdo desses. E não pensem que os nossos queridos ecologistas vão lutar contra os índios. Eles serão os primeiros a defendê-los, já que nós, brancos e imorais, roubamos a terra deles há quinhentos anos atrás quando nem pensávamos em existir.

    Curtir

  9. Sem contar que esses “índios” são super marginalizados. Sei de gente que foi visitar Morro do Osso e foi abordada pelos índios exigindo diversas coisas para eles permanecerem ali.

    Curtir

    • Isso aconteceu comigo, uns bons anos atrás… eu tinha uns 14 ou 15: fui com uma amiga caminhar lá e começaram a nos achacar pra poder subir.

      Resolvemos dar meia volta… e correndo.

      Curtir

  10. Estás coberto de razão. A invasão do parque por esses pseudo-índios urbanizados é um ESCÂNDALO e eles receberem infreastrutura outro pior ainda, mas como bem dizes os “ecologistas” gaúchos se calam ante os assuntos ‘sociais’, porque estão dominados por umas “lideranças” totalmente submissas ao projeto de poder do PT et caterva. E isso, infelizmente, se repete no país inteiro – se as barbaridades que a PTlhada está fazendo contra o meio ambiente, promovendo o desmonte da legislação e da gestão ambiental, fossem feitos por um governo de qualquer outro partido, estariam todos nas ruas sapateando e gritando, mas como são os cumpanhêro, 99% está quieto. Uma vergonha total.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: