Jaime Lerner vem a Porto Alegre apresentar o projeto para Orla

Entregar a proposta com diretrizes do projeto e iniciar a liberação do Estudo de Viabilidade Urbanística (EVU) para revitalização da Orla do Guaíba. Este é o objetivo da reunião que acontece nesta quarta-feira, 15, com a presença do arquiteto Jaime Lerner. O prefeito José Fortunati e os secretários municipais de pastas envolvidas com o tema, além dos técnicos que integram a Comissão de Análise Urbanística e Gerenciamento (Cauge), participam do encontro às 15h, na Siqueira Campos, 1300, 14º andar.

Lerner irá explicar a ideia e mostrar o esboço do projeto, que transformará o trecho da Orla, próximo à Usina do Gasômetro, em espaço de lazer e convivência. O projeto de revitalização faz parte do programa Cidade Integrada, uma das ações estratégicas da prefeitura. Em 30 de janeiro, Fortunati esteve em Curitiba, quando conheceu a ideia inicial para os primeiros 1,5 mil metros, a partir do Gasômetro.

A revitalização será até a foz do arroio Cavalhada, na avenida Diário de Notícias, abrangendo 5,9 quilômetros. A expectativa é que o primeiro trecho esteja concluído até o final do ano. A proposta inclui o desenho do passeio de pedestres, terminal turístico para barcos de passeio, calçadão, ciclovia, banheiros, quadras esportivas, instalação de bancos e quiosques, entre outras inovações criadas pelos projetistas.

No encontro com Lerner, em Curitiba, Fortunati revelou-se satisfeito com a apresentação das propostas. “O projeto é surpreendente, irá permitir que a população de Porto Alegre seja recebida pela orla com muita qualidade. Os porto-alegrenses terão um local extremamente atrativo”. Na ocasião, o arquiteto Jaime Lerner disse que “nossa proposta é os passeios em nada interromperem a vista para o lago, porque a melhor vista de Porto Alegre é olhando o pôr-do-sol no Guaíba”.

Esporte, lazer e entretenimento – O secretário de Assuntos Especiais da prefeitura, Edemar Tutikian, acrescenta que a ideia de revitalização da orla “é uma grande ação da prefeitura, uma concepção pensada, cuja elaboração dos projetos executivos começa imediatamente após o EVU feito pela Cauge, que também poderá sugerir algumas diretrizes”.

“A orla do Guaíba terá o que o porto-alegrense imagina e quer para os momentos de lazer, apreciando o lago e o pôr-do-sol”, define Tutikian. Haverá áreas de esporte com canchas e vestiários. Será um espaço futuro para o futebol de várzea, dará oportunidade às pessoas de qualquer idade ou gosto praticarem exercícios físicos, terá quiosques para bebidas e lanches, limpeza, ambientes organizados, segurança, trilhas para passeios, o necessário mobiliário urbano e projetos de paisagismo. “A revitalização deve destacar-se pela simplicidade. A ideia é fazer da orla um local em que as pessoas sintam-se bem”, conclui Tutikian.

Prefeitura



Categorias:ORLA, Projeto de Revitalização da Orla

Tags:, , ,

10 respostas

  1. Jaime Lerner. Excelente escolha para o projeto. Foi prefeito de Curitiba; governador do Paraná; foi quem fez o projeto de transporte público de Curitiba, um dos melhores do mundo e que foi vendido para a Nova Iorque – além de outros maravilhosos projetos urbanos no Brasil e no mundo.

    Curtir

  2. Agora acredito que vá dar certo, Lerner arquiteto conhecido no Brasil e no mundo neste projeto, tínhamos que estar muito orgulhosos, veja o que ele fez por Curitiba no PR por exemplo, de cidade medíocre nos anos 70 e 80, para a 5º cidade mair rica do País a partir da década de 90 e é atualmente já está ultrapassando a 4º, que é Belo Horizonte, e graças a uma de suas criações para citar apenas um dos grandes exemplos de uma das 3 vezes que foi prefeito, o bairro industrial, chamado Cidade Industrial de Curitiba, ou apenas CIC, um conceito que hoje parece comum mas na época, ninguém pensava nisto, hoje com quase 1000 empresas, misturando Fábricas ( Não poluentes), moradias (condomínios), muita área verde como parques, tudo integrado. Parece comum? mas na época e até hoje é uma visão revolucionária, que este arquiteto teve. Vamos torcer que nossa querida Porto Alegre realmente seja coroada com um projeto deste homem de visão. Nós merecemos cuidar deste maravilhoso Guaiba e de nossa capital.

    Curtir

  3. O lugar é cheio de crackentos, fede a rato morto, cheio de mosquitos… Claro que deve haver uma conversa, pelo que vi o projeto é usar a baixada ali, um forno nojento!! Teria que ter sim uns decks ali em cima do dique e experimentar uns bares e restaurantes e ver o que dá, se fica mais seguro! Tem que limpar antes muito bem, colocar segurança, orientadores esportivos…Vestiários? Conta outra, quem vai tomar uma ducha na orla do guaíba??? Vão investir em educação pra esse povo primeiro em vez de rachar uma grana com a turma do Lerner.

    Curtir

    • Tá querendo ensinar o padre a rezar missa? O Lerner sabe o que tem que fazer…

      … ou tu quer que continue mato ali pra tu continuar tranquilo e sereno com as filosofias do teu nick?!

      Curtir

      • Ridículo! Expresso minha opinião e virei “maconheiro (de beira de rio ainda)” e o Lerner virou “santo padre”??? E a louça da mãe, ajudou a lavar hoje?

        Curtir

  4. Acho que não vai dar tempo de terminar até o fim do ano…e nem nunca. Não tenho esperanças de que saia do papel…

    Curtir

  5. Como assim Gilberto?

    Os melhor deve ser privilegiado, logo o acerto na escolha de Jaime Lerner ok?

    Outra coisa, o projeto é para ontem, logo nao tem nada que ficar analisando propostas e mais uma vez merito pro Fortunati que foi direto ao ponto e escolheu o arquiteto top em nivel mundial..

    Clap clap clap pro fortunati e nos gaúchos devemos perder a mania que tudo deve ser discutido, ouvindo todas as partes, pq o resultado nós já sabemos qual é (40 anos de estagnação)

    Curtir

  6. Espero que ninguém atrapalhe dessa vez…

    Curtir

  7. Apesar do renome, o projeto não deveria ser uma reserva de mercado para o arquiteto Lerner. Entendo que deveriam dar oportunidade a outros profissionais para apresentarem suas propostas.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: