Tranquilidade no Beira-Rio

Crédito: ricardo giusti / pmpa divulgação / cp

A visita do ministro do Esporte, Aldo Rebelo, pode ser considerada uma vitória colorada. Quando muito se especulava que ele fixaria um prazo para o Inter se acertar com a Andrade Gutierrez, o que se viu foi o oposto. Rebelo garantiu o Beira-Rio na Copa e disse que “15 dias a mais ou a menos” na assinatura não farão diferença no término das obras. Mais: descartou a Arena do Grêmio como plano B, algo que vinha sendo defendido por dirigentes gremistas. No Inter, o cronograma é dado como tranquilo para alcançar os prazos. Assim que for finalmente feita a assinatura, a expectativa é de que as obras da reforma levem um ano e meio. Ou seja, antes do final de 2013.

Prazo

Não tente arrancar de um dirigente colorado um prazo para a assinatura do contrato com a Andrade Gutierrez. “Não citamos mais prazos. Todos foram frustrados”, admite o diretor de futebol Luís Anápio Gomes. O dirigente, no entanto, diz que o acordo deve ser oficializado muito em breve, possivelmente ainda em fevereiro. De acordo com ele, apenas “formalidades documentais” impedem que o contrato com a construtora seja, enfim, selado.

Cadê a AG?

A visita do ministro Aldo Rebelo era para vistoriar as obras na reforma do Beira-Rio. Que só não recomeçaram ainda porque o contrato entre o Inter e a Andrade Gutierrez ainda não foi assinado. Logo, era de se esperar que a empresa tivesse algum representante no encontro de ontem, não? “O ministro veio visitar o estádio Beira-Rio, o Inter. A AG fará a construção. Não há necessidade de a construtora estar aqui”, disse o presidente Giovanni Luigi.

Corneta

Corneta bastante criativa ouvida ontem no Beira-Rio na visita do ministro Aldo Rebelo: “Se dessem um capacete para cada pessoa que está acompanhando essa visita hoje aqui, a obra estaria concluída mais rápida do que o previsto”. Só para se ter uma ideia, depois da entrevista, houve um almoço para os convidados. Contei sete mesas.

Hiltor Mombach – Correio do Povo



Categorias:COPA 2014

Tags:,

5 respostas

  1. O torcedor quer SIM que o seu clube seja sede da Copa do Mundo de 2014, seja colorado ou gremista. Por mais que se diga que pensa em Porto Alegre, no estado, o sentimento de colorados e gremistas se manifesta. Veja a contradição nos comentários:

    “Vai ser o Beira-Rio, Felipe. Ninguém tem nada contra isso. O que as pessoas temem é Porto Alegre ficar de fora da Copa por atraso excessivo das obras do Beira-Rio. Só isso. Em contra-partida, as obras da Arena vão a todo vapor. É esse o problema. Ninguém aqui prefere a arena por que é gremista. Todos somos a favor de Porto Alegre.

    Todos sabem que a possibilidade da AG não assinar com o Inter existe. E aí ? Porto Alegre fora da Copa ? Milhões de reais do governo pra reformar o Beira-Rio ? Essas são as questões. Não é tão simples como você fala.

    O que falta (ainda) é uma união de todos os políticos e governo do RS e prefeitura de POA pra exigirem que Porto Alegre não fique de fora da Copa, para tanto, a Arena do Grêmio é que seria o estádio escolhido. Só faltou isso. O Gre-nal foi maior que a cidade ! Infelizmente !”
    Gilberto Simom.

    Agora, o blogueiro até acordo que a Arena não seja centro de treinamentos para a Copa, pelo fato de este estádio não ter sido escolhido para sediar os jogos. Pura manifestação de TORCEDOR, pois isto prejudicaria a cidade, o que vem a ser ao contrário do que sempre é comentado aqui no blog.

    Curtir

  2. Entregam o Ministério do Esporte e todos os outros ministérios para estes burocratas apaniguados políticos, esperar o que??

    Curtir

  3. “Rebelo garantiu o Beira-Rio na Copa e disse que “15 dias a mais ou a menos” na assinatura não farão diferença no término das obras”

    15 dias…esse ministro está realmente muito bem informado!

    Curtir

  4. Concordo com o que disse uma pessoa num site que vi no google quando procurava informações atualizadas sobre Arena:

    “Acho que o Grêmio não deve disponibilizar a Arena como campo para treinos na Copa…se não serve para jogos não serve para treinos, arranjem outro lugar. Ainda servirá de chacota da torcida Saci.

    Não precisa nem inventar desculpas, diz que não está disponível e pronto. O que o Grêmio ganharia com isso? algumas merrecas? Diz não e pronto!”

    É o que deve ser feito! Estão esnobando e depois anida tirarão sarro dizendo que a Arena só serve para treino, que é secundária e sem importância. Se tivesse havido um processo de escolha em que ela restasse descartada ao final, tudo bem, mas ela foi sumariamente descartada sem nem ao menos ter sido considerada e analisada.

    Se algum dia venha à tona algo muito excuso (corrupção, propina, troca de favores, oferecimento de vantagens pessoais ou algo do gênero) sobre essa escolha do Beira-Rio, já que nem se abriu concorrência entre os estádios, sendo escolhido o Beira-Rio por pura imposição de alguns e se manteve assim inflexível mesmo diante das adversidades e percalços que nos levaram inclusive a perder o sediamento da copa das confederações, espero que os envolvidos não se elejam nem para síndico de prédio, no máximo para representante de facção em ala de presídio, caso tenham praticado algum crime em decorrência disso.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: