OAB e operadoras de celulares discutem eliminação de pontos cegos em Porto Alegre

A OAB do RS e as operadoras de telefonia móvel do RS – TIM, Claro, Oi e Vivo – começaram a conversar sobre os chamados pontos cegos existentes em Porto Alegre. A OAB está em plena campanha para resolver o problema. As operadoras estão dispostas a aceitar algo parecido com um Termo de Ajustamento de Conduta.

A Cãmara de Vereadores de Porto Alegre analisa neste momento um projeto para flexibilizar a instalação de Estações Rádio Base, ERBs, responsáveis pela circulação de sinais digitais. As operadoras alegam que as ERBs são em número insuficiente e impedem o desembarque de novas tecnologias no RS.

Políbio Braga



Categorias:Outros assuntos

Tags:,

7 respostas

  1. A OAB é a ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL. Por conseguinte, representa uma classe estudiosa e conhecedora das leis e dos direitos delas advindos. Quem deve fiscalizar e cobrar é o Poder Público (via Administração = Poder Executivo e, porque não, também via Legislativo respectivo), além do Ministério Público, é claro. Mas, e quando nenhum deles o faz? Aí entra a OAB. Afinal, ela entende dos nossos direitos, o que a credencia a nos defender. Não é à toa que teve participação ativa nos principais momentos da história desse país. Não a vejo como uma metida em assuntos que não lhe dizem respeito e que só quer aparecer e, sim, como alguém que briga pelos direitos do cidadão, como quando faz a assinatura de um acordo de um termo de ajustamento de conduta, como no exemplo citado.

    Curtir

  2. Nada contra, mas, o que a OAB tem a ver com isso?

    Curtir

    • É mesmo, não tinha me dado conta disso. Eles adoram se meter em todos os assuntos pra aparecer…

      Curtir

    • Juizes, procuradores, advogados e etc tem que atender solicitações urgentes em qualquer hora e local. Imagino que isso seja um problema recorrente no meio judiciário.

      Imagina o cara pedir um habeas corpus mas o juiz tá com o celular fora de área, não atende a ligação dentro do prazo (talvez sexta até meia noite) e o réu tem que passar o fim de semana no central, talvez sendo um inocente.

      Curtir

      • Médicos também, então o CREMERS também deveria estar aí.

        Pra mim isso é “ou faz ou te processamos”. Ao menos, é a imagem que passa.

        A OAB sempre ta no meio, http://bit.ly/y0L3kh
        as vezes parece que tem pouco serviço de tantos no ramo, que procuram causas.

        Por outro lado, bom que estão nisso. Quem sabe alguém indo atrás solucionam isso.

        Curtir

Trackbacks

  1. OAB e operadoras de celulares discutem eliminação de pontos … | Telecomunicações no Brasil
%d blogueiros gostam disto: