Banrisul considera insuficientes garantias apresentadas pela AG

Reunião na tarde desta terça terminou sem acordo

O presidente do Banrisul, Túlio Zamin, afirmou nesta terça que as garantias apresentadas pela construtora Andrade Gutierrez (AG) para a reforma do estádio Beira-Rio continuam “absolutamente insuficientes”. A declaração foi dada em entrevista coletiva após encontro entre representantes do banco e da empreiteira. A direção da AG deixou a instituição por uma porta lateral, sem falar com a imprensa.

Segundo Zamin, a reunião desta tarde não teve avanços significativos. Com isso, o financiamento para retomada das obras no estádio do Inter segue negado. “Nós reafirmamos a nossa disposição de continuar trabalhando na construção uma solução e deixamos muito claro as nossas responsabilidades e o nosso compromisso”, disse o presidente.

Zamin isentou a instituição de qualquer responsabilidade quanto a atrasos nas obras. “Esta é uma operação que, pelo seu tamanho, deveria ser feita através de um consórcio de bancos, a exemplo de tantas outras operações”, reafirmou. “O Banrisul não é o banqueiro principal da Andrade Gutierrez e, portanto, não pode recair sobre nós qualquer tipo de compromisso ou responsabilidade”, destacou.

Correio do Povo

_____________________________

Enquanto isso a Arena ….

Foto de 27/02/2012.

Foto: http://arena.gremio.net/



Categorias:COPA 2014

Tags:, ,

5 respostas

  1. Essa história do entorno da Arena é bobagem. Um estádio de Copa é local mais inacessível que existe, o pessoal vai lá assiste o jogo e é mandado embora rapidamente. Ninguém fica passeando pelas redondezas, mas passearão pelo Centro, tomarão uns tragos no Cais da Mauá (se ele já existir) e outras regiões da cidade até a hora do jogo e depois voltarão para os “pontos turísticos” da cidade para fazer festa ou irão embora rapidamente, o que é o mais provável.

    Curtir

  2. Na boa… é difícil dizer isso, mas vamos lá.

    Sou colorado e digo: A Arena tá merecendo sediar a Copa. E isso precisa ser feito. Não só pelos méritos da direção gremista, mas por desmerecimento do Inter, que mudou um projeto tão importante no meio do caminho, e da AG, que faz discurso de empreiteira poderosa e agora quer sair do jogo…

    Quero muito que o Inter reforme seu estádio, mas que faça isso sem prazos para a Copa. A Copa deve ser da Arena.

    Mas uma coisa é essencial: reformas no entorno da Arena. Em vez do Guaíba e do Morro Sta Teresa, a visão será outra, bem diferente, bem menos apresentável ao turista. Porto Alegre não pode deixar uma imagem ruim num evento tão importante.

    Curtir

    • Parabéns, Eduardo, pelo teu discernimento! Esta idéia está caindo de tão madura. A sociedade gaúcha merece respeito!

      Curtir

    • Eu, também como colorada, concordo!
      Já comentei sobre achar que a copa deve ir pra lá. O Luigi certo que quer fazer isso, mas imagina a pressão interna?

      Só que é esse entorno sem nada que eu acho que tá pesando pra ainda seguir essa celeuma da Copa seguir pelos lados do Beira Rio… porque além do governo municipal/estadual ter que por mais grana pra essas obras de mobilidade, não sei se há tempo útil…

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: