Ministro do Esporte rebate Valcke e pede novo interlocutor à Fifa

Apesar dos ataques de Valcke, Rebelo garantiu que o governo continuará apoiando a Fifa

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, afirmou neste sábado (3) que pedirá à Fifa um novo interlocutor para tratar da Copa do Mundo de 2014 com o governo brasileiro. Rebelo fez o anúncio em resposta às críticas de Jérôme Valcke, secretário-geral da entidade. Na sexta-feira, Valcke disse que os organizadores do Mundial do Brasil deveriam levar “um chute no traseiro” para acelerar a construção dos estádios e as obras de infraestrutura.

“O governo não pode ter mais o secretário-geral como interlocutor. A interlocução não pode ser através de quem emite declarações descuidadas, intempestivas. Vou comunicar oficialmente ao presidente da Fifa, Joseph Blatter, essa decisão”, avisou Rebelo.

“Precisamos de um interlocutor que tenha condições de entender o nível das responsabilidades e entendimentos necessários para esse tipo de relação”, reforçou o ministro. “Por tudo o que o Brasil representa, as declarações são inaceitáveis”.

Rebelo se referia às duras críticas de Valcke, que na sexta-feira elevou o tom contra o governo brasileiro. “Temos de dar um empurrão, um chute no traseiro e entregar a Copa”, afirmara o secretário-geral da Fifa. “O grande problema que temos no Brasil é que quase nada avança. Há debates sem fim sobre a Lei Geral da Copa. Teríamos de ter recebido esses documentos assinados em 2007 e estamos em 2012”.

Apesar dos ataques de Valcke, Rebelo garantiu que o governo continuará apoiando a Fifa. “O governo tem se esforçado e continuará apoiando do jeito que é possível a realização da Copa do Mundo. Mas, no plano de todo o governo, o secretário-geral não pode ser mais o nosso interlocutor”, afirmou o ministro.

Na avaliação de Rebelo, as críticas do secretário-geral não correspondem à realidade. “Ele pode constatar in loco o andamento das obras. Não só dos estádios, mas das obras de infraestrutura. [A Fifa] Teceu elogios que podem ser comprovados em matéria divulgada pela Fifa na época. O chefe de engenharia da Fifa reconheceu a excelência das obras dos estádios”, comentou.

As declarações de Rebelo e Valcke podemm atrapalhar a visita que o secretário-geral fará ao Brasil, a partir do dia 12, para conferir o andamento das obras voltadas à realização da Copa do Mundo e da Copa das Confederações, em 2013.

Vaccarezza: secretário da Fifa é ‘persona non grata’

As declarações do secretário-geral da Fifa, Jèrome Valcke, de que os organizadores da Copa de 2014 devem levar um “chute no traseiro para que se deem conta de que precisam trabalhar” foram muito mal recebidas pelo governo. “O palavreado chulo do senhor Jèrome o desqualifica para conversar com o Brasil”, disse o líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (PT-SP).

“Com essa postura, Jèrome Valcke atrapalhou a discussão da Lei Geral da Copa”, disse Vaccarezza. O projeto deverá ser votado nesta semana pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). “Vou pedir para o relator da Lei (deputado Vicente Cândido, do PT de São Paulo) e os deputados da base para interromperem qualquer discussão com o secretário da Fifa”.

Vaccarezza disse que, se Valcke for à Câmara (ele deverá vir ao Brasil nesta semana), vai procurá-lo. “Vou me dirigir a ele para dizer que se trata de um desqualificado para ter qualquer tipo de diálogo com o Brasil. Para mim, ele é ‘persona non grata’ na Câmara dos Deputados”. Vaccarezza disse esperar que a Fifa escolha outra pessoa para dialogar com o Brasil sobre a Lei Geral da Copa. “Que ele e o palavreado chulo dele fiquem no seu país. E acho que o país dele não merece isso”, afirmou.

Jornal do Comércio – com Agência Estado



Categorias:COPA 2014

Tags:

9 respostas

  1. Imagina se o PT, partido de papel que vive de marketing, iria aguentar criticas de alguem!!! Eu sempre disse que o PT vive e se sustenta em 3 pilares:- Egoismo, ignorancia e indolecncia (eles ODEIAM trabalhar). Os caras da FIFA deveria dar ao Brasil a copa de 2022, talvez ate’ la as mumias compreendam que tem limite de tempo para comecar e terminar, nao e’ obra publica que nao precisa ser comecada nem terminada para inaugurar.

    Curtir

  2. Só imagino o quanto o cara deve estar incomodado com a malemolência brasileira para dizer uma coisa dessas.

    Curtir

  3. O Valcke só falou a verdade! A verdade incomoda.

    Curtir

  4. Estilo brasileiro de política. O Valke só falou o que provavelmente é a postura do Primeiro Mundo em relação ao nosso país: vai trabalhar vagabundo! Agora querem evitar de evoluir o assunto na Câmara com o cara presente. É muito ego pra esse Brasilzinho de m….

    Curtir

  5. Essa e’ a teoria do individuo que pega a mulher o traindo com o vizinho sobre o sofa da sala e entao manda tirar o sofa’ do lugar para acabar com o problema.

    Curtir

  6. O Valcke esta certo, tomará que o Brasil se invoque mais um pouquinho e a FIFA tire a copa do Brasil, pode ser que assim o povo veja o que eu vejo e que muita gente vê….

    Curtir

  7. VALCKE PARA PRESIDENTE EM 2014
    (mesmo que sejá proibido um estrangeiro ser presidente deste país)

    O Brasil está cada vez mais parecido com a Argentina: não se pode criticar nem ir contra o governo que já mandam cortar o cara.

    Curtir

  8. O Valcke tá certo e a resposta do Brasil é infantil.

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: