Holandeses querem fazer túnel para ligar Rio Grande a São José do Norte

Está desde esta sexta-feira em Rio Grande, o diretor da empresa holandesa Boskalis, Miguel Pires, que tem projeto para fazer a ligação por túnel entre as cidades de Rio Grande e São José do Norte. O túnel teria 1.750 metros.

A Boskalis, que tem escritórios no Brasil, atua com dragagem e obras subaquáticas.

Rio Grande, maior porto marítimo do RS (é o 2º maior porto de containeres do Brasil), está ligado a São José do Norte somente pela Lagoa dos Patos. São José do Norte também possui porto que permite acesso franco ao mar e que é objeto de projetos que exigirão pesados investimentos, mas além disto é o ponto extremo da BR-101 no trecho que começa em Porto Alegre e vai depois por Viamão, Capivari, Palmares e Tavares. Ambos integram o polígono do Pólo Naval, que inclui também Pelotas, cuja ligação se dá com a lagoa e com o mar através do Canal de São Gonçalo.

Políbio Braga

___________________________

Para visualizarmos a região:



Categorias:Meios de Transporte / Trânsito, Polo Naval de Rio Grande

Tags:, , , ,

15 respostas

  1. Vou lançar campanha contra este túnel esdrúxulo, politiqueiro, permissivo, etc. O túnel deveria ser construído ao lado da Ponte do Rio Guaíba, não há nada mais importante que esta ligação, no RS. Então vejamos : o que liga são josé do norte a um grande centro, que compense esta extravagância ? Nada com o Nada. Liga São José do Norte com terras desertificadas, algumas faixas de areia que podem ser tomadas pelo mar, Farol da Solidão, Tavares, Palmares, Capivari, etc. Poupem-me de ter que raciocinar em cima de um debate de uma proposta idiota como esta.

    Curtir

    • Bom, eu não concordo ctg em nenhum quesito!… ligação do nada com o nada? vejamos, RG com um polo naval que cresce a cada dia, construções de plataformas da petrobras, 2º maior porto do Brasil, um dos maiores estaleiros, Porto do Rio Grande movimentou recorde de 30 mi de t em 2011 e São José do Norte ganhará um estaleiro também. O trafego pela BR 101 entre RG e POA economiza em média mais de 100 km de distância, porém atualmente ainda é utilizado uma balsa para a travessia. Então eu acredito que você não sabe o que está falando ou se sabe, não conhece as necessidades e o crescimento das cidades em questão.

      Curtir

  2. Acho muito interessante esta obra de ligação entre Rio Grande e São José do Norte. Vai integrar as duas cidades, que ficam separadas pelo canal da Lagoa. O transporte é só de barcos entre elas. Será fundamental para o desenvolvimento econômico das duas. O pólo naval está renovando a zona sul do estado.

    Curtir

  3. Este é mais um daqueles projetos etéreos que aparecem de vez em quando.

    Curtir

  4. Pelo que saiba, o tunel seria nas proximidades do Tecon ( terminal de container)/Super Porto porque é a parte mais próxima ligando RG a SJN. É uma reentrancia de terra, na entrada da Lagoa, ver na foto, abaixo.

    Se tiverem a proposta do projeto, dos holandeses, postem ai.

    Vou ver se consigo…

    Curtir

  5. Essa discussão e proposta de construção do tunel sub-aquatico sobre a parte mais estreita da entrada da Lagoa dos Patos, é de muito tempo, indo até para zombaria e ridicularização, por vezes…

    Esse tunel, além, de ligar RG a SJN ( que terá em breve, outro polo naval), será uma nova alternativa viária para a capital. Tem-se, também, projeto de expansão portuária em RG, para uma ilha ( que hoje é da Marinha) enfrente ao porto novo e próximo a ponta da peninsula.

    Na Agentina, existe um tunel desse tipo construido no rio Paraná, nos anos 60 do século passado. Hoje, temos tecnologia construtiva para isso, mesmo sendo numa área de grande vazão como na Lagoa dos Patos.

    Ai video sobre o tunel da Argentina: http://www.youtube.com/watch?v=okeQnG-6j_A&feature=player_embedded

    Quanto a POA, também achei que faltou proposta para a construção desse tunel na região, nunca li nada sobre isso na imprensa!

    Curtir

  6. “mas além disto é o ponto extremo da BR-101 no trecho que começa em Porto Alegre e vai depois por Viamão, Capivari, Palmares e Tavares.”

    Hey, está errado! A BR-101 após chegar em frente ao Supermercado Nacional de Osório fica interrompida em um trecho (exatamente onde inicia-se a BR-290), depois segue pela costa da Lagoa do Barros até Capivari do Sul, seguindo por Palmares do Sul, Mostardas, Tavares, Bojuru, Onde encontra seu fim em São José do Norte.

    Entre Osório e São José do Norte a BR-101 fica locada sobre a RS-101, fazendo com que este trecho seja compreendido como RST-101, nomenclatura que simboliza duas rodoviais, federal e estadual projetadas no mesmo lugar, mas que não é popularmente utilizado. Pode-se verificar isto pelo Google Maps, que nomeia a via das duas formas: com um quadrado onde está escrito “RS-101”, e uma forma que representa uma rodovia Federal onde fica inscrito “101”.

    Em nenhum ponto da rodovia ela chega perto de Porto Alegre, seu ponto mais próximo da capital é onde cruza a RS-040, em Capivari do Sul.

    Curtir

  7. Interessante também foi a reportagem especial em ZH de hoje, sobre o Centro de Porto Alegre e as novos investimentos privados que estão ocorrendo, como lojas, cafés e restaurantes.

    Curtir

  8. Otima noticia.
    …. mas nao entendo pq nao aparecem investidores querendo construir um tunel no local da 2a ponte do Guaiba??
    O movimento/demanda da 2a travessia deve ser 10x(ou 100x) maior do que a ligacao entre RG-SJN, nao?

    Curtir

    • Perguntei-me a mesma coisa….

      Curtir

    • A resposta é simples: lá rola muito dinheiro – de verdade – para quem fizer esse investimento.

      Só espero que o PT não tome nenhuma das prefeituras por lá esse ano, porque se tomar, aí que o projeto não sai mesmo.

      Curtir

      • Meu amigo, o PMDB está no poder lá há 16 anos e até agora não fez nada. A única chance de algo acontecer é exatamente o contrário: a entrada da oposição (PT / PCdoB) no executivo municipal. São exatamente as lideranças do PT que estão se movimentando para que este projeto saia do papel.

        Curtir

    • Meus amigos, com a ligação a seco entre Rio Grande e SJN o tráfego (em toneladas) superará em muito o trecho da ponte do Guaíba. A maior parte do tráfego de cargas (exportação e importação) do Conesul passará por lá. Sem contar que é o caminho mais rápido e barato para os turistas Uruguaios e Argentinos com destino ao litoral catarinense. Sem falar no Pólo Naval (com um novo megaestaleiro em SJN) e ampliação do Superporto para o território nortense.

      Curtir

    • o movimento de cargas pela estrada do inferno seria bem mais rapido do porto a capital se houvesse uma ponte(o que eu prefiro) ou tunel

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: