Prefeitura pronta para as obras no Cais

Fortunati espera revitalização para 2014. Consórcio já trabalha no local

Projeto compreende cerca de 2,5 quilômetros e inclui remodelação dos 12 armazéns Crédito: bruno alencastro

Conforme o coordenador do Gabinete de Assuntos Especiais (GAE), Edemar Tutikian, a prefeitura está totalmente preparada para a primeira fase do projeto que compreende a urbanização e a revitalização dos 12 armazéns do Cais Mauá. “Essa é uma etapa que deve ser totalmente dinâmica”, explicou. O consórcio de empresas já está trabalhando no local.

O prefeito José Fortunati disse que há dez secretarias envolvidas na preparação da obra. “A nossa expectativa é de ter uma remodelação até 2014”, salientou Fortunati. Para ele, o projeto será um legado para a cidade e fará parte da tão esperada revitalização do Centro.

Em função da demora na publicação do ato de imissão de posse do Cais Mauá pelo consórcio que deverá realizar as obras de revitalização da área, o cronograma do projeto está sendo reavaliado para que o empreendimento não atrase. Segundo o diretor-presidente da concessionária Porto Cais Mauá do Brasil, Mário Freitas, um grupo estuda artifícios, como aceleração de alguns processos, para que o trabalho comece no final de agosto. Apesar do impasse, o prefeito espera que não haja impedimento nos planos de a Capital ter um porto totalmente remodelado.

Tutikian disse que com a publicação do ato no Diário Oficial do Estado, ocorrido nos últimos dias, o projeto vai “deslanchar”. “Atrasou, mas o que importa são as notícias positivas. Estamos comemorando a instalação na área. Agora foi dada a partida.”

O próximo passo, segundo Tutikian, é a criação de um escritório da Porto Cais Mauá do Brasil, para que a população possa acompanhar todas as etapas do projeto através de maquetes e visitas guiadas.

O projeto compreende um trecho de aproximadamente 2,5 quilômetros, da Rodoviária à Usina do Gasômetro. O plano prevê a construção de prédios comerciais e recuperação dos armazéns para o funcionamento de bares, restaurantes, lojas e estabelecimentos culturais.

Correio do Povo



Categorias:ORLA, Projeto de Revitalização do Cais Mauá

Tags:,

6 respostas

  1. O Cais Mauá representará uma mudança histórica e significativa para Porto Alegre.

    O que me intriga, é que eu não acredito que as empresas vencedoras do consórcio não forçariam contratando mais gente, para já fazer o shopping, e principalmente os escritórios e hotéis. Aquilo dá muito dinheiro, sem contar a visibilidade para a Copa.

    O meu palpite mais positivo é que eles pretendem começar logo a construção das torres, e só não estão falando sobre isso agora porque sabem que quando começar, vai se levantar um monte de ecoxiitas tentando achar problemas.

    O meu palpite mais negativo, é que vai demorar mesmo. Bah, é uma pena!

    Curtir

  2. O Cais será sucesso SIM!!!!

    Como o Gilberto postou, a Coca-Cola pretende abrir 12 (DOZE!) empreendimentos comerciais, como restaurantes, bares, cafés, churrascaria e até um bar temático. A DaDo Bier também já anunciou que pretende abrir pelo menos um pub no Cais e talvez mais um Garden Grill.

    Além disso, haverá mais o shopping que certamente trará público para o local.

    Curtir

  3. Tenho a impressão que , depois de pronta essa primeira fase que abrange os 12 armazéns, a maior parte dos espaços vai levar muito tempo para ser ocupada, visto ser uma área muito extensa e não haverá tantos bares e restaurantes, entenda-se demanda, para explorarem o comércio do local, até por serem concorrentes entre si.

    Curtir

    • Já temos duas empresas garantidas, de grande porte. Livraria Cultura, que creio ocupará um espaço grande com livraria e cafeteria e também a Coca-Cola que ocupará um armazém inteiro com 12 espaços gastronômicos diferentes, incluindo churrascaria, pub e outros. Eu acho que a concorrência é que vai dar certo neste espaço. Qual a história da Cidade Baixa? Mais de 100 bares/restaurantes em poucas quadras. Vai ser um sucesso tremendo o Cais Mauá! Engana-se quem diz que a concorrência espanta…

      Curtir

  4. ^^Quase uma novela AG-Inter.

    Curtir

  5. Pra que tanta burocracia nesse paizinho???? Se o Brasil gosta tanto de imitar coisas que vem de fora, por que não imita digamos, o Japão???? Exemplo as obras pós tsunami/terremoto.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: